Professores consideram divulgação de rankings “um ataque à escola pública”

foto: Marcello Casal&ABr

foto: Marcello Casal&ABr


O Secretariado Nacional da FENPROF considerou este sábado a divulgação de ‘rankings’ de estabelecimentos de ensino “redutora, injusta e perversa”, refletindo um “ataque à escola pública”.

A FENPROF, em comunicado publicado no seu site, considera “esta seriação das escolas redutora, injusta e perversa” e explica que os ‘rankings’ hoje divulgados comparam escolas, públicas e privadas, “sem atender aos desequilíbrios do país e a fatores que a investigação comprova que influenciam fortemente os resultados dos alunos”.

Os ‘rankings’, que só se baseiam nas médias de exame e não nos dados de contexto, “não servem para avaliar escolas, mas servem para difundir uma imagem negativa das escolas públicas, que, afastadas do topo da tabela, são apontadas como ineficazes e ineficientes”, salienta a Federação Nacional dos Professores (FENPROF).

Assim, defende, os ‘rankings’, “sem quaisquer pruridos, põem a jogar no mesmo campeonato escolas privadas que selecionam criteriosamente os seus alunos com escolas públicas a que todos (justamente) têm acesso, escolas públicas em que a maioria dos alunos beneficia de ação social escolar com escolas privadas com mensalidades que vão até 656 euros”.

Outras questões que justificam a posição da organização sindical relacionam-se com o facto de a análise comparar da mesma forma escolas do interior com aquelas dos grandes centros urbanos, estabelecimentos em que os alunos frequentam exclusivamente cursos orientados para o prosseguimento de estudos com outros em que a maioria frequenta cursos profissionais.

Mas, também são listadas escolas em que as habilitações académicas dos pais chegam a uma média de 15 anos de escolaridade com outras em que não vão além de oito, ou unidades que levam um número reduzido de alunos a exame com outras que levam largas centenas ou mesmo milhares.

A FENPROF critica os órgãos de comunicação social que, considera, “catalogam as escolas como ‘boas’ e ‘más’, ‘melhores’ e ‘piores’, em função do lugar relativo que ocupam no ranking, [o que] é de uma enorme leviandade e falta de rigor”.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Após saída do primeiro-ministro, Macron faz remodelação governamental e muda ministros-chave

O Presidente francês Emmanuel Macron aproveitou a mudança de primeiro-ministro para levar a cabo uma profunda remodelação do seu Governo. Anunciada na segunda-feira, a grande mudança é o novo ministro do Interior, Gérald Darmanin, até …

Marcelo promete ir todas as semanas ao Algarve para "puxar pelo turismo"

O Presidente da República disse esta segunda-feira, no Algarve, que é necessário “olhar para a frente e lutar” para o turismo na região superar as perdas causadas pela exclusão de Portugal do corredor aéreo com …

Portugal sabe a 27 de julho se entra nos corredores aéreos do Reino Unido

A reavaliação da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido, da qual Portugal foi excluído devido aos surtos de covid-19, vai ser feita a 27 de julho, revelou esta segunda-feira o …

Efacec. Estado não vai assumir a dívida de Isabel dos Santos aos bancos

O Conselho de Ministros português aprovou, na quinta-feira, a nacionalização de 71,73% do capital social da Efacec, pertencentes à empresária angolana Isabel dos Santos. Pedro Siza Vieira, ministro da Economia, defendeu esta terça-feira que o Estado …

China confirma caso de peste negra e anuncia mais um suspeito. É uma jovem de 15 anos

O caso suspeito de peste bubónica na região autónoma da Mongólia Interior já foi confirmado pela China, avança esta terça-feira a emissora britânica BBC, que dá ainda conta de um novo caso em análise. O …

Portugal regista mais nove mortes e 287 novos casos

Portugal regista, esta terça-feira, mais nove mortos de 287 novos casos de infeção por covid-19. Dos 287 novos casos, 207 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo. De acordo com o boletim epidemiológico …

Portugal vai apoiar Nadia Calviño para substituir Centeno no Eurogrupo

O primeiro-ministro, António Costa, revelou esta segunda-feira que Portugal vai apoiar a candidatura da ministra espanhola Nadia Calviño à presidência do Eurogrupo, cargo atualmente ocupado por Mário Centeno em fim de mandato. Tal como escreve o …

Universidade do Minho volta a ter praxe presencial em julho

O Cabido de Cardeais, o grupo que gere as ações da praxe na Universidade do Minho (UM), anunciou esta segunda-feira que as praxes presenciais voltam ao estabelecimento de ensino durante "todo o mês de julho".  Em …

Afinal, Medina não quer acabar com a "galinha dos ovos de ouro" de Lisboa

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, não pretende, afinal, acabar com o AirBnB na capital. A ideia surgiu no título de um artigo do jornal inglês The Independent, mas está errada. A correcção …

Governo vai lançar nova linha de crédito de mil milhões de euros para micro e pequenas empresas

O ministro da Economia anunciou esta terça-feira a abertura, “na semana de dia 20”, de uma nova linha de crédito de mil milhões de euros dirigida a micro e pequenas empresas. “Já na semana de dia …