/

Programa de Sócrates na RTP fica igual até às eleições

José Goulão / Flickr

O ex-primeiro-Ministro português José Sócrates e ao seu lado esquerdo a ex-ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues

O provedor do telespectador da RTP defendeu hoje que o programa com José Sócrates deve regressar à forma original, sem contraditório, mas o director de informação da RTP diz que, pelo menos, até às eleições europeias continuará no formato actual.

“Nós levamos em consideração todas as opiniões, mas não são determinantes. Até às eleições europeias, sim, fica tudo igual”, disse à Lusa o director de informação da RTP, José Manuel Portugal.

No programa Voz do Cidadão, transmitido hoje de manhã pela RTP1, o provedor do telespectador, Jaime Fernandes, defendeu que o programa ‘A Opinião de José Sócrates‘ “deverá regressar à sua forma original ou, caso contrário, deixa de fazer sentido na televisão pública”.

O provedor dedicou o programa de hoje ao espaço com o ex-primeiro-ministro socialista, transmitido aos domingos à noite, depois de telespectadores se terem queixado da condução do programa pelo jornalista José Rodrigues dos Santos.

O provedor justificou a sua posição com o facto de o programa ter sido anunciado como de opinião, o que “pressupõe que o comentador faça as considerações que entende sobre temas da actualidade sem necessitar de contraditório”, o qual terá de acontecer “em espaços distintos da programação, de debate ou de entrevista”.

Questionado sobre se a RTP vai acompanhar a opinião do provedor e fazer o programa regressar à sua forma original, de opinião sem contraditório, o director de informação da televisão pública disse que estão a ser equacionadas hipóteses mas que “não há qualquer definição”.

“Tenho que me sentar com o engenheiro José Sócrates e com Dr. Morais Sarmento para definirmos em conjunto o que vai acontecer, mas para já fica tudo igual”, disse José Manuel Portugal.

O responsável pela informação da RTP disse que os dois programas de comentário, do ex-primeiro-ministro do PS e do ex-ministro do PSD, fazem “sentido em conjunto”, pelo que qualquer alteração também será feita em conjunto.

/Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE