Portugal está mal preparado para controlar a vespa asiática

el chip / Flickr

A vespa asiática

A vespa asiática

A Quercus considera que as autoridades portuguesas estão mal preparadas para enfrentar a vespa asiática, com a maior parte das medidas previstas sem concretização, e pede um plano de conservação das vespas autóctones e bolsas de investigação.

O “Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa velutina em Portugal”, elaborado pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, “peca essencialmente por falta de implementação“, salienta um comunicado da Quercus.

Mas, para a associação ambientalista, o documento levanta também várias questões importantes que podem pôr em causa a sua eficácia e a proteção da biodiversidade em Portugal, pelo facto de a vespa asiática atacar as abelhas.

A associação de defesa do ambiente alerta que está em curso, em Itália, o início de mais uma praga para a apicultura, o pequeno escaravelho das colmeias, e apela às autoridades portuguesas para que acompanhem o progresso desta espécie invasora, para “prevenção, preparação atempada e não de remediação”.

Passados 10 anos do aparecimento, em França, da vespa velutina nigrithorax, ou vespa asiática, e três anos depois da sua chegada a Portugal, a Viana do Castelo, “as autoridades tardam em implementar um plano eficaz de luta contra esta espécie invasora”, havendo já uma “invasão descontrolada“, com muitas colmeias afetadas.

Atualmente, a vespa já está instalada nas regiões do Douro Litoral e Minho e continua a progredir para sul e este, de acordo com a Quercus.

A revisão do plano de ação, apresentada recentemente, suscitou dúvidas à Quercus pois, “apesar de fazer uma boa análise da situação e de como agir, não apresenta datas de concretização, metas e responsabilidades bem definidas”, e o site que o integra ainda não está a funcionar.

Outra preocupação relaciona-se com o “desconhecimento e descoordenação das câmaras municipais”, que são responsáveis pela destruição dos ninhos das vespas asiáticas.

Os ambientalistas defendem um plano de conservação das vespas autóctones, que podem ser importantes no combate à vespa asiática, e sugerem uma maior aposta na prevenção, nomeadamente com a criação de bolsas de investigação específicas para as universidades desenvolverem formas de luta, por exemplo, armadilhas específicas para a vespa velutina.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país. De acordo com …

Vladimir Putin vai poder governar a Rússia até 2036

Os eleitores russos devem aprovar, com larga maioria, as emendas constitucionais que permitem ao Presidente Vladimir Putin concorrer a outros dois mandatos, de acordo com os primeiros resultados do referendo. A Comissão Central de Eleições disse …