Rainha Isabel II apoia decisão de Harry e Meghan. Decisões só nos próximos dias

Facundo Arrizabalaga / EPA

A Rainha Isabel II

A rainha Isabel II anunciou, esta segunda-feira, que a família real britânica vai abrir um “período de transição” para a nova situação dos duques de Sussex, Harry e Meghan, durante o qual “dividirão o tempo entre o Canadá e o Reino Unido”.

A rainha Isabel II declarou que toda a família “apoia totalmente o desejo de Harry e Meghan de criarem uma nova vida como um jovem casal”, lê-se num primeiro comunicado, emitido ao fim da tarde pelo Palácio de Buckingham.

A família real britânica vai abrir um “período de transição” para a nova situação dos duques de Sussex, durante o qual “dividirão o tempo entre o Canadá e o Reino Unido”.

O anuncio consta de um comunicado de imprensa distribuído pelo Palácio de Buckingham após uma reunião realizada esta segunda-feira para abordar o futuro papel na monarquia do filho mais novo de Diana de Gales e da sua mulher, e em que a rainha disse que subsistem “assuntos complexos por resolver” para os quais se encontrará uma solução “nos próximos dias”.

No comunicado, citado pelo Público, e entretanto assinado pela rainha Isabel II, a família diz: “Embora tivéssemos preferido que continuassem a trabalhar como membros da família real a tempo inteiro, respeitamos e entendemos o desejo de [ambos de] terem uma vida mais independente.”

A rainha sublinha ainda o facto de Harry e Meghan terem deixado claro que “não querem depender de fundos públicos”. No entanto, o texto não refere de que forma isso acontecerá, remetendo “as decisões finais” para “os próximos dias”.

No final do encontro os jornalistas viram Harry, o seu irmão William e o pai de ambos, o príncipe Carlos, a deixarem separadamente a residência real de Sandringham, no leste de Inglaterra.

De acordo com a imprensa britânica, este foi o primeiro frente a frente do príncipe Harry, de 35 anos, com a sua avó depois de ter anunciado na quarta-feira a vontade de ter a sua “independência financeira” com a sua mulher Meghan, e de viver uma parte do ano na América do Norte.

Harry e a mulher anunciaram a intenção de “recuar” dos deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido, para se tornarem “financeiramente independentes”, tendo o Palácio de Buckingham dito que essas questões são “complicadas”.

“Depois de muitos meses de reflexão e discussões internas, decidimos fazer uma transição este ano para começarmos a construir um novo papel progressivo nesta instituição. Queremos recuar enquanto membros seniores da família real [do Reino Unido] e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes”, declararam os duques de Sussex, numa publicação no Instagram.

O inesperado anúncio de Harry e Meghan, que asseguram ter a intenção de “trabalhar para ser financeiramente independentes”, provocou mal-estar entre o resto dos membros da monarquia e levantou dúvidas sobre as futuras fontes de financiamento dos duques.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O maior avião do mundo vai ser uma plataforma de lançamento para veículos hipersónicos

A empresa que criou o maior avião do mundo, que apenas voou uma vez, encontrou uma nova funcionalidade para a aeronave: será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersónicos, o que poderá revolucionar a …

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …