Mais de 60% das queixas de saúde são sobre o setor privado

No ano passado, a DECO recebeu 2.500 queixas e mais de metade diziam respeito ao setor privado. O tempo de espera na urgência está entre as principais reclamações.

A Deco recebeu, no último ano, cerca de 2.500 queixas ou reclamações sobre serviços de saúde, sendo que 60% destes contactos dizem respeito ao setor privado, mostram dados da associação de defesa do consumidor.

Nos últimos três anos, o volume de queixas tem-se mantido constante. Segundo a jurista da DECO Carolina Gomes, o setor da saúde não é o que mais reclamações tem, “o que não significa que seja um setor sem problemas”.

“Verificamos que ainda existe uma grande dificuldade no reconhecimento e exercício dos direitos por parte dos consumidores, nomeadamente no que concerne ao direito a reclamar”, disse Carolina Gomes.

O desconhecimento dos seus direitos torna os consumidores “menos exigentes”, num setor “com tantas ou mais exigências” do que outros serviços.

“Noutros setores, o incumprimento dos parâmetros de qualidade gera compensações para os consumidores. Isso ainda não acontece na saúde. É importante que os consumidores tenham a literacia necessária para ser exigentes”, defende.

Segundo Carolina Gomes, as queixas no setor da saúde recebidas na DECO incidem essencialmente no tempo de espera na urgência, no atendimento nos estabelecimentos de saúde e também na qualidade do serviço prestado.

Cerca de 60% das queixas dizem respeito ao setor privado, nota a associação de defesa do consumidor.

Para capacitar os utilizadores dos serviços de saúde, a DECO lançou, esta segunda-feira, a campanha “Saúde a quem tem direito”. “O objetivo é dar aos consumidores conhecimento sobre os seus direitos enquanto utentes de saúde, permitindo um exercício mais pleno e um comportamento mais esclarecido no sistema de saúde”, explicou Carolina Gomes.

A campanha é dirigida a todos os cidadãos e utentes dos serviços de saúde, tendo em atenção “os grupos mais vulneráveis”, que têm menos acesso à informação.

A DECO preparou vídeos explicativos sobre os vários direitos dos utentes e utilizadores dos serviços de saúde que estarão disponíveis na Internet e que deverão também passar em monitores em algumas farmácias e em unidades de saúde familiar, através de uma parceria com a Associação Nacional de Farmácias e com a Associação das USF.

ZAP // Lusa /

PARTILHAR

RESPONDER

Madeira quer visitantes infetados a ajudar nas despesas da estadia. "É aquilo que é justo"

O presidente do Governo madeirense anunciou esta terça-feira que decorrem diligências para encontrar mais uma unidade hoteleira para acolher doentes com covid-19, defendendo que os visitantes infetados devem ajudar a custear as despesas da sua …

Filhos de pais separados não podem circular entre concelhos no fim-de-semana

Os filhos de pais separados não poderão deslocar-se entre concelhos para efetuar trocas de residência entre os progenitores entre 30 de outubro a 3 de novembro, o próximo fim-de-semana que abrange o Dia de Todos …

Receita fiscal cai 2.822,7 milhões arrastada pela quebra do IVA e IRC

A receita fiscal do subsetor Estado registou uma redução de 2.822,7 milhões de euros até setembro, recuando 8,3% face ao mesmo período de 2019, refletindo os efeitos da pandemia, segundo a Síntese de Execução Orçamental. “No …

Novo Banco põe à venda carteiras de malparado (e têm nomes de jogadores de râguebi)

Depois de ter cancelado o projeto “Nata 3”, com crédito malparado no valor de 1,2 mil milhões de euros, o Novo Banco prepara agora a venda de carteiras de dimensões mais reduzidas. A revelação foi feita …

"Racismo cultural". Com França e Turquia em rota de colisão, Charlie Hebdo publica caricatura de Erdogan

Numa altura em que França e Turquia estão em rota de colisão, a publicação satírica Charlie Hebdo colocou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan na capa a levantar as vestes de uma mulher. De acordo com …

Rui Pinto responde a Júdice: "Lidou durante décadas com ladrões e nunca se queixou"

O pirata informático respondeu, esta terça-feira, através do Twitter, às críticas do antigo sócio fundador da sociedade de advogados PLMJ que, em tribunal, lhe chamou "ladrão". Esta terça-feira, na 17.ª sessão do julgamento sobre o processo …

Leopoldo López admite que nunca quis fugir (e promete regressar para "libertar" a Venezuela)

O líder da oposição venezuelana Leopoldo López disse esta terça-feira, em Madrid, na primeira conferência de imprensa depois de ter saído do seu país, que nunca o quis deixar e que a intenção é "regressar …

É "tempo de unidade". Ex-ministro da Saúde apela a Marta Temido para deixar "retórica ideológica"

O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes afirmou esta terça-feira que é "tempo de unidade no país" e é preciso "falar verdade" quanto à pandemia da covid-19, considerando que um novo confinamento generalizado "seria devastador". Adalberto …

Benfica vai a votos. Sócios escolhem entre a continuidade ou a mudança

O Benfica elege, esta quarta-feira, o novo presidente do clube, numas eleições em que Luís Filipe Vieira se candidata a um sexto mandato, frente a João Noronha Lopes e Rui Gomes da Silva. As eleições, que …

Europa perto da rutura. Merkel e Macron preparam novas restrições

O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) alerta para o "sério risco" de os hospitais na Europa ficarem saturados em breve, apesar de reconhecer melhor preparação e maiores probabilidades de sobrevivência. "A não …