PSL vai exigir a Flávio Bolsonaro valor pago a advogado investigado

Senado Federal / Flickr

O senador Flávio Bolsonaro, filho do Presidente brasileiro Jair Bolsonaro

O Partido Social Liberal (PSL) exige ao filho do Presidente brasileiro a devolução de 500 mil reais (cerca de 80 mil euros) de recursos públicos pagos a um advogado investigado.

A informação foi dada, esta quarta-feira, pelo deputado federal Júnior Bozzella, vice-presidente do PSL, formação política pela qual Flávio e Jair Bolsonaro foram eleitos em 2018 e com a qual romperam no final do ano passado.

“O maior indício de desvio de finalidade é o Flávio ter dito que o advogado foi contratado para regularizar os diretórios municipais do PSL do Rio de Janeiro e os diretórios municipais não terem sido regularizados no período de vigência do contrato. E também o facto de o serviço não ter sido prestado para o PSL, conforme contratado, porém o advogado atuou para o senador noutras ações”, diz o partido em comunicado.

Já a defesa do advogado em causa, Victor Granado Alves, afirmou na terça-feira que o contrato “firmado pelo Diretório Nacional do PSL tinha como objeto regularizar a prestação de contas do diretório regional do estado do Rio de Janeiro, bem como prestar assessoria jurídica para os 92 diretórios municipais do partido”, versão contestada pela formação política.

Uma reportagem divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo relata que o advogado Victor Granado Alves, citado num caso sobre fuga de informações da Polícia Federal, prestou serviços ao PSL em 2019 a pedido de Flávio Bolsonaro, num contrato que custou 500 mil reais aos cofres públicos.

O jornal refere que a contratação de Victor Granado Alves constava em notas fiscais da prestação de contas do PSL no Rio de Janeiro.

O advogado, que também trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, foi citado pelo empresário Paulo Marinho, ex-aliado de Bolsonaro, como uma das pessoas que receberam informações sigilosas sobre uma operação da polícia.

Paulo Marinho, que cedeu a sua casa no Rio de Janeiro para a estrutura de campanha presidencial de Jair Bolsonaro, afirmou publicamente que Flávio Bolsonaro lhe disse que fora informado da operação Furna da Onça dois meses antes de esta acontecer, entre a primeira e segunda volta das eleições de 2018, por um delegado simpatizante da candidatura do seu pai à presidência.

O informador teria aconselhado Flávio Bolsonaro a demitir Fabrício Queiroz, seu assessor identificado pelos órgãos de controlo financeiro com somas de dinheiro incompatíveis com os seus rendimentos.

O caso envolvendo Fabrício Queiroz gerou uma investigação sobre um suposto esquema de “rachadinha” – prática ilegal em que funcionários devolvem parte dos seus salários pagos pelo Estado a quem os contrata – no gabinete de Flávio Bolsonaro quando ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Face às revelações do empresário, o Ministério Público brasileiro instaurou na segunda-feira uma investigação criminal para apurar a alegada divulgação de uma operação policial sigilosa ao senador Flávio Bolsonaro.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …