Porfírio Silva vê “papel positivo” na candidatura de Ana Gomes, mas critica farpas a Costa

Porfírio Silva / Facebook

O deputado socialista Porfírio Silva

O dirigente socialista Porfírio Silva considera que a candidatura presidencial de Ana Gomes pode ser positiva se não cair na “armadilha” de se centrar no ataque a António Costa e se não “atropelar” o Estado de Direito.

Porfírio Silva, membro do Secretariado Nacional do PS, defende que o espaço político do seu partido se deve fazer representar nas eleições presidenciais de 2021. A sua opinião foi revelada numa “carta aberta” que dirigiu a Ana Gomes e publicou no seu blogue Machina Speculatrix.

Neste texto, Porfírio Silva, também vice-presidente da bancada socialista, volta a criticar uma estratégia no sentido de o PS “declaradamente ou por não se posicionar” apoiar a eventual recandidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa e diz acreditar que a candidatura de Ana Gomes “pode ter um papel positivo” na representação do socialismo democrático nesse ato eleitoral.

O apoio do PS à candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa “abriria um novo espaço à direita mais à direita. Ofereceria à extrema-direita o bónus de ser a principal novidade das eleições presidenciais, o palco da campanha”, sustenta Porfírio Silva no seu texto. “Já vimos noutros países o preço que se paga por pensar que a extrema-direita é útil para enfraquecer a direita democrática”.

Não podemos enganar-nos de adversários, nem enganar-nos de causas. Nem ceder ao facilitismo de saltar por cima do Estado de direito, barreira contra a incivilidade”, adverte, contudo, Porfírio Silva.

O membro do Secretariado Nacional do PS justifica depois à ex-eurodeputada o que o leva a traçar aquelas duas linhas vermelhas.

“Tudo isto me interessa, como socialista, pelas simples razão de não tencionar votar em qualquer candidato da direita – poderia fazê-lo se fosse necessário para travar um candidato neofascista, mas não creio que estejamos nessa contingência – e de não querer votar em candidatos que se apresentam contra o projeto europeu”, diz, aqui numa alusão às candidaturas do comunista João Ferreira e da bloquista Marisa Matias.

Na perspetiva do dirigente socialista, “Ana Gomes aparece, aos olhos de alguns, como uma candidata da esquerda do PS“.

“Mas não vejo que a sua candidatura possa ser aglutinadora se persistir numa tónica muito presente nestes primeiros dias da sua condição de candidata, que consiste em falar como se tivesse vindo principalmente para atacar o líder do PS e atual primeiro-ministro. Alguns apareceram publicamente a apoiá-la com a justificação de ser necessário fazer frente a António Costa”, refere.

Também de acordo com Porfírio Silva, entre os que manifestaram apoio à candidatura presidencial da ex-eurodeputada socialista, “até houve quem acrescentasse que o problema de Marcelo Rebelo de Sousa é ser demasiado próximo de António Costa, esperando que Ana Gomes corrigisse isso”.

“Espero que não se repita a tentação das últimas presidenciais quando alguns no PS viram a candidatura de Maria de Belém como uma oportunidade para atacar o PS e a sua direção, tentando manipular uma eleição presidencial para um mesquinho ajuste de contas. Seria conveniente que se tornasse claro que Ana Gomes não cai em armadilha semelhante”, salienta o membro da direção do PS.

Nesta carta, Porfírio Silva rejeita a acusação de que António Costa tenha mandado calar o PS em matéria de eleições presidenciais”.

“Uma coisa é solicitar aos membros do Governo que não confundam as suas funções com o debate pré-eleitoral; outra, bem diferente, seria solicitar aos socialistas que não se envolvam no debate, o que não aconteceu. Aliás, este debate já começou nos órgãos do PS, os quais, certamente, serão chamados a decidir oportuna e atempadamente sobre esta matéria importante para a nossa democracia”, argumenta.

Porfírio Silva reconhece depois que a presença de Ana Gomes no espaço público “tem bandeiras, bandeiras relevantes como a dos direitos humanos”.

“Mas precisamos conhecer melhor como traduz, para estes tempos, uma mensagem renovada do socialismo democrático aos portugueses. Coisa que, em minha opinião, não resulta daquilo que conhecemos da sua intervenção pública. Politicamente, as presidenciais não podem ser apenas um choque de paixões. Têm de ser um espaço de renovação da esquerda democrática”, defende o vice-presidente da bancada socialista.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo Banco. Carlos Costa pede para ser ouvido por videoconferência devido à sua idade e saúde

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, pediu à comissão de inquérito sobre o Novo Banco para ser ouvido remotamente, por videoconferência, devido à sua idade e fragilidades de saúde, segundo informação enviada …

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês já está traçado

O futuro dos 28 arguidos da Operação Marquês, incluindo o do antigo primeiro-ministro José Sócrates e o do banqueiro Ricardo Salgado, está decidido. Uma fonte judicial adiantou ao Expresso que só o juiz Ivo Rosa conhece …

Portugal "não está livre de uma quarta vaga" de contágios quando desconfinar

Na quarta-feira, Graça Freitas admitiu que Portugal pode voltar a enfrentar uma nova vaga da pandemia de covid-19 nos próximos meses. O epidemiologista Manuel Carmo Gomes repete o alerta da diretora-geral da Saúde. Portugal pode enfrentar …

PCP propõe estender moratórias por seis meses. BE quer ouvir Centeno

O PCP quer estender as moratórias bancárias, que vão terminar dentro de algumas semanas, por seis meses. O Bloco de Esquerda entregou um requerimento, com carácter de urgência, para ouvir o Governador do Banco de …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades, mas não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Átomo extinto revela segredos da infância do Sistema Solar

Usando o átomo extinto nióbio-92, uma equipa de investigadores da ETH Zurich, na Suíça, conseguiu explicar eventos do início do sistema solar com a maior precisão de sempre. Se um átomo de um elemento químico tiver um …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Espanha vai proibir viagens durante a Páscoa. França, Hungria e Brasil com novas restrições

Espanha prepara-se para aprovar um plano de desconfinamento para as próximas semanas, particularmente para a Páscoa, que prevê a proibição de viajar entre as suas comunidades autónomas e recolher obrigatório entre as 22h00 e as …

FBI detém funcionário de Donald Trump pela invasão ao Capitólio

O Departamento Federal de Investigação (FBI) deteve na quinta-feira um funcionário do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump pela invasão ao Capitólio a 6 de janeiro, noticiaram os media norte-americanos. Trata-se de Federico Klein, um homem …