Presidente ucraniano debate sozinho na televisão depois de adversário faltar ao frente-a-frente

Mikhail Palinchak / EPA

Petro Poroshenko, Presidente da Ucrânia

O Presidente ucraniano Petro Poroshenko, candidato à reeleição na segunda volta das presidenciais de 21 de abril, esteve este domingo no estádio olímpico de Kiev para um debate com o adversário, o comediante Volodymyr Zelenskiy, mas este não compareceu. O governante aproveitou e transformou o debate em comício.

Tendo em conta a ausência do oponente, Petro Poroshenko aproveitou para ficar quase uma hora no palco a responder às perguntas dos jornalistas e mandou abrir as portas aos seus apoiantes no final, tornando o debate numa espécie de comício, avançou no domingo o Observador.

A ausência de Volodymyr Zelenskiy deve-se ao facto de o comediante, que desafiou o atual Presidente para um debate no estádio olímpico, tenha preferido a data de 19 de abril, enquanto este último optou por 14 de abril.

Sem entendimento, Petro Poroshenko reservou na mesma o estádio de 70 mil lugares e mandou montar dois pódios para o debate. Segundo a BBC, o candidato esteve 45 minutos em cima do palco à “espera” do comediante, aproveitando para responder a perguntas e para atacar o adversário.

“Se ele se esconder das pessoas de novo, voltaremos a convidá-lo”, garantiu à chegada. “Não fui eu que propus este local para o evento, foi um tal homem”, afirmou o Presidente num dos pódios, com outro vazio ao lado, contou a Radio Free Europe (RFE). “Sei que estás a assistir”, acrescentou, dirigindo-se diretamente ao comediante.

Do lado de fora estariam cerca de duas mil pessoas a ouvir Petro Poroshenko, que foram autorizadas a entrar no final. De acordo com a mesma rádio, a decisão transformou o “debate” numa espécie de comício, com os participantes a cantarem o hino nacional, a gritarem “Glória à Ucrânia” e a tirarem ‘selfies’ com o Presidente.

O seu porta-voz, Svuatoslav Tseholko, garantiu à RFE que a decisão de deixar entrar os apoiantes terá sido tomada de improviso pelo próprio Presidente.

Análises ao sangue precede debate político

A ideia de um debate no estádio olímpico partiu, de facto, de Volodymyr Zelenskiy, que na quarta-feira passada divulgou um vídeo a entrar no estádio e a desafiar diretamente o Presidente para um debate ali.

“Achava que eu ia fugir… Não. Não vou fazer o mesmo que o senhor fez há quatro anos”, afirmou o candidato, referindo-se à campanha de 2014 em que Petro Poroshenko recusou debater com a adversária e veterana da política ucraniana Yulia Tymoshenko.

Mas as condições de Volodymyr Zelenskiy não se ficaram apenas pelo local inusitado para o debate. O comediante exigiu ainda que os dois fossem submetidos a análises sanguíneas antes do debate para provar que não são “viciados em drogas ou álcool”.

Petro Poroshenko reagiu no dia seguinte, com outro vídeo: “Isto não é uma piada”, declarou. “Mas se quer um estádio, que seja num estádio. Estarei à sua espera”.

Os dois fizeram as respetivas análises na sexta-feira, em locais diferentes, depois de o comediante não ter aceitado fazer os exames no mesmo local que o Presidente. Como contou a CNN, ambos foram filmados pelas televisões a tirar sangue.

Talvez por não estar à espera que Petro Poroshenko, de 53 anos, aceitasse o convite, Volodymyr Zelenskiy acabou por contestar a data e não aparecer este domingo. Contudo, não é de excluir a possibilidade que no dia que prefere, 19 de abril, possa haver outro debate no estádio olímpico que volte a ter apenas um participante, lê-se no Observador.

O comediante, que venceu a primeira volta das eleições com 30% dos votos (mais 14% do que Petro Poroshenko), continua à frente nas sondagens.

Volodymyr Zelenskiy tornou-se conhecido do grande público ucraniano pelo seu papel na série “Servos do Povo”, onde interpreta um professor de escola que se torna Presidente da Ucrânia quase por acidente. Agora, arrisca a sua sorte na vida real, podendo mesmo chegar ao poder no país que ainda vive uma guerra com milícias pró-russas no leste, sem participar em nenhum debate eleitoral com o adversário.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …