“Pizzi não deu muito trabalho”, atira ex-FC Porto

Anatoly Maltsev / EPA

Ainda no rescaldo do jogo do Benfica contra o Zenit para a Liga dos Campeões, que os encarnados perderam por 3-1, Yordan Osorio, jogador do emblema russo e ex-FC Porto, revela que era importante travar Pizzi, notando, no entanto, que o médio “não deu muito trabalho”. 

“Somos fortes no contra-ataque, estivemos muito bem, compactos e unidos, e isso foi muito importante para conquistar a vitória”, referiu o central, citado pelo Sapo 24.

Osorio disse depois que era importante afastar Pizzi da grande área, notando, contudo, que esta não foi uma tarefa difícil. “É um grande jogador, com bastante qualidade. Era fundamental pará-lo. Não deu muito trabalho“, atirou Yordan Osorio.

Com a derrota da última quarta-feira, recorde-se, o Benfica somou a 12.º derrota nos últimos 15 jogos disputados para a Liga dos Campeões. Depois da derrota no jogo inaugural frente ao RB Leipzig, os encarnados voltaram a perder. Estão no último lugar do grupo G, que partilham com o Zenit (4 pontos), Lyon (4 pontos) e RB Leipzig (3 pontos).

O jornal O JOGO realça que a última vitória do Benfica fora de casa na Liga dos Campeões foi precisamente frente ao Zenit, na época de 2015/16. Na altura, venceram por 1-2, graças a uma reviravolta no marcador conseguida já perto do fim da partida.

O desaire desta semana não só é negativo para o clube, como também para o próprio país. Caso vencesse, Portugal tinha a oportunidade de ultrapassar a Rússia no ranking da UEFA.

Bruno Lage assumiu a responsabilidade na derrota e realça que os três golos derivam de três erros da equipa. “São erros individuais e coletivos e acima de tudo do treinador, eu é que escolhi o onze e estratégia, assumo o que se passou em campo“, disse o técnico benfiquista, citado pelo desportivo Record.

Por sua vez, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, mostra-se otimista na campanha europeia do clube. Ainda assim, admitiu que se sente envergonhado pela atual situação do clube nas competições europeias.

“Como podem imaginar, qualquer benfiquista está super descontente e chateado. Para não dizer que estamos bastante tristes. Naquele balneário onde estão os jogadores — e já lhes foi dito — é expressamente proibido pensar que estamos derrotados. De certeza que esta equipa tem valor para fazer mais e melhor. Nestes quatro jogos que faltam, de certeza que iremos lutar até ao limites daquilo que acreditamos que somos capazes de fazer, pelo valor que eles têm”, disse aos jornalistas.

“A todos os benfiquistas, devemos dizer que estamos tristes para não dizer envergonhados mas nestas alturas é que temos de assumir e levantar bem a cara e acreditar sempre naquilo que estamos a fazer e preconizamos para o futuro do Benfica”.

“Temos a certeza que estamos no caminho certo do que pretendemos. Fomos derrotados mas faltam quatro jogos, temos força e suficientemente qualidade para fazer muito melhor do que o que fizemos e lutar em qualquer campo”, concluiu.

ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …

"Foi uma vergonha". PS em choque com saída de Jamila e com o poder de Temido

A saída de Jamila Madeira do cargo de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, a pedido da ministra Marta Temido, deixou alguns socialistas "arrepiados" e há um desconforto interno com a situação. É mais …