PSD acusa António Costa de tentar condicionar liberdade de imprensa

SedeNacionalPartidoSocialista / Facebook

O secretário-geral do PS, António Costa

O secretário-geral do PS, António Costa

O PSD acusou o secretário-geral do PS de tentar condicionar a liberdade de imprensa, numa alusão à mensagem enviada por António Costa a um diretor-adjunto do Expresso, e desafiou os socialistas a pronunciarem-se sobre o caso.

Este desafio aos socialistas foi lançado pelo líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, na sua interpelação ao primeiro-ministro, esta quarta-feira, durante o debate quinzenal no Parlamento, que antecedia a intervenção do PS. Na resposta ao líder parlamentar do PSD, Pedro Passos Coelho não abordou este tema.

“Quando o doutor António Costa tenta coagir, condicionar ou intimidar o exercício da liberdade de imprensa, o prenúncio merece uma denúncia clara. Onde está o PS que tanto fustigou, por exemplo, o ex-ministro Miguel Relvas, que chamou ao Parlamento para explicar o conteúdo de um pretenso telefonema? Onde está esse PS? Onde estão as vozes que, muitas vezes de forma rápida e habitual, emergem para falar da liberdade de imprensa?”, questionou Luís Montenegro.

/Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE