Polícia britânica identificou mais seis crianças inglesas atacadas no Algarve

Elza Fiúza / ABr

-

A polícia britânica revelou esta quarta-feira ter identificado mais seis casos de crianças inglesas atacadas sexualmente no Algarve, reforçando a convicção de que terá existido um pedófilo nos anos próximos ao desaparecimento de Madeleine McCann.

Estes casos foram descobertos após um apelo público feito através da comunicação social, em março, relacionado com outros 12 casos assinalados anteriormente e que o detetive inspetor-chefe Andy Redwood disse hoje terem um “número suficiente de características em comum”, nomeadamente o método ou hora, para fazer acreditar que estejam relacionadas.

“O intruso não força a entrada nas casas e nada ou quase nada foi roubado”, referiu num encontro com jornalistas, aos quais revelou que desde março receberam mais de 500 novos telefonemas.

Ao todo, a Scotland Yard tem registo de 18 casos que envolvem crianças inglesas caucasianas com idades entre os seis e 12 anos, dos quais nove foram ataques sexuais concretizados e três estiveram quase, mas não chegaram a acontecer.

Três tiveram lugar na Praia da Luz, entre 2005 e 2010, cinco no Carvoeiro, entre 2004 e 2006, nove entre a Praia da Galé, Vale de Parra e São Rafael, no concelho de Albufeira, entre 2004 e 2008, e um em Vilamoura, em 2005.

Casos não reportados

Andy Redwood, que chefia a “Operação Grange“, a investigação do desaparecimento de Madeleine McCann a cargo da Polícia Metropolitana britânica, adiantou que quatro dos casos não tinham sido reportados às autoridades portuguesas e mostrou-se interessado em saber pormenores sobre um incidente em particular, verificado no centro da Praia da Luz com uma criança de 10 anos.

“Não voltei a Portugal desde o último apelo, em março. Claramente, uma das coisas que estarei interessado em fazer no próximo encontro com a equipa de investigação [da Polícia Judiciária] do Porto é saber o que fizeram com toda esta informação”, afirmou.

O responsável garantiu que todas estas novas descobertas foram partilhadas com a PJ, mas que só teve acesso a alguns dos processos de investigação das autoridades portuguesas, e admitiu que existam processos “perdidos” nas polícias locais que não sejam conhecidos pela PJ.

“Queremos consultar todos os processos para acrescentar à nossa investigação”, justificou.

Modus operandi idêntico

Na altura do apelo público feito pela Scotland Yard em março, fonte da PJ confirmou que a pista de um alegado pedófilo “corresponde à linha de investigação descoberta pela equipa da PJ liderada por Helena Monteiro” e que “a reabertura do inquérito” judicial surgiu na sequência da investigação de um suspeito.

“Essa linha de investigação foi dada a conhecer à polícia inglesa e aos pais de Maddie [Gerry e Kate McCann], em reunião realizada em outubro de 2013, nas instalações da PJ, em Lisboa”, referiu.

Esclareceu ainda a fonte que “o inquérito continua aberto e a PJ prossegue a investigação com a reserva e discrição que a tem caracterizado”, acrescentando que “a identificação de cinco situações com idêntico modus operandi permitem admitir como possível que estes crimes tenham sido cometidos pelo mesmo autor e que este possa estar relacionado com o desaparecimento de Madeleine”.

Em outubro, a Scotland Yard deu conta de uma série de linhas de investigação e retratos-robô, nomeadamente de um homem visto a transportar uma criança pequena nos braços na noite do desaparecimento na Praia da Luz e de uma série de homens de cabelo claro vistos a rondar as imediações do apartamento onde a criança inglesa estava alojada

Porém, não obteve qualquer informação que permitisse esclarecer aqueles avistamentos, nem descobrir quem levou a cabo uma série de roubos no complexo turístico naquele ano.

Madeleine McCann desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos, a 3 de maio de 2007, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico na Praia da Luz, no Algarve.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério Público pede suspensão de funções de Mexia e Manso Neto na EDP

O Ministério Público pediu, esta sexta-feira, a suspensão de funções do presidente da EDP, António Mexia, e do administrador Manso Neto. A notícia é avançada pela SIC Notícias, que dá conta de que a promoção das …

Polícia australiana desmantela rede de pedofilia e resgata 14 vítimas

A polícia australiana anunciou esta sexta-feira que desmantelou uma rede de pedofilia que distribuía fotografias e vídeos de abuso sexual de crianças na Internet, tendo resgatado 14 das vítimas. De acordo com a agência Lusa, as …

Adiamento da reabertura em Lisboa pode levar centros comerciais à falência

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) alertou, esta sexta-feira, para a possibilidade de falências e desemprego em resultado da decisão do Governo de adiar a reabertura dos centros comerciais em Lisboa para 15 de …

Polícia empurra manifestante idoso em Buffalo. Vídeo causa indignação, mas protestos acalmam

Um vídeo gravado na cidade norte-americana de Buffalo, que mostra aquilo que parece ser um polícia a empurrar um manifestante idoso e a deixá-lo no chão a sangrar, aumentou esta quinta-feira a contestação contra a …

Cartão do Cidadão pode ser renovado por SMS a partir de 6 Junho

A renovação simplificada do Cartão de Cidadão por SMS vai estar disponível a partir de dia 6 de Junho, segunda uma nota do Ministério da Justiça (MJ). A medida envolve apenas as pessoas que não …

Na Suécia, quem tem sintomas de covid-19 pode fazer o teste gratuitamente

A Suécia vai fornecer testes de diagnóstico à covid-19 gratuitos a todas as pessoas que apresentem sintomas e realizar o rastreamento de contactos de todos os que estão infetados.  O anúncio surgiu esta quinta-feira, no mesmo …

Índia regista recorde de infetados com covid-19. Quase dez mil num só dia

A Índia registou outro recorde de novos casos de coronavírus, mais de 9.800 nas últimas 24 horas, período em que se contabilizaram 270 mortes, informou esta sexta-feira o Ministério da Saúde. A Índia regista agora 226.770 …

Países Baixos vão abater mais de 10 mil visons após suspeita de transmissão

As autoridades holandesas ordenaram o abate, a partir desta sexta-feira, de mais de 10 mil visons em unidades que fazem criação, depois da suspeita de transmissão do novo coronavírus a pessoas. No passado dia 28 de …

"Resposta à crise da pandemia tem que responder também à crise climática", diz BE

O Bloco de Esquerda (BE) defendeu esta sexta-feira que a resposta à crise pandémica também tem de ter soluções para a crise climática, considerando que a alternativa passa por criar emprego que responda às necessidades …

Desconfinamento do turismo. Costa anuncia abertura de fronteiras e novas rotas a 15 de junho

15 de junho é a data em que o turismo vai começar a desconfinar, com a reabertura de fronteiras e a reativação de rotas aéreas nos aeroportos portugueses. Esta sexta-feira, o primeiro-ministro anunciou que, no dia …