Mais de 60% das queixas de saúde são sobre o setor privado

No ano passado, a DECO recebeu 2.500 queixas e mais de metade diziam respeito ao setor privado. O tempo de espera na urgência está entre as principais reclamações.

A Deco recebeu, no último ano, cerca de 2.500 queixas ou reclamações sobre serviços de saúde, sendo que 60% destes contactos dizem respeito ao setor privado, mostram dados da associação de defesa do consumidor.

Nos últimos três anos, o volume de queixas tem-se mantido constante. Segundo a jurista da DECO Carolina Gomes, o setor da saúde não é o que mais reclamações tem, “o que não significa que seja um setor sem problemas”.

“Verificamos que ainda existe uma grande dificuldade no reconhecimento e exercício dos direitos por parte dos consumidores, nomeadamente no que concerne ao direito a reclamar”, disse Carolina Gomes.

O desconhecimento dos seus direitos torna os consumidores “menos exigentes”, num setor “com tantas ou mais exigências” do que outros serviços.

“Noutros setores, o incumprimento dos parâmetros de qualidade gera compensações para os consumidores. Isso ainda não acontece na saúde. É importante que os consumidores tenham a literacia necessária para ser exigentes”, defende.

Segundo Carolina Gomes, as queixas no setor da saúde recebidas na DECO incidem essencialmente no tempo de espera na urgência, no atendimento nos estabelecimentos de saúde e também na qualidade do serviço prestado.

Cerca de 60% das queixas dizem respeito ao setor privado, nota a associação de defesa do consumidor.

Para capacitar os utilizadores dos serviços de saúde, a DECO lançou, esta segunda-feira, a campanha “Saúde a quem tem direito”. “O objetivo é dar aos consumidores conhecimento sobre os seus direitos enquanto utentes de saúde, permitindo um exercício mais pleno e um comportamento mais esclarecido no sistema de saúde”, explicou Carolina Gomes.

A campanha é dirigida a todos os cidadãos e utentes dos serviços de saúde, tendo em atenção “os grupos mais vulneráveis”, que têm menos acesso à informação.

A DECO preparou vídeos explicativos sobre os vários direitos dos utentes e utilizadores dos serviços de saúde que estarão disponíveis na Internet e que deverão também passar em monitores em algumas farmácias e em unidades de saúde familiar, através de uma parceria com a Associação Nacional de Farmácias e com a Associação das USF.

ZAP // Lusa /

PARTILHAR

RESPONDER

IKEA devolve a Portugal 500 mil euros em apoios do lay-off

A IKEA já reuniu com o Governo e diz estar a estudar a melhor forma de proceder à devolução do montante recebido pelo Estado.  Segundo o Dinheiro Vivo, a IKEA Portugal vai devolver cerca de 500 …

Isabel dos Santos diz-se "contactável e disponível" para colaborar com a justiça

Isabel dos Santos negou, esta segunda-feira, que a justiça desconheça o seu paradeiro e que não a consiga contactar, depois de o procurador-geral de Angola ter vindo a público denunciar a ausência de respostas da …

"Não estamos a dar a resposta suficientemente eficaz nesta fase", diz bastonário dos médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira que enquanto faltar uma "resposta suficientemente eficaz" à covid-19 na fase de desconfinamento, a recuperação económica também será mais lenta. O responsável falava aos …

Bolsonaro alarga veto para uso de máscaras no Brasil

Jair Bolsonaro vetou, esta segunda-feira, a obrigatoriedade do uso de máscaras em prisões durante a pandemia, segundo informações divulgadas no Diário Oficial da União. A decisão do Presidente brasileiro incluiu também o fim da obrigatoriedade de …

Carruagens compradas pela CP à espanhola Renfe vão ter espaço para bicicletas

As 51 carruagens que a CP - Comboios de Portugal vai comprar à espanhola Renfe por 1,6 milhões de euros permitirão o transporte de bicicletas, revelou o ministro Pedro Nuno Santos, garantindo que serão gastos …

Crescimento "preocupante" de casos de covid-19 no Luxemburgo (e a "culpa" pode ser de portugueses e cabo-verdianos)

O Luxemburgo está a assistir, nas últimas semanas, a um crescimento significativo no número de novas infecções por covid-19. A ministra da Saúde fala numa subida "preocupante". Muitas destas novas infecções são entre portugueses e …

Conselho das Finanças Públicas "muito preocupado" com impacto de despesas como a TAP

Nazaré Costa Cabral, presidente do Conselho das Finanças Públicas, está convicta de que a recuperação "não vai permitir ter nos próximos anos o que tínhamos em 2019". A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral, …

Agência de rating espanhola baixa perspetiva de Portugal de "estável" para "negativa"

A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve a classificação não solicitada de Portugal em "BBB+", mas baixou a perspetiva de "estável" para "negativa". A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve, esta segunda-feira, a classificação …

BE diz que orientações para próximo ano letivo "não são suficientes"

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) considerou nesta segunda-feira que as orientações do Governo para o funcionamento das escolas no próximo ano letivo "não são suficientes" e apelou a que sejam encontradas "alternativas para …

Von der Leyen grava mensagem de apoio a partido croata. Comissão "assume erros", mas não lamenta

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, está a ser criticada por ter gravado um vídeo com uma mensagem de apoio ao primeiro-ministro croata, para as eleições do passado domingo. Ursula von der Leyen, …