Queda e explosão de avioneta em supermercado em Tires faz 5 mortos

Aeroprints.com / Wikimedia

Uma avioneta Piper PA-31T Cheyenne II

Uma avioneta Piper PA-31T Cheyenne II

A queda de uma aeronave em Tires provocou, esta segunda-feira, a morte dos quatro ocupantes e de uma quinta pessoa que não estava no aparelho, disse à Lusa fonte oficial do GPIAAF – Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários.

Segundo a mesma fonte, a aeronave descolou do aeródromo de Tires, tendo-se despenhado cerca de dois mil metros depois da descolagem, caindo perto de uma superfície comercial.

Ao Diário de Notícias, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa confirmou que a aeronave caiu junto de um supermercado LIDL.

As vítimas são o piloto e os três ocupantes da aeronave, que tinha matrícula suíça, e uma quinta pessoa que terá sido atingida no solo, aquando da queda, acrescentou a mesma fonte à Lusa.

Três dos ocupantes da aeronave eram franceses e o quarto era suíço, informou a Proteção Civil. Segundo o comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, André Fernandes, os ocupantes eram todos adultos.

De acordo com a SIC Notícias, a avioneta, uma Piper PA-31T Cheyenne II, caiu numa área de armazenamento do supermercado, onde terá atingido um camião. A quinta vítima será o condutor desta viatura.

Segundo o canal televisivo, a aeronave saiu de Geneva, na Suíça, no passado dia 14 de Abril, fez escala em Marselha, França, e aterrou em Tires. Nesta segunda-feira, levantou voo com o intuito de regressar a Marselha e ter-se-á despenhado ao cabo de apenas dois minutos no ar.

Num comunicado divulgado pelo Aeródromo Municipal de Cascais, citado pelo Expresso, refere-se que a aeronave pertence à empresa Symbios orthopedic que se dedica à produção de implantes ortopédicos, nomeadamente de próteses para ancas.

De acordo com a página da Internet da Proteção Civil, encontram-se no local 50 bombeiros, apoiados por 18 viaturas.

O Presidente da República dirigiu-se ao local mal soube da gravidade do acidente. Marcelo Rebelo de Sousa chegou às 13h15, foi recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, seguindo depois a pé para o local da queda da aeronave.

O chefe de Estado assistiu depois a um ‘briefing’ da Proteção Civil e escusou-se a prestar declarações aos jornalistas.

Nove pessoas desalojadas

Nove pessoas ficaram desalojadas na sequência da queda da aeronave e vão ficar em casa de familiares, disse à Lusa fonte da Proteção Civil de Cascais.

Segundo o comandante municipal da Proteção Civil, Pedro Mendonça, “ficaram nove pessoas desalojadas” devido aos danos causados numa habitação e num anexo.

“Mas não foi preciso realojá-las porque vão ficar com familiares”, acrescentou.

Há também quatro feridos ligeiros, por inalação de fumo. Três foram transportados para o hospital de Cascais e um foi assistido no local.

Não há vítimas entre os funcionários do LIDL, disse à Lusa fonte da cadeia de supermercados, confirmando que o aparelho caiu junto aos armazéns da loja.

Uma extensa coluna de fumo ergueu-se por entre as casas da zona, com dezenas de pessoas a assistir às operações.

O aeródromo de Tires, em Cascais, que foi hoje encerrado na sequência do acidente, foi já reaberto, indicou fonte da infraestrutura.

Segundo a fonte, a reabertura ocorreu às 14h20. O alerta para a ocorrência foi registado cerca das 12h00.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Este jornalismo de secretária de hoje, parte me todo. Ao menos colocavam uma imagem de um avião em chamas ou todo partido no meio de destroços. Uma imagem de um avião na pista de um qualquer aeródromo, que não o de tires, só mostra que são notícias de telefone.

    • Caro Zabist,
      Se tivesse tido oportunidade de reparar na legenda da imagem, teria percebido que se trata de uma Piper PA-31T Cheyenne II – o modelo de aeronave que sofreu o acidente, e que considerámos ter imensamente mais interesse informativo do que uma qualquer avioneta em chamas, ou um monte genérico de destroços, como sugere.

      • Correcto. E, já agora, queria felicitá-los por terem utilizado o termo “aeronave” na notícia. Só foi pena não terem utilizado também no título. Evitem usar “avioneta” seja em que circunstância fôr, essa palavra não existe em terminologia aeronáutica, é mais ou menos o mesmo que dizer que “…também ardeu um camiãozinho…” o facto de a maior parte dos leitores serem aero-analfabetos não quer dizer que os media não devam contribuir para a sua alfabetização 😉

  2. Meu deus…..ao que chega a mediocridade…. o que interessa as imagem de um avião a arder ??? Ou todo partido ao meio !!!!.
    ZABISTE o que importa não são as imagens, mas sim o relato e a descrição do acidente.
    Se quiser saber como estavam as vítimas vestidas, calçadas, cor das calças e se tinham chinelos ou sapatos tem mesmo de esperar que as famílias lhe digam…. ( haja paciência ).

    Os meus sinceros sentimentos as famílias das vítimas deste trágico acidente.

RESPONDER

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …