Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público.

A Ilha Sipson é propriedade privada desde 1711, quando foi vendida pelo povo Monomoyick aos colonos brancos. Agora, o recém-criado Sipson Island Trust, com a ajuda de uma organização sem fins lucrativos local, espera restaurar e cuidar da ilha usando o valor nativo americano para ver a terra como um presente para todos usarem.

“É realmente importante para nós, como organização e comunidade, sermos capazes de comunicar a importância desta história indígena e ensinar os valores daqueles que viveram na ilha antes de 1711”, disse Tasia Blough, presidente do Sipson Island Trust, em declarações à CNN.

A ilha de 9,7 hectares, que foi inaugurada no passado sábado, está localizada perto da costa de Cabo Cod, numa área conhecida como Pleasant Bay – uma área de preocupação ambiental crítica.

Agora que está aberta ao público, os visitantes podem desfrutar de caminhadas, das praias, mergulho e vistas de 360 graus de toda a área de Pleasant Bay.

“Quando estava à venda, havia várias organizações conservacionistas que queriam encontrar uma forma de arrecadar o dinheiro. Protegê-la, preservá-la, e torná-la acessível ao público”, disse Blough.

O problema sempe foi o custo. O preço de cerca de 10 milhões de euros era demasiado alto para uma organização sem fins lucrativos. Nos últimos quatro anos, a organização The Friends of Pleasant Bay ajudou a levantar capital e estender a data de encerramento para que isso acontecesse. Em junho, o trust privado criado para administrar a ilha conseguiu a propriedade por 4,5 milhões.

Os visitantes são incentivados a aceder a ilha pela costa leste. No entanto, apenas barcos de calado raso com menos de 6,7 metros podem desembarcar devido ao sensível ecossistema da água.

O plano de cinco anos é derrubar três das quatro estruturas da ilha para criar e construir um centro de pesquisa e educação ao ar livre. O objetivo é restaurar a ecologia da ilha, apoiar a educação e a investigação histórica e ambiental e proporcionar recreação pública em Sipson e arredores.

Ainda há 3,2 hectares na propriedade que não pertencem ao Sipson Island Trust, mas a associação espera angariar fundos rapidamente para poder administrar toda a ilha.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …

Louvre recupera armadura do século XVI roubada há quase 40 anos

O peitoral e o capacete elaboradamente decorados, que estavam desaparecidos desde 1983, datam do século XVI e voltaram finalmente ao museu do Louvre, em França. Quase quatro décadas depois, um peitoral e um capacete do século …

Queixas por cibercrime disparam. Fraude com MB Way foi o crime mais denunciado

O Ministério Público (MP) da Comarca de Lisboa registou 6676 denúncias por crimes informáticos em 2020, um aumento de 15% (mais 998) face a 2019. MB Way é um dos sistemas onde estão associadas mais …

Centro Hospitalar Lisboa Norte vai alargar uso de medicamento para fibrose quística a mais cinco doentes

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Luís Pinheiro, disse hoje que a instituição já usa há cerca de um mês um novo medicamento para a fibrose quística, que poderá chegar em …

No Porto, haverá transporte para vacinação disponível para todos a partir de terça-feira

Todos os munícipes do Porto que forem convocados no âmbito do plano de vacinação contra a covid-19 vão poder usufruir de um programa de transporte em colaboração com as centrais de táxis, anunciou hoje a …

Mina que produziu diamante para Isabel II investigada por abuso de direitos humanos

Uma mina da Tanzânia, que produziu um diamante rosa para um dos alfinetes de peito favoritos da rainha Isabel II, está a ser investigada por haver suspeitas de que os seguranças do local agrediram e …