DGS alerta: “é provável que Portugal importe sarampo no verão”

José Sena Goulão / Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas

A diretor-geral da Saúde alerta que a época de férias, com a movimentação de pessoas para Portugal, torna “provável” que o país “importe” a doença.

Cinco dias depois de ter anunciado que o surto de sarampo associado ao Hospital de Santo António, no Porto, estava controlado, Graça Freitas alerta que com o aumento do número de pessoas em circulação durante os meses de verão, a probabilidade de termos um novo surto de sarampo também aumenta.

Esta terça-feira, numa sessão de apresentação do plano de contingência para o verão, a Graça Freitas garantiu que a “importação de sarampo” é uma das preocupações da direção-geral da Saúde. “Podemos voltar a ter sarampo pois muito mais gente se vai estar a mexer de um lado para o outro, é provável que importemos sarampo”, afirmou.

Segundo a diretora-geral da Saúde, além da população sazonal, as temperaturas e os comportamentos de risco são os três fatores a ter mais em conta nesta altura do ano, já que são responsáveis por “doenças agudas, acidentes e doenças crónicas”, que influenciam os cuidados de saúde.

O plano de contingência saúde sazonal, módulo verão, entrou em vigor no dia 01 de maio e terminará a 30 de setembro, sendo possível a sua ativação em outros períodos “em função das condições meteorológicas”.

Cobertura vacinal em pessoas acima dos 65 anos

De acordo com o Público, a vacinação no Serviço Nacional de Saúde (SNS) resultou na maior taxa de cobertura vacinal contra a gripe em pessoas com 65 anos ou mais, afirmou Graça Freitas.

Durante a apresentação do módulo de verão, a diretora-geral fez um balanço do módulo de inverno do plano de contingência e indicou que foram administradas no SNS mais de 1,2 milhões de vacinas contra a gripe.

“Tivemos, de facto, o maior número de vacinas contra a gripe no SNS, mais de 1 milhão e 200 mil, mais 354 mil vacinas do que na época 2015/2016. Este número de vacinas resultou na maior cobertura vacinal de sempre contra a gripe em pessoas com 65 ou mais anos de idade”, disse.

Graça Freitas afirmou que o SNS “teve muitas vacinas” e que a população aderiu à vacinação, explicando que a atividade gripal foi “mais tardia do que na época anterior”, mas com maior duração.

“Nunca tivemos tão boa informação como no ano passado e é assim que entramos no Verão. Estamos em módulo Verão, temos três grandes eixos, o primeiro volta a ser a informação, depois as medidas de prevenção e controlo e a comunicação”, informou.

Segundo a diretora-geral da Saúde, a aplicação dos planos de contingência é feita a nível local, em articulação com vários parceiros, mantendo sempre o contacto com a população.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mário Centeno pode vir a suceder a Christine Lagarde no FMI

Um dia depois de Christine Lagarde ter apresentado oficialmente a carta de demissão do cargo de diretora administrativa do Fundo Monetário Internacional (FMI), os ministros das finanças da Alemanha, Itália e França estão a discutir …

Votação inédita com um deslize da AR TV. Direita e Esquerda alinhadas no caso CGD

O relatório final da comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) foi aprovado por unanimidade. É a primeira vez que todos os partidos se juntam, no mesmo lado da barricada, num inquérito …

Rui Rio afasta Hugo Soares das listas para as legislativas

O presidente do PSD, Rui Rio, afastou o antigo líder parlamentar do partido Hugo Soares das listas para as legislativas de outubro, escreve o i esta quinta-feira. De acordo com o diário, Hugo Soares não deverá …

Segurança de Notre Dame demorou 30 minutos a chamar bombeiros

O primeiro alerta de "fogo" terá surgido no painel de controlo do monumento às 18h18 locais, no dia 15 de abril, mas só 25 minutos depois foram verificar se algo se passava na cobertura da …

EUA revelam preocupação com desenvolvimento de armas nucleares russas

Os EUA demonstraram esta quarta-feira preocupação com o desenvolvimento de armas nucleares não estratégicas por parte da Rússia, numa reunião com uma delegação russa, na Suíça, para tentar “reduzir mal-entendidos”. A reunião em Genebra, que juntou …

Bastonário dos Médicos diz desconhecer acordo sobre Lei de Bases da Saúde

O bastonário da Ordem dos Médicos disse hoje desconhecer o acordo parlamentar sobre a Lei de Bases da Saúde e considerou "no mínimo estranho” que os portugueses não tenham acesso a um documento tão importante …

OMS decreta estado de emergência global devido ao Ébola na República Democrática do Congo

A epidemia de Ébola que se faz sentir na República Democrática do Congo foi considerada esta quarta-feira uma emergência global de saúde pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros …

Os Vikings podem ter fumado canábis enquanto exploravam a América do Norte

A descoberta do pólen de canábis perto de um assentamento Viking na Terra Nova levanta a questão sobre se os vikings fumavam ou comiam canábis enquanto exploravam a América do Norte. Os investigadores também encontraram evidências …

Marcelo confessa que vai ter “verdadeiramente saudades” da atual composição do Parlamento

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confessou esta quarta-feira que vai ter "verdadeiramente saudades" da atual composição da Assembleia da República, salientando a centralidade inédita do parlamento na atual legislatura. Por ocasião do final …

Bebé Matilde vai ter alta do hospital esta quinta-feira

A bebé Matilde, que nasceu com atrofia espinhal muscular tipo I e tem estado internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai ter alta esta quinta-feira. Os pais dizem ainda que não têm novidades …