Príncipe Carlos sucede à rainha Isabel II como líder da Commonwealth

Lukas Coch / EPA

Os dirigentes da Commonwealth decidiram esta sexta-feira o príncipe Carlos suceda à mãe, a rainha Isabel II, na liderança da organização, noticiou a imprensa britânica.

A BBC, Sky News e outros meios de comunicação britânicos noticiaram que os representantes dos 53 países-membros aprovaram, numa reunião à porta fechada realizada hoje no Castelo de Windsor, o pedido feito na quinta-feira pela monarca britânica.

Na abertura da cimeira, Isabel II disse ser seu “sincero desejo” que o filho mais velho lhe suceda após a sua morte. A rainha liderou a organização desde que foi coroada, há 66 anos, mas o título de chefe da Commonwealth não é hereditário.

Desejo que decidam um dia que o príncipe de Gales possa continuar a desempenhar o importante trabalho que o meu pai começou em 1949″, declarou Isabel II, de 91 anos, que lidera a Commonwealth.

A função é essencialmente simbólica, cabendo-lhe assegurar a unidade da comunidade de nações e garantir o cumprimento dos princípios e objetivos da organização.

À exceção de Moçambique e do Ruanda, a maioria dos membros da Commonwealth são antigas colónias do Reino Unido. Dezasseis Estados-membros, entre os quais a Austrália e o Canadá, reconhecem a rainha como chefe de Estado, mas a maioria são repúblicas independentes.

Num discurso proferido no Palácio de Buckingham diante de 46 líderes dos 53 países que integram a Commonwealth, a monarca disse esperar que a instituição continue a proporcionar “estabilidade” às gerações futuras.

O príncipe Carlos, que marcou presença na cimeira, declarou que espera que esta “não só revitalize os laços” entre os países, mas que dê “uma relevância renovada para todos os cidadãos”.

A cimeira deste ano é dedicada aos temas da conservação dos oceanos, da cibersegurança e do comércio dentro da comunidade, que assume um papel de importância crescente para o Reino Unido, país em processo de separação da União Europeia.

A organização representa 2,4 mil milhões de pessoas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Alves escolhido para a presidência executiva do Banco Montepio

Pedro Gouveia Alves, atual presidente do Montepio Crédito, foi escolhido para novo CEO do Banco Montepio. O nome reuniu o consenso de Carlos Tavares e de Tomás Correia. O Banco Montepio escolheu Pedro Alves como novo …

Tancos. Sindicato dos procuradores sugere que ordem para não inquirir Costa e Marcelo é ilegal

O Sindicato dos procuradores sugere que a ordem do diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) que travou a inquirição de António Costa e de Marcelo Rebelo de Sousa, como testemunhas no …

Guardas prisionais voltam à greve pela quinta vez desde setembro

Esta será a quinta greve dos guardas prisionais, convocada pelo SNCGP, desde setembro. O presidente do sindicato diz que, caso se mantenha o silêncio do Governo, vão ser marcadas mais paralisações para dezembro. Os guardas prisionais …

PSD apresenta queixa sobre votos da emigração. Publicação dos resultados das eleições suspensa

O PSD apresentou uma reclamação ao Tribunal Constitucional a pedir a revisão dos resultados. A publicação dos resultados fica suspensa, pondo em causa as tomadas de posse da Assembleia da República e do Governo. Nesta medida, …

"Em defesa do Alto Minho". Empresário de Viana do Castelo candidata-se à liderança do CDS

O empresário Carlos Meira, militante de Viana do Castelo do CDS-PP, vai ser candidato à liderança do partido no congresso da sucessão da ainda líder, Assunção Cristas, que está marcado para 25 e 26 de …

Benfica renova com Ferro até 2024

O Benfica renovou o contrato com o jovem defesa-central até 2024, revelou, esta quinta-feira, o clube encarnado no seu site oficial. A renovação do contrato com Ferro já tinha sido tema na conferência de imprensa de …

Acordo para o Brexit garante milhões aos homens mais ricos do Reino Unido

Os três homens mais ricos do Reino Unido acabaram de ficar mais ricos apenas com o acordo entre o Governo de Boris Johnson e a União Europeia para o Brexit. O anúncio de acordo fez …

Funcionários da Groundforce julgados por furto de malas no Aeroporto de Lisboa

23 funcionários da Groundforce vão ser julgados por furto de centenas de objetos tirados de dentro de bagagens no Aeroporto de Lisboa. 23 funcionários da Groundforce, que trabalhavam no Aeroporto de Lisboa até 2016, vão ser …

Clássico entre Barcelona e Real Madrid adiado

As duas equipas espanholas têm de chegar a um acordo para uma nova data, até à próxima segunda-feira, para a realização do clássico da 10.ª jornada. O jogo FC Barcelona-Real Madrid, agendado para 26 de outubro, …

Dez escolas fechadas em Lisboa por protestos contra falta de funcionários

As 10 escolas do Agrupamento Vergílio Ferreira, em Lisboa, não abriram as portas, esta sexta-feira, devido a um protesto de trabalhadores não docentes, revoltados com a falta de pessoal. A paralisação irá prolongar-se durante toda …