R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Sebastião Moreira / Lusa

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1.

“Atualmente, o Rt está abaixo de 1, com valor de 0,99”, anunciou Baltazar Nunes, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, durante a reunião do Infarmed, apontando que o decréscimo é resultado do que se passa na zona norte e em Lisboa e Vale do Tejo.

Se o Rt for igual a 1 quer dizer que uma pessoa infetada vai dar origem a outro caso.

Na região norte, que tem sido a zona mais afetada pela pandemia, verifica-se este mesmo comportamento de redução de novas infeções, já que o Rt é agora de 0,96, avançou Baltazar Nunes. Lisboa e Vale do Tejo tem “um Rt em cima do 1”, mas também aqui existe uma transmissibilidade ao nível da estabilização ou mesmo decréscimo.

As restantes regiões mantêm o seu Rt acima ou muito próximo do 1, sendo preciso em alguns casos esperar dias ou semanas para se perceber qual será a evolução da situação.

No Centro também se regista “uma diminuição de transmissão”, mas esta região ainda apresenta um Rt acima de 1, segundo os dados analisados entre a semana de 23 a 27 de novembro. Apesar disso, o especialista aponta “uma tendência de decréscimo clara” naquela zona do país. No entanto, o comportamento das regiões com menos população são diferentes, “não têm o mesmo padrão”, salientou.

O Alentejo e o Algarve continuam a preocupar as autoridades: O Alentejo mantém um Rt acima de 1 e “com uma taxa de crescimento”, assim como o Algarve continua a crescer, apesar de ter um Rt já muito próximo do 1.

No que toca às ilhas, a Madeira está a atravessar uma situação menos preocupante, uma vez que apresenta valores estáveis e também com o Rt próximo de 1. Os Açores, que durante muito tempo tiveram uma incidência baixa, registaram “um crescimento no final do mês de outubro que parece estar a estabilizar”, avançou Baltazar Nunes, sublinhando no entanto que ainda são precisos alguns dias para se poder confirmar estar tendência.

No mesmo encontro no Infarmed, Henrique Barros, professor da Universidade do Porto, diz que os dados disponíveis levam a crer que “neste momento haverá já um milhão de pessoas que teve [contacto com o novo coronavírus]”.

“Com intervalo grande de margem de erro, são entre 600 mil e 1,8 milhões (…) Entre 15% a 20% da população já estará imunizado, por contacto com vírus. Se estará eficazmente protegido é uma das faces desta incerteza que temos”, explicou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …

Novo estudo explica a importância de esterilizar os gatos antes da adolescência

Um novo estudo sugere que a idade de esterilização dos gatos deve ser antecipada de seis para quatro meses, com o objetivo de prevenir ninhadas indesejadas de gatinhos, que muitas das vezes acabam por ser …

Publicidade do Pingo Doce a promoções viola a lei do confinamento

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica está a avaliar incumprimento que visa aumentar clientes em loja durante o fim de semana. Os supermercados da Jerónimo Martins estão a publicitar promoções numa altura em que …

A tomada de posse de Joe Biden deixou os apoiantes do QAnon sem rumo

Com a tomada de posse de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, a frustração começou a infiltrar-se entre os apoiantes do QAnon. O QAnon é um movimento nascido, em 2017, no seio …

Pela quarta vez em quase 50 anos, gelo cobriu o deserto do Saara

Na terça-feira passada, um dos lugares mais secos do mundo acordou com uma geada sobrenatural. Foi apenas a quarta vez em quase 50 anos. No deserto do Saara, no noroeste da Argélia, nos arredores da cidade …

Novo máximo de mortes. São mais 275 óbitos e 11 721 novos casos

Portugal registou mais 275 mortos e 11 721 novos casos de infeção por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo. É o novo máximo de mortes …