Reclusos vão começar a ter consultas por videoconferência

As consultas feitas por videoconferência dentro dos estabelecimentos prisionais vão começar em fase-piloto já no final deste ano.

Caso seja generalizada, esta medida possibilita aos reclusos terem consultas de especialidade por médicos do Serviço Nacional de Saúde, evitando também as saídas das prisões e as tentativas de fuga, avança o Diário de Notícias.

As tele-consultas já foram implementadas em algumas zonas do país, sobretudo naquelas onde não existem determinados especialistas, e agora vão avançar em fase-piloto em dois hospitais – Centro Hospitalar de Setúbal e Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra -, e deverão ser alargadas com apoio comunitário.

De acordo com o diretor de serviços da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais José Semedo Moreira, “caso estes projetos-piloto corram bem, (…) temos um projeto, submetido a candidatura ao Portugal 2020, que se pretende alargar a todo o país, quer com as entidades externas à DGRSP quer aproveitando os recursos internos, nomeadamente em sede de consulta externa com o Hospital Prisional”.

O responsável calcula que esta medida possa “evitar cerca de 30% das deslocações para consultas de especialidade”, ou seja, cerca de quatro mil consultas por ano.

Os reclusos têm acesso a cuidados de saúde no interior dos estabelecimentos prisionais, uma vez que todos têm uma equipa médica e outra de enfermagem. No entanto, quando se trata de algumas especialidades, os reclusos têm de se deslocar ao hospital prisional de Caxias ou então aos hospitais públicos.

A nova medida permite uma redução das despesas, embora seja ainda difícil calcular um valor exato. Segundo Fernando Gomes da Costa, responsável pelo projeto nos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, “cada deslocação implicava a saída de uma viatura, dois motoristas e dois polícias, o que tem custos dezenas de vezes superiores”.

Para este sistema “basta uma webcam e uma sala onde o doente possa estar, geralmente acompanhado pelo médico da prisão e pelo do hospital, que faz a consulta”, explica o responsável.

Sempre que se registe um caso urgente ou que precise de acompanhamento presencial continua a ser encaminhado para as unidades de saúde.

Quando o sistema for implementado, são esperadas, sobretudo, consultas de infeciologia, gastroenterologia, dermatologia e urologia.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …