Portugal usa 4 vezes mais luz por candeeiro do que a Alemanha. É o país europeu com mais poluição luminosa

Portugal é o pior país da Europa em poluição luminosa, no que respeita ao fluxo luminoso per capita e fluxo luminoso por produto interno bruto (PIB).

Esta é uma das conclusões de um artigo publicado na revista Journal of Environmental Management com o título: “Poluição luminosa nos EUA e Europa: os bons, os maus e os feios”. Portugal merece várias referências particulares no estudo por maus motivos.

Um deles, no capítulo das disparidades observadas na Europa, é o facto de usarmos um fluxo de luz em média quatro vezes superior ao utilizado na Alemanha ou na Suíça.

Os investigadores usaram os dados do Novo Atlas Mundial de Brilho Artificial do Céu Nocturno, divulgado em 2016, e comparam os níveis de poluição luminosa e o fluxo de luz com o tamanho da população e PIB nos vários estados norte-americanos e em vários países e regiões na Europa.

“Encontrámos diferenças até 6.800 vezes mais entre as regiões mais e menos poluídas da Europa, até 120 vezes mais no seu fluxo de luz per capita e até 267 vezes mais no fluxo por unidade do PIB”, escrevem no artigo, de acordo com o Público.

No entanto, as maiores diferenças identificadas foram entre os condados dos EUA: diferenças até 200 mil vezes na poluição do céu, até 16 mil vezes no fluxo de luz per capita e até 40 mil vezes no fluxo de luz por unidade de PIB. “Estes resultados podem informar os decisores políticos, ajudando a reduzir o desperdício de energia e as consequências ambientais, culturais e de saúde adversas associadas à poluição luminosa”, concluem.

Segundo os cientistas, as diferenças notadas entre países são muito importantes. “A Alemanha, por exemplo, aparece consistentemente muito bem em todas as classificações, enquanto Portugal e os EUA tendem a ter um desempenho fraco”, referem.

No primeiro parágrafo das conclusões insistem no mau comportamento de Portugal: “Na presente análise, descobrimos que existem grandes diferenças nos parâmetros estudados entre a Europa e os EUA como, por exemplo, os EUA tendo quase três vezes o fluxo per capita em comparação com a Europa. Encontrámos também diferenças entre países dentro da União Europeia (por exemplo, Portugal com quatro vezes o fluxo per capita da Alemanha) e dos EUA (por exemplo, Dakota do Sul com cinco vezes o fluxo per capita em comparação com Nova Iorque)”.

“Diferenças maiores são encontradas entre as unidades administrativas menores, em parte devido a diferenças nas densidades populacionais, presença de plantas industriais, mas também devido a diferentes hábitos de iluminação com os alemães a usar menos luz nas cidades em comparação com Portugal, Espanha, Itália e Grécia.”

Numa das tabelas do artigo, onde se apresenta o desempenho de 1359 unidades territoriais (as NUTS3) da Europa, a maior parte das regiões portuguesas encontra-se nas 50 com pior resultado.

O investigador Raul Cerveira Lima, que não participou neste estudo assinado por uma equipa internacional com cientistas dos EUA, Itália e Israel, resume: “Em Portugal, usamos em média quatro vezes mais luz por candeeiro do que a Alemanha ou a Suíça. Isto dá que pensar.”

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Vocês são bons…
    A apresentar rankings onde Portugal aparece mal…
    No Brasil, também fazem assim?
    Dá que pensar, não dá?

    • Não defendo quem escreveu a notícia, mas como astrónomo amador, dou razão à peça! O pior e maior inimigo de todo o astrónomo ou astro-fotógrafo é a poluição luminosa, além da poluição ambiental. Nas cidades e até nas vilas com iluminação pública, não se vislumbra planetas, estrelas, galáxias, constelações, etc.. Quem quer ver e estudar o céu e o Universo, tem de deslocar-se para locais totalmente isentos destes tipos de poluição para poder desfrutar de um céu negro.

    • Por que eles comparam com os outros países da Europa? Não da nem pra chamar de Europa, Portugal não tem jada haver com Europa, um país q não tem nem troco pra cem euros e com salário mínimo de 600 euros…? Mas o pior mesmo é querer comparar com a potência que é o Brasil!

