FC Porto pode precisar de perdão da UEFA para não falhar competições europeias

Hugo Delgado / LUSA

Com o fantasma de uma eventual falha no cumprimento do fair play financeiro a pairar no Dragão, o FC Porto pode precisar de um perdão da UEFA para não falhar as competições europeias na próxima época.

A possibilidade de o FC Porto não vir a participar nas competições europeias na próxima temporada há muito que é falada. A preocupação adensa-se devido à pandemia de covid-19, que complica as contas do clube e aspirações de eventuais grandes vendas no mercado de verão.

Em causa está a situação financeira do clube, que pode ver o fair play financeiro roubar-lhe a presença na Liga dos Campeões ou Liga Europa. Os ‘azuis e brancos’ apresentaram um resultado negativo de 52 milhões de euros no primeiro semestre desta temporada. O clube justificou este prejuízo com a qualificação falhada para a Liga dos Campeões.

Se não houver ‘amnistia’ da UEFA por causa da covid-19, o FC Porto arrisca ficar fora das competições europeias em 2020/21. O clube tem de garantir transferências de jogadores que permitam pagar os 100 milhões de euros a que está obrigado pelo fair play financeiro. A notícia faz manchete, este terça-feira, na capa do Jornal i.

Para além do corte salarial de 40% devido à pandemia, que será eventualmente retribuído, a SAD portista anunciou que ia pedir em assembleia geral de obrigacionistas o adiamento por um ano do pagamento das obrigações no montante de 35 milhões de euros. O emblema do Dragão quer que a maturidade passe para 9 de junho de 2021, escreve o Sol.

Em abril, a SAD portista definiu uma nova estratégia para enfrentar o mercado e o fair play financeiro. A solução passa por vender, numa altura em que ninguém é intocável no plantel e que as portas estão abertas a propostas por qualquer um dos jogadores.

Entretanto, de acordo com o jornal A BOLA, o FC Porto vai aguardando por uma diminuição da pressão e alargamento do prazo da UEFA para atingir os valores necessários e evitar punições por incumprimento financeiro.

Em comunicado emitido em março, os ‘dragões’ desmentiram que a presença do clube na edição da próxima época da Liga dos Campeões esteja em risco devido aos resultados financeiros da SAD e à quebra do fair play financeiro.

“Face a declarações falsas difundidas na Comunicação Social, a Futebol Clube do Porto – Futebol SAD esclarece que a presença da sua equipa profissional de futebol na edição 2020/21 da Liga dos Campeões depende exclusivamente dos resultados desportivos da época em curso”, lê-se na nota divulgada.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Penso que é altura do pintinho dar lugar a outro. Como é que depois de tantos títulos internos e a nível internacional, depois de vendas de jogadores por milhões e milhões o FCP ter chegado a este ponto?
    Há quem diga que muitos comem, família e tudo e que há ofshores nas transações. Será por aí o problema? Os que gerem ricos e o clube pobre?!

    • A quem interessa que o FCP não vá aliga dos campeões? Certamente que a nenhum português, a não ser que seja dos tais que tem vergonha em ser Português.

      • Interessa a qualquer pessoa que goste do futebol como um espetáculo dentro de campo. E não as rivalidades mesquinhas fora do campo.

        As regras do Fair Play financeiro existem para evitar que os clubes se endividem para lá do que podem pagar, só para ter vantagem dentro de campo e desta forma existir mais competitividade quer a nível nacional, quer a nível internacional.
        Essa competitividade e organização financeira que permite ao Braga estar a subir.

        Não se pode permitir que clubes como o sporting que passa a vida a ser perdoado de dividas aos bancos e a ter planos de pagamento cada vez mais alargados se permita gastar o que gastou para ir buscar o treinador do Braga, desta forma lesando o Braga a meio da época.

        Quanto a piada de ser português, estás enganado, essa filosofia de que se o Porto não for ficamos prejudicados, é conversa para Inglês ver, se o Porto não puder ir, vai outro clube Português, não perdemos o ticket de entrada, simplesmente o Porto não a pode comprar…

        Temos mais clubes em Portugal, o futebol não é só Porto, Benfica e Sporting.

  2. aonde é que então está a gerençia do Pintinho da costa, devia ter dinheiro nos cofres, mas está no bolso dele do filho e comparsas, tantos titulos blá blá…

NASA revela que há água na Lua

A NASA revelou, esta segunda-feira, que foi encontrada água em forma de gelo numa superfície da Lua. Os investigadores apontam ainda para a possibilidade de existirem múltiplos depósitos subterrâneos na Lua onde esteja armazenada água …

Itália volta a disputar a fronteira do Monte Branco com França

Depois das autoridades francesas imporem medidas restritivas que afetaram o território italiano, o país reacendeu uma disputa antiga com França. Em causa estão os direitos de fronteira do Monte Branco. Luigi Di Maio, ministro das Relações …

Maior queda do mês no preço dos combustíveis. Gasóleo atinge mínimos de 4 meses

A partir de hoje os preços dos combustíveis irão baixar, e esta será a maior queda do mês. No que diz respeito ao preço da gasolina, esta deverá cair um cêntimo para 1,387€ por litro. …

Mais de 500 detidos nos protestos contra Lukashenko. Segue-se a greve geral

A greve geral anunciada pela líder da oposição bielorrussa no exílio para exigir a saída do Presidente começou, esta segunda-feira, com protestos tímidos e detenções em todo o país. "O prazo para cumprir as exigências do …

Polacos protestam contra acórdão que torna o aborto quase impossível

Milhares de polacos têm-se manifestado, nos últimos dias, contra a proibição quase total do aborto, quando as leis do país estavam já entre as mais restritivas da União Europeia. Na última quinta-feira, o Tribunal Constitucional polaco …

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …