PSD/Açores não quer saída da Ryanair da Terceira

O líder do PSD/Açores considerou não ser “virtuoso” para a Terceira, em termos turísticos, um eventual abandono da operação para aquela ilha por parte da Ryanair e defendeu uma “reforma significativa” da acessibilidade aérea.

À saída de um encontro com a direção dos Açores da UMAR – Associação para a Igualdade e Direitos das Mulheres, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, José Manuel Bolieiro disse aos jornalistas que o mercado privado “não pode ser controlado pelas soluções e políticas públicas”, mas salvaguardou não ser “virtuoso” para a Terceira, em termos turísticos, um eventual abandono da operação para aquela ilha por parte da operadora aérea de baixo custo.

Nos Açores, a Ryanair opera, além da ilha Terceira, para São Miguel, tendo vindo a público notícias que apontam para a concentração da operação em Ponta Delgada.

“O ideal seria ter uma reforma significativa da acessibilidade aérea de passageiros, para os Açores serem cada vez mais atrativos e acessíveis, independentemente de quem faz o transporte aéreo”, observou José Manuel Bolieiro.

Questionada pela agência Lusa sobre um eventual fim da rota para a Terceira, fonte oficial da Ryanair respondeu: “Como resultado da atual pandemia provocada pela covid-19 e das numerosas restrições de viagem impostas pelos governos, estamos atualmente a rever os nossos horários de inverno 2020”.

O líder do PSD/Açores referiu que se vive num mercado aberto e vê como positivo o surgimento no concurso de obrigações de serviço público de transporte aéreo interilhas de outros operadores além da SATA Air Açores, assumindo-se o “interesse público da região, e da boa circulação e acessibilidade a todas as ilhas, não podendo ficar nenhuma para trás”.

“A proposta que melhor servir os interesses dos açorianos é a que deve ser escolhida no concurso de obrigações de serviço público de transporte aéreo interilhas”, concluiu José Manuel Bolieiro.

A SATA Air Açores assegura as ligações aéreas interilhas ao abrigo das obrigações de serviço público de transporte aéreo. Em 20 de junho, na oitava edição do Congresso da Sociedade, dedicada à ilha do Pico, o líder da estrutura regional social-democrata declarou que “a existência de preços diferentes nas ligações interilhas invalida a ideia de um mercado regional e de conhecimento dos Açores pelos açorianos”.

José Manuel Bolieiro defendeu na ocasião que, “com uma tarifa única de 60 euros, o passageiro residente escolherá a ilha de destino com base no seu interesse e não no preço”, referindo que “este é o mesmo princípio consagrado nas ligações entre os Açores e o continente”, em que é aplicado um sistema de reembolso, para os residentes no arquipélago, da diferença do bilhete comprado e o valor máximo de 134 euros, por viagem de ida e volta.

O dirigente considerou ainda haver suporte financeiro, não apenas para o período da pandemia da covid-19, mas para, ao abrigo de uma reforma das obrigações de serviço público de transporte aéreo interilhas, haver um modelo “capaz de gerar retorno económico”.

O líder do PSD/Açores lamentou, igualmente, o “atraso registado” na elaboração do caderno de encargos para a revisão das obrigações de serviço público de transporte aéreo interilhas, que “todos os parceiros consideram indesculpável”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …