Plantas do Ártico estão a crescer mais (e a culpa é das mudanças climáticas)

(dr) Anne D. Bjorkman

Salix arctica é um das espécies de arbustos dominante no Ártico

Uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, revelou que as plantas do Ártico estão a crescer mais devido às alterações climáticas.

De acordo com o novo estudo, publicado esta quarta-feira na Nature, apesar de o Ártico ser geralmente visto como uma vasta e desolada paisagem de gelo, é na verdade habitat de centenas de espécies de arbustos, gramíneas e outras plantas que desempenham um papel crítico no ciclo do carbono e no equilíbrio energético.

Os investigadores a concluíram que um dos efeitos das alterações climáticas é o aumento da altura das plantas na tundra ártica nos últimos 30 anos. Myers-Smith, uma das autoras do estudo, estima que, mantendo-se a tendência atual, a flora do Ártico pode duplicar a sua altura até ao fim do século.

“Este pode não parecer um aumento muito dramático, mas se o compararmos com os ecossistemas das florestas à volta das nossas casas – e se o seu tamanho duplicasse – isso seria mudança bem mais dramática”, elucidou a investigadora em declarações à BBC.

As conclusões do estudo, realizado por uma equipa de 130 biólogos de várias instituições científicas basearam-se em mais de 60.000 observações em centenas de locais no Alasca, Canadá, Islândia, Escandinávia e Sibéria.

De acordo com um comunicado da Universidade de Edimburgo, trata-se do estudo de plantas mais exaustivo até à atualidade na região do Ártico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Só uma dúzia de pessoas conhecem as perguntas dos exames nacionais

O primeiro exame nacional é de Filosofia do 11º ano. Quando chegar às mãos dos estudantes, o enunciado da prova já passou por várias fases, desde a elaboração, a impressão e a distribuição, em que …

Marcelo promulga compra do SIRESP. "Tudo o que acontecer será responsabilidade do Estado”

O Presidente da República promulgou o decreto-lei do Governo com vista à compra, pelo Estado, de 100% do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP). Marcelo Rebelo de Sousa alertou para as …

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …

Os humanos podem ter sido destinados a reinar sobre a Terra (e já sabemos porquê)

Se voltássemos atrás no tempo, a aleatoriedade dos eventos mudaria completamente o nosso caminho evolucionário. No entanto, os cientistas descobriram que os inúmeros trilhos possíveis poderiam não evitar que fossem os humanos a espécie dominadora. O …

Mau tempo nos Açores faz nove desalojados

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira, no domingo, devido ao mau tempo que está a afetar os grupos central e oriental dos Açores, informou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros …