Mundo vai passar por recessão “longa e feia”, avisa o ‘Doutor Apocalipse’

2

Nouriel Roubini avisa que essa recessão poderá prolongar-se até ao início de 2024. Correção do Standard & Poor’s 500 pode chegar aos 40%

A guerra na Ucrânia, a inflação de preços e a crise energética podem prejudicar muito a economia dos Estados Unidos da América e de muitos outros países, ao longo dos próximos tempos.

Nouriel Roubini prevê mesmo uma recessão “longa e feia” nos EUA e no planeta, a começar no final de 2022 e a prolongar-se até ao início de 2024.

Na entrevista à agência Bloomberg, citado pelo Jornal de Negócios, o economista falou também sobre o índice das 500 empresas activas cotadas nas bolsas de Nova Iorque, o Standard & Poor’s 500.

Num cenário de recessão profunda, de “verdadeira aterragem bruta”, a correcção desse índice principal dos EUA pode chegar aos 40%. “Mesmo com uma recessão simples, o S&P 500 pode afundar 30%”, avisou.

O especialista falou sobre zombies, quando abordou os rácios da dívida das empresas e dos governos. As taxas de juro sobem, os custos do serviço da dívida aumentam e “muitas instituições zombie, famílias zombie, empresas, bancos, banca fantasma e países zombie irão sucumbir. Aí veremos quem está a nadar nu” – alertando que muitas empresas estão expostas ao fracasso, ou mesmo ao encerramento.

Nouriel Roubini é director-executivo da Roubini Macro Associates, LLC, uma empresa de consultoria macro-económica, sedida em Nova Iorque.

Mas Roubini é para muita gente o ‘Doutor Apocalipse’, ou o “profeta da desgraça” – porque em 2005 avisou que iria acontecer em breve um crash do mercado imobiliário (que se concretizou dois anos depois).

  ZAP //

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.