Principal clã criminoso japonês lança página na internet

zenkokumayakubokumetsudoumei.com

-

O principal clã criminoso japonês, o clã Yamaguchi, tem a partir de agora uma página na Internet, noticiou hoje a agência francesa AFP.

Nessa página, os Yamaguchi apresentam mensagens contra a droga, cerejeiras em flor, ou o monte Fuji coberto de neve, ao som de um hino do clã.

Os vídeos mostram a chegada de um ‘yakuza’ (membro do clã), durante a noite e sob os flashes das máquinas fotográficas, a um templo xintoísta para fazer orações, ou de vários ‘yakuzas’ a participar nas cerimónias de Ano Novo.

Na galeria de fotos, há momentos de participação nos trabalhos de limpeza após o sismo de Kobe (oeste), em 1995, ou do maremoto de 2011 no nordeste do Japão.

Jornalista especializado no mundo dos ‘yakuza’, Jake Adelstein não parece convencido.

“A divisa dos ‘yakuza’ é ‘ajudar os fracos, combater os fortes’, mas na prática funciona ao contrário”, disse Jake Adelstein, jornalista especializado no mundo do crime organizado japonês e autor do livro “Tokyo Vice”.

Os negócios dos ‘yakuza’ são o jogo, tráfico de droga, prostituição, usura, extorsão, imobiliário e mesmo finança.

Este antigo jornalista do diário Yomiuri Shimbun não negou que nas grandes catástrofes naturais os ‘yakuza’ sejam úteis, nomeadamente “graça às relações com o mundo dos transportes, ou ainda devido à grande quantidade de dinheiro vivo de que dispõem”.

Na realidade, mesmo nas situações trágicas como o maremoto de 2011, os ‘yakuza’ continuam o negócio. Recentemente, foi divulgado que os trabalhadores contratados para as operações de descontaminação em redor da central nuclear destruída de Fukushima, foram recrutados por mafiosos e por salários miseráveis.

Mas desde que a polícia decidiu combater mais energicamente o crime organizado, até aqui muito tolerado, os ‘yakuza’ atravessam uma fase difícil: em 2012, de acordo com a polícia, o número de membros caiu 28% em relação há dez anos.

Atualmente, os ‘yakuza’ rondam os 63 mil – mais de 25 mil só no clã Yamaguchi -, de acordo com a AFP.

Tal como os “primos” italianos (a máfia), ou chineses (as tríades), os ‘yakuza’ são temidos mas, ao mesmo tempo fascinam a opinião pública, que acompanha as suas aventuras no cinema ou nas bandas desenhadas (‘manga’).

Ao contrário da máfia ou das tríades, os ‘yakuza’ são legais, e tem representações nas principais cidades japonesas.

Apesar das operações policiais regulares, a existência destes clãs é autorizada, apesar de algumas atividades serem proibidas.

De acordo com sociólogos, a presença dos ‘yakuza’ diminui efetivamente os delitos menores, “controlados” por estas organizações.

Cerca de 165 mil pessoas já visitaram o site dos ‘yakuza‘.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vírus informático faz caixas de multibanco "cuspirem" notas (e está a espalhar-se pelo mundo)

Um vírus informático está a ser utilizado para entrar em caixas de multibanco e fazê-las ejetar todo o seu dinheiro. Os primeiros casos surgiram na Alemanha, mas têm-se alastrado um pouco por todo o mundo. Na …

Piloto Bernardo Sousa suspenso dois anos por controlo antidoping positivo a cocaína

O ex-campeão nacional de ralis Bernardo Sousa foi suspenso por dois anos devido a um controlo antidoping positivo a cocaína, anunciou na quinta-feira a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). De acordo com o comunicado …

Porsche lança Taycan "low cost" para competir com a Tesla

https://vimeo.com/367293637 A Porsche lançou uma versão económica do Taycan de forma a competir com o Model S da Tesla. O veículo elétrico está disponível a partir de janeiro e custará cerca de 105 mil euros. A batalha …

Quartel da Graça vai ser um hotel de luxo

A concessão do Quartel da Graça, em Lisboa, vai ser entregue ao grupo Sana, no âmbito do programa Revive, estando previsto um investimento de 30 milhões de euros, para a instalação de um hotel, foi …

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …

Marcelo promulga regime de acolhimento residencial para crianças e jovens em perigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma governamental que estabelece o regime de execução do acolhimento residencial, medida de promoção dos direitos e de proteção das crianças e jovens …

Lenny Kravitz regressa a Lisboa para um concerto em 2020

Lenny Kravitz regressa a Portugal em 2020. O músico irá atuar na Altice Arena, em Lisboa, no dia 25 de julho do próximo ano. Este concerto faz parte da digressão "Here to Love", de apoio ao …

Conspirador condenado a pagar 450.000 dólares por negar massacre de Sandy Hook

Um tribunal de Wisconsin, nos Estados Unidos, condenou um conspirador a indemnizar o pai de uma das crianças que morreu no tiroteio de Sandy Hook, em 2012, com 450.000 dólares depois de este afirmar que …