Presidente ucraniano debate sozinho na televisão depois de adversário faltar ao frente-a-frente

Mikhail Palinchak / EPA

Petro Poroshenko, Presidente da Ucrânia

O Presidente ucraniano Petro Poroshenko, candidato à reeleição na segunda volta das presidenciais de 21 de abril, esteve este domingo no estádio olímpico de Kiev para um debate com o adversário, o comediante Volodymyr Zelenskiy, mas este não compareceu. O governante aproveitou e transformou o debate em comício.

Tendo em conta a ausência do oponente, Petro Poroshenko aproveitou para ficar quase uma hora no palco a responder às perguntas dos jornalistas e mandou abrir as portas aos seus apoiantes no final, tornando o debate numa espécie de comício, avançou no domingo o Observador.

A ausência de Volodymyr Zelenskiy deve-se ao facto de o comediante, que desafiou o atual Presidente para um debate no estádio olímpico, tenha preferido a data de 19 de abril, enquanto este último optou por 14 de abril.

Sem entendimento, Petro Poroshenko reservou na mesma o estádio de 70 mil lugares e mandou montar dois pódios para o debate. Segundo a BBC, o candidato esteve 45 minutos em cima do palco à “espera” do comediante, aproveitando para responder a perguntas e para atacar o adversário.

“Se ele se esconder das pessoas de novo, voltaremos a convidá-lo”, garantiu à chegada. “Não fui eu que propus este local para o evento, foi um tal homem”, afirmou o Presidente num dos pódios, com outro vazio ao lado, contou a Radio Free Europe (RFE). “Sei que estás a assistir”, acrescentou, dirigindo-se diretamente ao comediante.

Do lado de fora estariam cerca de duas mil pessoas a ouvir Petro Poroshenko, que foram autorizadas a entrar no final. De acordo com a mesma rádio, a decisão transformou o “debate” numa espécie de comício, com os participantes a cantarem o hino nacional, a gritarem “Glória à Ucrânia” e a tirarem ‘selfies’ com o Presidente.

O seu porta-voz, Svuatoslav Tseholko, garantiu à RFE que a decisão de deixar entrar os apoiantes terá sido tomada de improviso pelo próprio Presidente.

Análises ao sangue precede debate político

A ideia de um debate no estádio olímpico partiu, de facto, de Volodymyr Zelenskiy, que na quarta-feira passada divulgou um vídeo a entrar no estádio e a desafiar diretamente o Presidente para um debate ali.

“Achava que eu ia fugir… Não. Não vou fazer o mesmo que o senhor fez há quatro anos”, afirmou o candidato, referindo-se à campanha de 2014 em que Petro Poroshenko recusou debater com a adversária e veterana da política ucraniana Yulia Tymoshenko.

Mas as condições de Volodymyr Zelenskiy não se ficaram apenas pelo local inusitado para o debate. O comediante exigiu ainda que os dois fossem submetidos a análises sanguíneas antes do debate para provar que não são “viciados em drogas ou álcool”.

Petro Poroshenko reagiu no dia seguinte, com outro vídeo: “Isto não é uma piada”, declarou. “Mas se quer um estádio, que seja num estádio. Estarei à sua espera”.

Os dois fizeram as respetivas análises na sexta-feira, em locais diferentes, depois de o comediante não ter aceitado fazer os exames no mesmo local que o Presidente. Como contou a CNN, ambos foram filmados pelas televisões a tirar sangue.

Talvez por não estar à espera que Petro Poroshenko, de 53 anos, aceitasse o convite, Volodymyr Zelenskiy acabou por contestar a data e não aparecer este domingo. Contudo, não é de excluir a possibilidade que no dia que prefere, 19 de abril, possa haver outro debate no estádio olímpico que volte a ter apenas um participante, lê-se no Observador.

O comediante, que venceu a primeira volta das eleições com 30% dos votos (mais 14% do que Petro Poroshenko), continua à frente nas sondagens.

Volodymyr Zelenskiy tornou-se conhecido do grande público ucraniano pelo seu papel na série “Servos do Povo”, onde interpreta um professor de escola que se torna Presidente da Ucrânia quase por acidente. Agora, arrisca a sua sorte na vida real, podendo mesmo chegar ao poder no país que ainda vive uma guerra com milícias pró-russas no leste, sem participar em nenhum debate eleitoral com o adversário.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …