Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia. 

Segundo o Eurostat e a Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia, em 2012 cerca de 330 mil mulheres passaram por agressões (considerando que a população feminina nesse ano era de 5.515.578). Este é um dos dados divulgado pela Pordata esta segunda-feira.

Ainda assim, os 6% estão abaixo da média da União Europeia, que se fixa nos 8%. No entanto, se a análise for feita para cada estado-membro, em países Bélgica, Dinamarca, França, Países Baixos e Suécia chegam aos 11%. No polo oposto, está a Eslovénia com 3%.

“Um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030, é a Igualdade de Género e é precisamente este o mote para a seleção de um conjunto de destaques estatísticos que mostram as diferenças entre homens e mulheres em diversas áreas da sociedade tais como a população, a educação e o trabalho”, refere a Pordata num relatório.

Escolaridade

“Portugal é o país com menor percentagem de homens com pelo menos o ensino secundário e, no caso das mulheres, apenas Malta apresenta um valor mais baixo“.

Contudo, nos últimos anos, há mais mulheres a concluírem o ensino secundário do que homens e a diferença entre géneros neste indicador tem-se acentuado. “Em 2019, esse valor sobe para 56,1% entre as mulheres e para 47% entre os homens”, pode ler-se.

As mulheres também se tornaram a maioria no que toca à formação superior e avançada. No ano passado matricularam-se nas universidades 214.731 mulheres e 182.178 homens. Também no final são mais elas que concluem o ciclo de estudos.

Apesar da maior formação, isto não se traduz necessariamente em melhores condições de emprego, pelo contrário.

“A taxa de emprego dos homens tem sido superior à das mulheres, embora a diferença entre sexos tenha registado uma redução até 2012, ano a partir do qual se fixou em torno dos 7 pontos percentuais. Nos últimos 5 anos, Portugal está entre os 14 países da UE27 que viram aumentar esta diferença na taxa de emprego entre homens e mulheres”.

Cerca de um quarto das mulheres portuguesas inativas em Portugal em 2019 estavam nesta situação devido a “responsabilidades familiares”, uma razão que no início do século era invocada por quase 40% dos casos. “Em contrapartida, esta justificação nunca superou os 4% entre os homens inativos.”

Há ainda profissões onde tipicamente a mulher não entra: é o caso das polícias e dos docentes do ensino superior.

Mulheres na política

Como avança o ECO, as mulheres representam 33% dos assentos nos Parlamentos nacionais da UE em 2020. Com 40% de mulheres, Portugal empata com Áustria e Dinamarca na quinta posição.

Portugal é um dos países da União Europeia (UE) com mais mulheres no Parlamento e no Governo. Os dados do Eurostat divulgados este domingo, véspera do Dia Mundial da Mulher, indicam que um em cada três membros dos Parlamentos e Governos da União Europeia são mulheres. Não há, no entanto, nenhum país que atinja a paridade.

A percentagem mais elevada (próxima de 50%) encontra-se na Suécia, seguindo-se a Finlândia (46%), Bélgica (43%) e Espanha (42%). Na ponta oposta estão a Hungria e Malta, ambos com apenas 13% de representação feminina no Parlamento. Com 40% de mulheres, Portugal empata com Áustria e Dinamarca na quinta posição.

Relativamente aos membros dos governos, também tem havido uma evolução positiva nos últimos anos no que diz respeito à percentagem de mulheres em cargos de ministras e secretárias de Estado.

A Finlândia tinha, no ano passado, a maior presença feminina, em 55% dos membros do Governo. Áustria (53%), Suécia (52%) e França (51%) tinham também mais mulheres do que homens. Também neste caso Portugal está acima da média, com 39% do Governo a serem mulheres. Já Malta (8%), Grécia (11%) e Estónia (13%) são os países no fim da lista.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Realmente há uma grande diferença no trabalho entre homens e mulheres. As mulheres não querem trabalhar nas “obras”! São sempre os homens a serem escravizados na construção civil! Já alguma vez viram uma mulher a meter sacos de cimento na betoneira?? Ou a aplicar betão projectado?? Isso! Elas querem é telemóveis! A igualdade de género é só para o que mais lhes convém!

    • E muito cuidado com aqueles rapazes simpáticos. Dia da mulher é a 8 de dezembro!! Dia 8 de março é dia das operárias.

  2. Então, ninguém responde? Onde andam os democratas do PCP, do BE e do PAN?? Apareçam e digam qualquer coisa… sem ser a treta do costume.

  3. Tudo muito floriado mas quando e preciso pegar no batente, o homem tem de chegar se a frente. Muitas mulheres gostam de mostrar se fortes.
    Sociedade nao pode e nao deve ser toda igual, nao e da natureza humana.
    Homens normalmente sao fisicamente mais fortes do que maioria das mulheres, no entanto existem mulheres com fisico parecido com homens e essas podem fazer tarefas como nos.
    Normalmente as mulheres sao mais frageis, mas nao o todo.
    Para tarefas de casa, de empresas e ensino, enfim todas tarefas leves uso intelectual o genero nao conta, somos todos praticamente iguais…
    Mulher que e mulher sabe o que fazer e como devem dividir tarefas. Problema e que nao somos todos iguais e com educacao e culturalmente difrentes.

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …