“É como se tivesse uma mão outra vez.” Cientistas desenvolvem prótese controlada pela mente

Foi dado mais um passo no desenvolvimento de próteses controladas pela mente humana. Desta vez, cientistas norte-americanos criaram um membro biónico que é movimentado intuitivamente e em tempo real.

Uma equipa de cientistas da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, captou sinais fracos e latentes dos nervos de pacientes amputados e amplificaram-nos, o que permitiu a movimentação intuitiva e em tempo real de uma mão robótica. O artigo científico foi publicado na semana passada na Science Translational Medicine.

Num primeiro momento, os cientistas concentraram-se nas terminações nervosas dos pacientes e separaram os feixes de nervos espessos em fibras mais pequenas – permitindo assim um controlo mais preciso – e amplificaram os sinais que atravessam esses mesmos nervos.

Paul Cederna, professor de cirurgia plástica da universidade norte-americana, explicou que este “é o maior avanço no controlo motor de pessoas com amputações em muitos anos”. “Desenvolvemos uma técnica para permitir o controlo individual dos dispositivos protéticos com os dedos, usando os nervos no membro residual do paciente. Com isso, conseguimos fornecer alguns dos mais avançados controlos protéticos que o mundo já viu.”

“Os participantes conseguiram, logo na primeira tentativa, controlar a prótese naturalmente. Não houve necessidade de aprenderem a usá-la. Toda a aprendizagem ficou a cargo dos nossos algoritmos”, adiantou a professora de engenharia Cindy Chestek. Nos testes, a interface funcionou durante 300 dias sem necessidade de recalibração.

Uma das principais dificuldades que os cientistas enfrentam neste campo das próteses controladas pela mente é a captação de um sinal nervoso suficientemente forte e estável para alimentar o membro biónico.

Para pessoas com amputações, não havia, até agora, uma solução que substituísse o membro em falta, porque os sinais nervosos que carregam são muito fracos.

Esta equipa realizou pequenos excertos musculares em torno das terminações nervosas nos braços dos participantes. Estas “interfaces nervosas periféricas regenerativas” (RPNIs) oferecem aos nervos cortados novos tecidos aos quais se podem “agarrar”.

Além de este fenómeno impedir o crescimento de massas nervosas (neuromas), que causam dor nos membros, também amplifica os sinais nervosos, adianta o TheScientist.

Os investigadores colocaram elétrodos nos excertos musculares de dois pacientes, e estes dispositivos foram capazes de registar sinais nervosos e passá-los, em tempo real, para uma mão protética.

“Nas abordagens anteriores, conseguimos obter 5 microvolts ou 50 microvolts – sinais muito fracos. Agora, conseguimos os primeiros sinais de milivolts.”

Os participantes deste estudo ainda não pode levar o novo braço para casa, mas no laboratório conseguiram pegar em blocos com uma pinça, mover o polegar num movimento contínuo, levantar objetos esféricos e até jogar uma versão adaptada do famoso “pedra, papel ou tesoura” – desta vez chamada “pedra, papel ou alicate”.

“É como se você tivesse uma mão outra vez”, disse  Joe Hamilton, participante do estudo, que perdeu o braço num acidente que envolveu fogo de artifício, em 2013. “Consigo fazer qualquer coisa com esta mão. Isto traz de volta uma sensação de normalidade.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal com mais 85 mortes e 3919 casos de covid-19. Número de internados nunca foi tão alto

Portugal regista, esta terça-feira, mais 85 mortes e 3919 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3919 novos casos, 2284 …

Vésperas de feriado sem confinamento obrigatório

Nos dias 30 de novembro e 07 de dezembro, que antecedem os dois feriados, não serão aplicadas as restrições de circulação definidas para os fins de semana e feriados, embora as escolas interrompam a atividade …

Eduardo Catroga: Foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar apoio do PCP e do BE

Eduardo Catroga, antigo ministro das Finanças de Cavaco Silva, defende que foi o PS quem ultrapassou as "linhas vermelhas" após aceitar o apoio do PCP e do Bloco de Esquerda, partidos "anti-tudo". O ex-ministro das Finanças …

Ministra garante que situação nas prisões está "controlada". PSD diz que Governo está "sem rei nem roque"

Esta segunda-feira, a ministra da Justiça Francisca Van Dunem esteve reunida com Marcelo Rebelo de Sousa, em Belém, num encontro em que participou também a ministra da Saúde, Marta Temido. À saída de uma audiência com …

Autarcas do Norte aceitam novas restrições, mas falam em falta de preparação e coerência por parte do Governo

A maioria dos autarcas do distrito do Porto concorda que era preciso apertar mais as restrições na região norte. Os líderes da câmaras aceitam as decisões com medo da alternativa, mas deixam algumas críticas à …

Porto é o único distrito do Norte onde novos casos diminuíram. Bragança, Viana e Vila Real em crescimento

De acordo com um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte, o distrito do Porto registou, entre a segunda e terceira semana de novembro, uma diminuição de novos casos de infeção por covid-19. É …

Astrónomos detetaram milhões de sinais de uma civilização inteligente. Mas éramos nós

Uma equipa de astrónomos da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, detetou "assinaturas de tecnologia", ou emissões de rádio de baixa frequência, que podem apontar para uma possível tecnologia alienígena. No entanto, uma análise posterior …

Mundo de olhos postos na vacinação. Alemanha segue na dianteira, Pfizer prepara vacina em pó

O mundo continua de olhos postos numa vacina contra a covid-19, que carece ainda de aprovação final para ser comercializada, e a Alemanha segue na dianteira, estando já com o plano de vacinação praticamente fechado. De …

Tancos. Arguido admite que mentiu sobre a chamada anónima que levou às armas roubadas

O major Pinto da Costa admitiu ter mentido ao Ministério Público ao dizer que as armas tinham sido descobertas graças a uma chamada anónima. O julgamento do caso do assalto a Tancos retomou nesta segunda-feira com …

Empresas com IVA mensal não podem adiar pagamento. Governo quer "olhar para as PME"

As empresas que estão no regime do IVA trimestral vão poder adiar o pagamento do imposto e pagá-lo em prestações. Já quem esteja enquadrado no regime do IVA mensal, não o poderá fazer. No sábado passado, …