DGS alerta: “é provável que Portugal importe sarampo no verão”

José Sena Goulão / Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas

A diretor-geral da Saúde alerta que a época de férias, com a movimentação de pessoas para Portugal, torna “provável” que o país “importe” a doença.

Cinco dias depois de ter anunciado que o surto de sarampo associado ao Hospital de Santo António, no Porto, estava controlado, Graça Freitas alerta que com o aumento do número de pessoas em circulação durante os meses de verão, a probabilidade de termos um novo surto de sarampo também aumenta.

Esta terça-feira, numa sessão de apresentação do plano de contingência para o verão, a Graça Freitas garantiu que a “importação de sarampo” é uma das preocupações da direção-geral da Saúde. “Podemos voltar a ter sarampo pois muito mais gente se vai estar a mexer de um lado para o outro, é provável que importemos sarampo”, afirmou.

Segundo a diretora-geral da Saúde, além da população sazonal, as temperaturas e os comportamentos de risco são os três fatores a ter mais em conta nesta altura do ano, já que são responsáveis por “doenças agudas, acidentes e doenças crónicas”, que influenciam os cuidados de saúde.

O plano de contingência saúde sazonal, módulo verão, entrou em vigor no dia 01 de maio e terminará a 30 de setembro, sendo possível a sua ativação em outros períodos “em função das condições meteorológicas”.

Cobertura vacinal em pessoas acima dos 65 anos

De acordo com o Público, a vacinação no Serviço Nacional de Saúde (SNS) resultou na maior taxa de cobertura vacinal contra a gripe em pessoas com 65 anos ou mais, afirmou Graça Freitas.

Durante a apresentação do módulo de verão, a diretora-geral fez um balanço do módulo de inverno do plano de contingência e indicou que foram administradas no SNS mais de 1,2 milhões de vacinas contra a gripe.

“Tivemos, de facto, o maior número de vacinas contra a gripe no SNS, mais de 1 milhão e 200 mil, mais 354 mil vacinas do que na época 2015/2016. Este número de vacinas resultou na maior cobertura vacinal de sempre contra a gripe em pessoas com 65 ou mais anos de idade”, disse.

Graça Freitas afirmou que o SNS “teve muitas vacinas” e que a população aderiu à vacinação, explicando que a atividade gripal foi “mais tardia do que na época anterior”, mas com maior duração.

“Nunca tivemos tão boa informação como no ano passado e é assim que entramos no Verão. Estamos em módulo Verão, temos três grandes eixos, o primeiro volta a ser a informação, depois as medidas de prevenção e controlo e a comunicação”, informou.

Segundo a diretora-geral da Saúde, a aplicação dos planos de contingência é feita a nível local, em articulação com vários parceiros, mantendo sempre o contacto com a população.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Palavra “mulher” já tem nova definição

O dicionário online Priberam e o canal de televisão FOX Life uniram-se para desafiar os portugueses a participar na revisão do significado da palavra "mulher". Três semanas depois, apresentam-nos o resultado. Esta terça-feira, o dicionário online …

EUA emitem alerta sobre "ataques sónicos" na China

Esta quarta-feira, a embaixada norte-americana na China emitiu uma alerta após um funcionário do Governo ter sofrido uma lesão cerebral. A embaixada norte-americana na China emitiu um alerta depois de um funcionário ter sofrido uma lesão …

Descobertas 481 moedas romanas dos séculos I ao III em Braga

Um museu em Braga descobriu 481 moedas romanas datadas do século I ao século III que permitem perceber o circuito de comércio no Mediterrâneo na época do Império Romano. Esta quarta-feira, o Museu Pio XII, em …

José Manuel Coelho condenado a ano e meio de prisão domiciliária

O deputado do PTP/Madeira foi, esta quarta-feira, condenado a um ano e seis meses de prisão domiciliária pela prática de vários crimes de difamação e de divulgação de fotografias ilícitas. José Manuel Coelho foi julgado na …

Maternidade só deixa mãe ver as filhas recém-nascidas depois de pagarem a conta

Uma mãe esperou cinco dias para ver as suas filhas recém-nascidas porque não tinha dinheiro para pagar as despesas médicas. Juliana Logbo esperou cinco dias depois do parto para ver as suas filhas gémeas e recém-nascidas …

Novo escândalo de abusos sexuais no Chile leva à suspensão de 14 sacerdotes

A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou, esta terça-feira, a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. "Estes padres cometeram atos que podem constituir crimes nos domínios …

94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido …

Israel admite: o famigerado F-35 já se estreou em combate

A força aérea israelita admitiu ter usado, pela primeira vez, o poderoso caça bombardeiro numa ação de combate contra dois tanques, numa missão recente. Um dos aviões de combate mais avançados do mundo, o novo caça-bombardeiro …

Proposta do PS sobre a habitação suspende despejos já em curso

O PS avançou com uma proposta de alteração ao seu próprio projeto. A medida abrange inquilinos com mais de 65 anos ou com grau de incapacidade igual ou superior a 60% desde que residam há …

Função Pública vai ter aumentos em 2019 (mas não nos salários)

O ministro das Finanças referiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que os funcionários públicos vão ter aumentos em 2019, através da "via do descongelamento de carreiras". Mas sobre um eventual aumento dos salários não se pronunciou. "Todos …