PJ investiga ameaças a estivadores de Leixões

A unidade especializada em crimes violentos da PJ está a investigar alegadas ameaças feitas aos estivadores do porto de Leixões, de forma a pressioná-los a aderirem à paralisação.

A unidade especializada em crimes violentos da Polícia Judiciária (PJ) está a investigar alegadas ameaças feitas aos estivadores do porto de Leixões que se recusam a participar na greve, pelo menos, às horas extraordinárias, noticiou esta segunda-feira o Jornal de Notícias.

Em causa estarão ameaças escritas, perseguições a estivadores em formação, invasão de instalações, esperas à porta de casa e avisos deixados nos para-brisas dos carros dos trabalhadores praticadas em contexto de greve. A Polícia Marítima, a PSP e a GNR já terão recebidos várias queixas-crime a reportar o sucedido.

O Sindicato de Leixões já enviou um documento aos grupos parlamentares da Assembleia da República a explicar as tensões existentes e a solicitar a intervenção dos deputados. No documento é referido que as primeiras ameaças surgiram pela primeira vez em 2016 nos portos de Lisboa, Figueira da Foz e Setúbal e agora repetem-se.

O clima de medo tem como objetivo pressioná-los a aderir à paralisação e não atinge apenas os estivadores, de acordo com os ameaçados. Um dos trabalhadores contou que os próprios dirigentes do sindicato de estivadores de Leixões e administradores da empresa de trabalho portuário são também alvo de ameaças e perseguições.

A paralisação no porto de Setúbal já dura há um mês e envolve pelo menos 90 trabalhadores que protestam contra a precariedade laboral praticada pela empresa Operstiva, mas não está a ter impacto noutros portos do país.

Ainda assim, a Federação Nacional de Trabalhadores Portuários acusa o Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística de querer eliminar outras estruturas sindicais e de protelarem a precariedade e a perseguição a alguns trabalhadores.

No porto de Leixões existem 207 trabalhadores responsáveis pela carga e descarga de navios, sendo que dois terços têm contratos de trabalhadores regulares.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da TAP fala em "fake news" sobre os enjoos nos aviões A330neo

Apesar de ter admitido os relatos de enjoos, o presidente da TAP, Antonoaldo Neves, disse que ainda não foi comprovada a correlação com os cheiros estranhos detetados. O presidente executivo da TAP falou esta quinta-feira por …

Iniciativa Liberal defende taxa única de IRS e liberdade de escolha da escola

Esta é a primeira vez que o partido concorre a umas eleições legislativas e, em declarações à agência Lusa, o presidente do partido e cabeça-de-lista pelo círculo do Porto, Carlos Guimarães Pinto, destacou algumas das …

Depois do veto de Marcelo, PSD chumba lei do lóbi

O grupo parlamentar do PSD vai votar conta as propostas de alteração do CDS e PS à lei do lóbi, fazendo cair o diploma. A 7 de junho, data da aprovação da lei do lóbi no …

Bloco defende fim das propinas na próxima legislatura

O Bloco de Esquerda vai propor o fim das propinas durante a próxima legislatura, anunciou esta quinta-feira, em Coimbra, a coordenadora nacional do partido, Catarina Martins, que defendeu também o financiamento plurianual para as universidades. “O …

Neto de Moura também processou outros juízes

O juiz Neto de Moura apresentou uma participação crime contra os juízes do Tribunal de Loures que absolveram um agente da PSP num processo apresentado pelo magistrado em 2012. Após os polémicos acórdãos sobre casos de …

PCP incita Parlamento a condenar ciganofobia do PAN

O grupo parlamentar do PCP apresentou um voto de condenação no Parlamento, que será votado esta sexta-feira, sobre a “atitude discriminatória e xenófoba” de uma representante do PAN para com a comunidade cigana na Moita, …

Computadores da PSP não têm acesso a base de dados de criminosos

Milhares de computadores da PSP estão sem acesso ao Sistema Estratégico de Informações (SEI), que permite controlar e gerir toda a atividade operacional diária da polícia, incluindo registos de ocorrências e identificação de suspeitos. O Jornal …

Os nossos antepassados acasalaram com pelo menos 5 espécies diferentes

A análise genética revelou que os ancestrais dos humanos modernos cruzaram com pelo menos cinco grupos humanos arcaicos diferentes quando se mudaram da África e passaram pela Eurásia. Embora dois dos grupos arcaicos sejam conhecidos atualmente …

A Loja do Gato Preto

Loja do Gato Preto suspeita de envolvimento em esquema de contrabando

Os sócios da Loja do Gato Preto e vários funcionários da empresa são arguidos numa investigação relacionada com suspeitas de contrabando e falsificação de documentos, no âmbito de importações de utensílios de mesa e cozinha …

PS alarga fosso em relação ao PSD (mas ainda está longe da maioria absoluta)

O PS segue destacado nas intenções de voto relativas às próximas legislativas, alargando o fosso em relação ao PSD de Rui Rio para quase 14 pontos percentuais, segundo a sondagem da Aximage divulgada esta sexta-feira. De …