      • Brasileira de rabo gordo a falar alto nos corredores do shopping e a ostentar os seus 100 euros. Reconheci-te o estilo.
        Nessa “potência” que é o Brasil, o salário mínimo é 220 euros, sabes?
        E até chega, porque podes comprar os teus “tênis” em 12 suaves prestações – não precisas de pedir troco de 100.

    • Caro leitor,
      Nós apresentamos os rankings e as notícias que há, sejam bons ou maus para A ou B, ou o seu contrário, e independentemente de quem goste ou deixe de gostar de os ler.
      Até gostamos mais de apresentar rankings floridos em que “Portugal aparece bem”, porque têm normalmente mais leitores.
      Mas não é porque alguém ironiza com a nossa qualidade e diz que dá que pensar, que deixaremos de dar os factos, as notícias e os rankings que muito bem entendermos.
      Porque essa é mais das muitas facetas da intolerável pressão a que recorrentemente somos sujeitos, para publicar ou deixar de publicar o que interessa ou deixa de interessar – e perante a qual traçamos uma linha vermelha muito vincada.

RESPONDER

Incapacitar uma única proteína pode "curar" a gripe

Desabilitar uma única proteína das nossas células pode ser a solução para "curar" a gripe. Os testes realizados em ratos foram bem sucedidos, pelo que pode ser um indicador positivo de progressos nesta área. Encontrar uma …

Detetada a estrela de neutrões mais massiva alguma vez encontrada

Observações com o telescópio Green Bank revelaram a estrela de neutrões mais massiva até ao momento, chamada J0740 + 6620. De acordo com a revista especializada Nature Astronomy, onde foi descrita a descoberta, é um pulsar …

Portugueses criam nanomateriais feitos de algas para despoluir água

De algas abundantes no litoral de Portugal, investigadores da Universidade de Aveiro extraíram biopolímeros capazes de remover alguns poluentes da água, como antibióticos ou herbicidas. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que …

O novo Oumuamua pode ter sido captado numa fotografia a cores

Os astrónomos do Observatório Gemini no Hawai tiraram a primeira fotografia do GB00234, agora rebatizado para C/2019 Q4 Borisov, um objeto que pode ser o segundo corpo celeste interestelar a entrar no Sistema Solar. A imagem …

Volkswagen revela o novo ID.3, "o carro elétrico do povo"

https://vimeo.com/360579859 No Salão Automóvel da Frankfurt, a Volkswagen revelou o novo ID.3, o seu primeiro carro elétrico. Com um preço "abaixo dos 30 mil euros", é tido como acessível para as massas. A revolução dos automóveis elétricos …

Benfica 1-2 Leipzig | Águias sem asas para o Leipzig

O Benfica arrancou a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões 2019/20 da pior forma, com uma derrota caseira por 2-1. A formação “encarnada” recebeu o Leipzig e nunca conseguiu dominar o futebol …

A faca, o casaco, a secretária e outros objetos de Anthony Bourdain vão a leilão

Uma faca feita a partir de um meteorito, um casaco personalizado da marinha norte-americana e uma prensa para ossos de pato são três dos 215 objetos de Anthony Bourdain que vão ser colocados à venda …

Já vai poder dormir no castelo de "Downton Abbey" (mas com algumas condições)

O castelo de Highclere, que os fãs da série Downton Abbey conhecem como a casa da família ficional Crawley, está a receber hóspedes. O conde de Carnarvon resolveu abrir as portas a apenas dois convidados, a …

Tinder produz a sua primeira série de televisão (e é “apocalíptica”)

A aplicação de encontros Tinder já terminou as filmagens da sua primeira série de televisão no âmbito da intenção do seu proprietário, o Match Group, de aprofundar a criação de conteúdos originais. Fazer novos programas faz …

Sondagens à boca das urnas mostram empate técnico entre Netanyahu e Gantz

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e Benny Gantz, antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas que lidera a coligação centrista, estão numa situação de empate técnico nas primeiras sondagens à boca das urnas. Esta terça-feira, …