Há uma planta que sangra metal (e pode ajudar a limpar solos contaminados)

(dr) Antony van der Ent

A Pycnandra acuminata é uma planta que sangra metal e pode ser uma esperança na luta pela preservação do meio ambiente, podendo ser usada ​​para “limpar” os solos em que há acumulação de material tóxico devido à atividade humana.

Ao contrário da maioria das plantas que não querem qualquer contacto com níquel e zinco, as “hiperacumuladoras” conseguiu, através da evolução, absorver elementos normalmente tóxicos nos seus caules, folhas e até sementes.

Mas há uma em particular que capta a atenção da comunidade científica. A Pycnandra acuminata cresce na ilha de Nova Caledónia, no sul do Pacífico, e os cientistas suspeitam de que esta planta pode vir a ser uma ferramenta muito útil na limpeza de solos contaminados ou para permitir que terras pobres em nutrientes voltem a ser férteis.

O látex desta planta tem uma cor azul-esverdeada exótica e uma concentração de até 25% de níquel. Os cientistas acreditam que o metal pode ser útil para a planta, que o usa muito provavelmente para se defender de insetos.

“A Pycnandra acuminata é uma árvore rara de floresta tropical de grande porte, que pode chegar a até 20 metros de altura“, explica o investigador Antony van der Ent, da Universidade de Queensland, na Austrália.

“Como objeto de estudo, esta planta é um desafio, porque cresce muito lentamente e leva décadas para produzir flores e sementes. Está ameaçada pelo desflorestação, resultado de atividades de mineração e queimadas”, disse à BBC.

A afinidade incomum da planta com o níquel foi identificada pela primeira vez na década de 1970, e desde então que a investigação sobre as plantas hiperacumuladoras se tem vindo a expandir.

Os cientistas ainda não sabem porque é que estas plantas evoluíram desta maneira, nem por que motivo se conseguiram desenvolver em condições tão adversas. “A evolução da hiperacumulação aconteceu em diversas etapas e em famílias muito diferentes, no decorrer de milhões de anos. Estas plantas são encontradas em solos naturalmente enriquecidos com metais”, diz van der Ent.

Ainda assim, alguns cientistas estão esperançosos de que as hiperacumuladoras possam ser usadas ​​para “limpar” os solos em que há acumulação de material tóxico devido à atividade humana.

Outra possível aplicação é a chamada fito-mineração – neste caso, a plantas hiperacumuladoras seriam usadas em solos pobres em nutrientes, mas ricos em metais, para extrair estes últimos elementos e permitir, por exemplo, que o solo fique mais fértil para a agricultura.

ZAP // BBC

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. A natureza é equilibrada e sábia. Mas a espécie humana INSISTE e PERSISTE em arruínar tudo isso, bem como comprometer a sua própria subsistência. Tudo aquilo que nos “ameaça”, seja para o mal ou bem, é aniquilado.

RESPONDER

Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos. Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, …

Porsche quer ser a primeira fabricante alemã a deixar o diesel

A Porsche quer tornar-se a primeira fabricante automobilística alemã a deixar o diesel, apostando em motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, em veículos elétricos, anunciou este domingo o presidente executivo da empresa. "Agora …

Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência. O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, …

Finalmente resolvido o mistério do assassino de gatos em Londres

Um dos mistérios criminais que intrigava a Inglaterra está finalmente resolvido. A conclusão é que, afinal, o famoso assassino de gatos de Croydon não existe. O mistério à volta da morte de mais de 400 gatos …

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …

NASA observa movimentos tectónicos recentes em Marte

A sonda Mars Express da NASA observou fissuras proeminentes em Marte causadas devido à ação de falhas tectónicas que atingiram a superfície do planeta há menos de dez milhões de anos. As imagens foram capturadas …

Mulher que acusa de abuso juiz nomeado por Trump para o Supremo aceita depor

Christine Blasey Ford, a mulher que acusou de agressão sexual o juiz Brett Kavanaugh, nomeado por Donald Trump para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, aceitou testemunhar perante o Senado, na próxima semana, disse neste …

Hubble deteta radiação nunca antes vista numa estrela de neutrões

Uma invulgar emissão de radiação infravermelha, de uma estrela de neutrões próxima, detetada pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA, pode indicar novas características nunca antes vistas. Uma possibilidade é que exista um disco poeirento em redor …