Terceiro resgate à Grécia poderá mesmo estar a caminho

matthew_tsimitak / Flickr

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

A possibilidade de um terceiro programa de assistência financeira à Grécia ressurgiu nos últimos dias, apesar de Bruxelas insistir que a prioridade é chegar a acordo para desbloquear os 7 mil milhões de euros do último programa ainda pendentes.

Desde 2010, a Grécia teve dois programas de resgate no montante total de 240 mil milhões de euros, tendo como credores a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI), mas face às dificuldades do país em financiar-se nos próximos meses, a ideia de um terceiro programa não é nova.

No ano passado, foi avançada a possibilidade de um novo empréstimo no valor de 10 mil milhões de euros, e na semana passada o jornal alemão Rheinische Post avançava com a hipótese de 20 mil milhões, citando fontes em Berlim, mas nos últimos dias o montante sugerido é mais elevado.

Na segunda-feira, o ministro das Finanças espanhol, Luis de Guindos, afirmou que tem havido discussões sobre um eventual programa e fontes próximas do governante espanhol avançaram que o montante em causa estaria entre 30 e 50 mil milhões de euros.

Também na segunda-feira, o vice-presidente da Comissão Europeia com o pelouro do euro, Valdis Dombrovskis, falou, numa entrevista à Bloomberg, na hipótese de um terceiro programa.

“A Grécia pode precisar de um mecanismo adicional após o fim do actual programa“, afirmou, acrescentando que a possibilidade de ficar apenas com uma linha de crédito é actualmente “menos provável” devido “à instabilidade financeira”.

As conclusões da reunião de ministros das Finanças realizada no passado dia 20 referem que os parceiros europeus mantêm o compromisso de apoiar a Grécia até que o país tenha pleno acesso aos mercados.

Os ministros das Finanças da zona euro, que voltam a reunir-se na segunda-feira, “não estão a discutir um terceiro programa de assistência”, disse esta segunda-feira à France Presse Simone Boitelle, porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijssebloem.

Uma porta-voz da Comissão Europeia, Annika Breidthardt, questionada hoje sobre o mesmo assunto respondeu que qualquer discussão sobre o que se segue “é prematura”, dado que o actual programa foi prolongado por quatro meses.

As instituições que emprestaram dinheiro à Grécia esperam por Abril para entregar os 7 mil milhões de euros ainda pendentes no quadro do actual programa, com o objectivo de avaliar previamente as reformas prometidas pelo governo liderado por Alexis Tsipras.

A Grécia terá ainda de encontrar uma solução para pagar cerca de 1,5 mil milhões de euros ao FMI em Março e 6,7 mil milhões de euros ao BCE no verão.

Segundo Olivier Garnier, economista-chefe da Société Générale, “o debate é agora muito mais sobre a necessidade de liquidez a muito curto prazo e para o ano de 2015″, uma questão que considera ter sido “um pouco negligenciada pelo Syriza”, a formação de esquerda radical liderada por Tsipras, que “pensava estar em posição de força devido ao excedente primário do país” e porque a perspectiva de uma saída da Grécia da zona euro “assustava”.

Na opinião do mesmo analista, o Syriza “já percebeu que agitar o espectro da saída da Grécia do euro leva à fuga de capitais e aumenta a necessidade de liquidez”.

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, prometeu hoje apresentar na próxima semana aos seus homólogos propostas de reformas que permitam desbloquear rapidamente a ajuda esperada.

Enquanto espera, a Grécia recebeu hoje uma boa notícia, o Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento (BERD) prometeu investir um montante “significativo” no país até 2020 para ajudar a relançar o crescimento.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné", disse …