PSD pede reforço da tele-saúde para acompanhamento de doentes

O PSD entregou na quarta-feira no Parlamento um projeto de resolução no qual pede um reforço nas respostas à distância para melhorar a qualidade do acompanhamento dos pacientes, recordando o plano estratégico nacional de tele-saúde aprovado pelo Governo em novembro de 2019, ainda sem execução.

Segundo o Público, o PSD apontou os cuidados de saúde primários como a “porta de entrada do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”, agora “menos acessível” devido à pandemia, evidenciando “a necessidade de serem facultadas aos utentes novas formas de cuidados de saúde e novos serviços e meios de acesso, bem como de vigilância e prevenção”.

Para os sociais-democratas, a resposta deve passar pela telemedicina e pela tele-saúde, através de teleconsultas, telemonitorização, teleconsultoria e teleassistência.

Apesar do aumento das consultas à distância no último ano, o PSD destacou que “muitas das teleconsultas realizadas não foram além de contactos telefónicos, não permitindo o contacto visual entre o profissional de saúde e o utente”.

“Decorrido um ano de pandemia, e sem que o fim desta possa ainda ser antecipado com segurança, urge repensar a estratégia adotada de urgência e otimizar a estratégia de futuro, estruturando o caminho com base no que já se fez e no que já se aprendeu com o uso da tele-saúde, até aos dias de hoje”, lê-se no projeto.

Para o PSD, esta medida deverá envolver “vários parceiros da rede social e da saúde, finanças, entidades regulamentares, ordens profissionais, educação, indústria e sociedade civil (incluindo associações de doentes e cuidadores), com recurso a soluções tecnológicas fiáveis, custo-efetivas e fáceis de utilizar”.

O partido propôs que se criem, até junho, acesso aos médicos de família ou médicos assistentes através de teleconsulta e programas de hospitalização domiciliária, de teleassistência e de telemonitorização. A obrigatoriedade da integração dos conhecimentos de tele-saúde na formação poderá ser criada até ao primeiro semestre de 2022.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Vacinação de crianças divide peritos. Mas sem a inoculação dos mais novos a imunidade pode não chegar

Na sexta-feira, a Direção-Geral de Saúde anunciou que recomenda que a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. No entanto, o tema está a gerar controvérsia e divide opiniões …

Governo com margem política para abdicar de 15% do Novo Banco

Em 2022, o Governo tem margem política para abdicar do direito de entrar como acionista no Novo Banco (NB), inicial­mente com uma participação de mais de 2%, mas que pode subir a 15%. Para já, nem …

Tóquio2020. Biles renuncia também às finais de salto e barras assimétricas

A ginasta norte-americana Simone Biles, que renunciou à final do concurso geral individual dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, também não vai participar das finais de domingo de salto e barras assimétricas, informou esta sexta-feira a Federação …

Governo não pediu parecer à CNPD sobre as "bodycams" em polícias. Método vai "aumentar a transparência"

A proposta da nova lei da videovigilância, que vai permitir que os polícias passem a usar câmaras nos uniformes, já foi aprovada em Conselho de Ministros, mas ainda não chegou ao Parlamento. Também não foi …

Marcelo reuniu com Lula, mas não revela o teor da conversa. Presidente diz que visita é apenas de cariz cultural

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse sexta-feira à chegada a São Paulo que a cultura tem um "papel fundamental" na convergência entre Portugal e o Brasil, rejeitando que a agenda alargada de …

PSP abre processos disciplinares por uso indevido de farda em manifestação

A PSP abriu processos disciplinares, por uso indevido e incorreto do uniforme, a agentes que participaram em 21 de junho, em Lisboa, numa manifestação organizada pelo Movimento Zero, confirmou esta sexta-feira à Lusa o porta-voz, …

Por onde passou o caminho bíblico da Judeia a Edom? Cientistas encontram respostas

Por onde passava o caminho bíblico que ligava o reino de Judeia à nação vizinha de Edom? Um novo estudo dá novas pistas sobre o possível percurso da estrada. Os investigadores israelitas sugerem que havia, pelo …

PCP diz que acusação a grupos hospitalares privados por acordo anticoncorrencial evidencia "cartelização"

O PCP considerou esta sexta-feira que a acusação da Autoridade da Concorrência a cinco grupos hospitalares privados por acordo anticoncorrencial, confirma a “prática parasitária e de cartelização” destes grupos, que fazem “da doença um negócio”. O …

Ensino Superior. Vagas voltam a aumentar com Porto, Lisboa e Aveiro na frente

O concurso nacional de acesso ao ensino superior volta a registar um aumento do número de vagas, segundo dados divulgados este sábado, que mostram Lisboa, Porto e Aveiro com o maior crescimento. Depois de, no ano …

Os pterossauros conseguiam voar assim que eclodiam dos ovos

Os pterossauros tinham asas suficientemente longas e ossos suficientemente fortes para conseguirem sustentar o voo depois de eclodirem. Uma equipa de cientistas da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido, descobriu que os pterossauros recém-nascidos seriam capazes …