Putin não está arrependido de ter anexado a Crimeia

Yuri Kochetkov / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente russo Vladimir Putin, numa entrevista exibida este domingo a assinalar os seus 15 anos no poder, diz não estar arrependido da anexação da Crimeia, em 2014, que anulou “uma injustiça histórica”.

“Penso que fizemos o correto e não me arrependo de nada”, afirmou sobre a decisão de reaver a península do Mar Negro da Ucrânia, numa entrevista à televisão estatal.

“Quando defendemos os nossos interesses, vamos até ao fim”, disse, citado pela Agência France Presse.

Explicando a motivação que esteve na origem da tomada da Crimeia, Putin disse ter sido a correção de um erro histórico, depois do líder soviético Nikita Krushchev ter transferido aquela península da Rússia para a Ucrânia em 1954, o que na altura foi apenas um gesto simbólico já que os dois países pertenciam à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

No documentário “Presidente”, exibido no canal Rossiya1, Putin citou informações dos serviços especiais russos no final da década de 1990 que indicavam “contactos diretos entre combatentes do Cáucaso Norte e representantes das forças especiais norte-americanas no Azerbaijão”.

Como primeiro-ministro, em 1999, Putin iniciou a segunda guerra na Chechénia, que terminou oficialmente em 2009.

Putin, de 62 anos, disse que os serviços especiais do Ocidente aparentemente apoiaram os militantes porque acreditavam que qualquer opositor da Rússia deveria ser tratado como um aliado.

“Algumas pessoas, em particular as forças especiais dos países ocidentais, pensavam que se alguém estava a trabalhar para desestabilizar o seu principal opositor geopolítico – que, percebemos agora, na cabeça desses sempre foi a Rússia – então é geralmente em seu benefício. Descobriu-se que não é o caso”, afirmou.

O líder russo, considerado pela revista norte-americana Time como a pessoa mais influente do mundo, criticou as sanções impostas pelos Estados Unidos e a Europa, considerando-as “nada mais do que outra tentativa de conter o desenvolvimento da Rússia”.

“Estou profundamente convencido que não estamos a quebrar as regras do jogo. Isso diz respeito às nossas relações com a Ucrânia e à situação na Crimeia”, disse Putin, citando leis internacionais e a Carta das Nações Unidas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …

Avião fretado pelo Estado aterra em Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico

Um avião fretado pelo Estado português chegou este sábado a Lisboa com equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo 144 ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS), informou a embaixada …

Marinha venezuelana divulga vídeo editado sobre colisão com cruzeiro português

A Marinha venezuelana divulgou, este sábado, um vídeo editado sobre a colisão entre o cruzeiro de bandeira portuguesa "Resolute" e uma embarcação da Marina da Venezuela, "Naiguatá GC-23", ocorrido a 30 de março. O vídeo, de …

PCP quer alargar apoio para recibos verdes aos sócios-gerentes e fundo de apoio às pequenas empresas

O PCP considerou este sábado insuficientes as medidas do Governo de resposta económica à pandemia de covid-19 e defende que o apoio previsto para recibos verdes deveria ser alargado aos sócios-gerentes, um fundo público de …

Governo admite aumentar apoios às empresas (e injetar mais dez mil milhões na economia)

O Ministério da Economia, ouvido pela TSF, admitiu, este sábado, aumentar o apoio às empresas e à economia, de 3 para 13 milhões de euros. De acordo com a TSF, o Ministério da Economia pediu autorização …