Pílula que previne a SIDA pode ser 100% eficaz

killerhippie / Flickr

-

A Truvada é a primeira pílula para a prevenção da SIDA e tem obtido resultados notáveis entre alguns grupos de risco.

Esta é a primeira pílula que previne a SIDA por ser uma profilaxia pré-exposição ao Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), ou seja, uma estratégia de prevenção conhecida como PrEP.

Desenvolvida pela Gilead Sciences, Truvada reduz o risco de contágio da doença e foi aprovada pela Administração de Drogas e Alimentos Americana em julho de 2012.

A pílula não cura a doença, sendo o seu principal alvo os indivíduos não infetados que se envolvam sexualmente com parceiros que têm a doença.

Quando a pessoa é exposta ao VIH, dois medicamentos anti-retrovirais chamados tenofovir e emtricitabina contidos na pílula, evitam que o vírus se estabeleça de uma forma permanente.

Inicialmente, a pílula foi criticada pelo seu potencial de estimular sexo inseguro, dando uma falsa sensação de segurança.

Gilead Sciences

Truvada, pílula que previne a SIDA

Truvada, pílula que previne a SIDA

No entanto, um estudo internacional, publicado na revista PLOS One, analisou a compensação de risco sexual em pessoas que usavam PrEP e descobriu que havia, de facto, uma maior tendência ao sexo seguro.

Desenvolvido em São Francisco, uma equipa de investigação analisou 657 pessoas, sendo que a maioria eram homens gays ou bissexuais, ao longo de 32 meses.

Apesar das altas taxas de infeções sexualmente transmissíveis entre os participantes, bem como alguns comportamentos de risco como o uso de drogas injetáveis e a diminuição do uso do preservativo, não houve novas situações de contágio entre a amostra de participantes.

O mais surpreendente chega a ser que os participantes contraíram outras doenças sexualmente transmissíveis como, por exemplo, clamídia, gonorreia e sífilis mas não SIDA.

“Este é um dado muito reconfortante”, disse Jonathan Volk, responsável pelo estudo, ao jornal The New York Times.

“O estudo mostra que a PrEP funciona mesmo numa população de alto risco”, acrescenta.

A pílula consegue ser ainda mais eficaz quando é combinada com a utilização do preservativo e testes de DST frequentes.

Este foi um estudo observacional que, normalmente, não é considerado tão cientificamente rigoroso como outros ensaios clínicos. Para além disso, os investigadores não sabem ao certo se os participantes tomaram a pílula de uma forma regular.

Porém, Volk considera que esta é uma “outra linha de defesa”. “Não acho que seja certa para todos mas para quem precisa dela, funciona”.

HypeSience

PARTILHAR

RESPONDER

A Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a nossa história

https://vimeo.com/349508365 Muitas pessoas olham para a tecnologia como a ameaça que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a nossa cultura, linguagem e história. O projeto "AI for Good", …

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema …

Barbie alia-se à ESA para mostrar que as mulheres também podem ser astronautas

A Barbie e a Agência Espacial Europeia (ESA) deram as mãos para incentivar as crianças a tornarem-se na próxima geração de astronautas, engenheiras e cientistas espaciais, realçando as conquistas da única astronauta viva da Europa, …

Filho de Júlio Iglesias e portuguesa querem a sua parte da herança, que pode chegar aos 30 milhões

Agora que foi reconhecido, pelo tribunal, como filho de Júlio Iglesias, Javier Sánchez quer ter direito à sua parte da herança - 30 milhões de euros - e a uma indemnização por danos morais. Segundo divulgou …

Na terceira semana de julho contam-se cisnes no rio Tamisa (e é um assunto real)

Há vários séculos que contar cisnes no rio Tamisa é um assunto sério e real. Swan upping é o nome desta tradição que conta com a participação da coroa britânica. A tradição manda: na terceira semana …

Ciborgues vão dominar a Terra até ao final do século XXI, diz cientista

A ideia de que as máquinas com inteligência artificial irão coexistir, dominar ou até mesmo destruir a humanidade tem ganho destaque na ficção científica. Esta ideia está presente e tem ganho grande popularidade como, por exemplo, …

Concorrência acusa associações de anunciantes e de agências de publicidade de violarem regras de mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing (APAP) "de limitarem o normal funcionamento do mercado ao estipularem uma regra …

Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta …

KLM citou estudo sobre lugares onde é mais provável sobreviver

Citando um estudo da Time, a companhia aérea KLM escreveu que "a taxa de mortalidade para os assentos no meio do avião é maior" e foi muito criticada. Após a polémica recente em que a tripulação …

Elefantes são os nossos aliados na luta contra as alterações climáticas

Os elefantes-da-floresta desempenham um papel importantíssimo na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no armazenamento de carbono. No entanto, a espécie está em vias de extinção. Isto de acordo com um novo estudo publicado esta segunda-feira …