Prémios IgNobel: uma máquina para mudar fraldas e uma pizza anticancro

Os vencedores da 29.ª edição dos prémios IgNobel foram anunciados na quinta-feira, na Universidade de Harvard, no Estado norte-americano do Massachusetts.

Os prémios IgNobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas academias suecas e norueguesa – foram criados para premiar invenções incomuns. A edição de 2019 encheu-se de repletas de imaginação: do investigador que tentou provar que a pizza ajuda a evitar o cancro, ao engenheiro que criou uma máquina para ajudar a mudar fraldas.

A cerimónia deste ano aconteceu na quinta-feira, na Universidade de Harvard e contou com a presença de vários prémios Nobel (verdadeiros) para entregar as estatuetas: Eric Maskin (prémio Nobel da Economia em 2007), Rich Roberts (prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina em 1993), Marty Chalfie (Nobel da Química em 2008) e Jerome Friedman (Nobel da Física em 1990, adianta o Público.

Um dos vencedores deste ano foi Silvano Gallus, investigador do departamento de epidemiologia do Instituto Mario Negri para a Investigação Farmacológica, em Milão. O investigador recebeu o IgNobel pelos seus três trabalhos de investigação sobre os efeitos da pizza na proteção contra doenças como o cancro.

“Provou-se que alguns dos ingredientes da pizza têm uma influência favorável no risco de doenças cardiovasculares. No entanto, não há uma explicação única para estas descobertas”, lê-se na conclusão do estudo Pizza e risco de enfarte agudo do miocárdio, publicado na Nature.

“Honra-me receber este prémio bizarro, ainda que importante. Na verdade, os resultados são muito relevantes, desde que exista uma interpretação correta: a pizza na Itália pode representar um indicador geral da dieta do país, que, como outras dietas mediterrâneas, já mostrou ter benefícios para a saúde”, defendeu o investigador, cuja investigação lhe valeu o IgNobel da Medicina.

O de Anatomia foi entregue a dois investigadores franceses, Roger Mieusset e Bourras Bengoudifa, que mediram a temperatura dos escrotos de vários carteiros e condutores de autocarros franceses para perceber se o lado esquerdo era mais quente do que o direito – tal como sugeriam as investigações anteriores.

Se está curioso com a conclusão, saiba que é verdade: a diferença entre o lado esquerdo e direito existe. O estudo foi publicado na Human Reproduction.

Outro dos prémios, desta vez da área da engenharia, foi atribuído ao engenheiro iraniano, Iman Farahbakhsh, que inventou uma máquina de mudar fraldas a “crianças humanas” e já tem patente norte-americana.  O aparelho, do qual se conhecem apenas desenhos técnicos, tem uma câmara principal, uma janela de vidro, assento, suporte para as pernas, cinto de segurança, um braço para remover fraldas, um aspersor e um secador.

O prémio IgNobel da Paz foi para um conjunto de investigadores do Reino Unido, Arábia Saudita, Singapura e Estados Unidos. Ghada A. bin Saif, Alexandru Papoiu, Liliana Banari, Francis McGlone, Shawn G. Kwatra, Yiong-Huak Chan e Gil Yosipovitch uniram esforços para tentar medir o prazer sentido ao coçar.

Os cientistas descobriram que é mais prazeroso coçar um tornozelo ou as costas do que o antebraço e que a comichão sentida no tornozelo é mais forte do que a dos outros dois locais.

O prémio da Economia foi para investigadores de um centro de doenças infecciosas de uma universidade holandesa que responde à pergunta “Qual o papel de moeda mais sujo?”. As notas romenas foram consideradas as que têm mais bactérias.

Todos os vencedores que aceitaram estar presentes na cerimónia pagaram as próprias viagens. O prémio, esse, foi uma nota de dez biliões de dólares do Zimbabwe: uma moeda sem valor monetário.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …