/

Piloto japonês detido com nove vezes o limite legal de álcool 50 minutos antes de descolar

San Diego International Airport / Flickr

Um piloto japonês foi detido no aeroporto de Heathrow, em Londres, por ter ultrapassado em nove vezes o limite legal de álcool no sangue para pilotos de aviação comercial.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Katsutoshi Jitsukawa, um piloto da Japan Airlines, foi detido no aeroporto de Heathrow, em Londres, no Reino Unido, com 189 miligramas de álcool em 100 mililitros de sangue. este valor corresponde a mais de nove vezes o limite legal de 20 miligramas (que é inferior ao estabelecido para condutores de automóveis na generalidade dos países).

Segundo o jornal Público, o piloto foi esta quinta-feira presente a um tribunal londrino, onde se declarou culpado pela infração.

Foi um alerta de um funcionário do aeroporto que despoletou a detenção. O funcionário detetou um intenso cheiro a álcool vindo do piloto e decidiu agir. Katsutoshi Jitsukawa foi submetido a um teste de alcoolémia que comprovou que estava alcoolizado. o piloto ficou assim impedido de embarcar, a 50 minutos da hora prevista de descolagem.

O voo, que rumava a Tóquio, partiu com 69 minutos de atraso. De acordo com a BBC, a companhia aérea pediu desculpa pelo incidente e garantiu que a “segurança continua a ser a maior prioridade” da empresa.

Esta não é, contudo, uma situação inédita. Em março deste ano, um piloto português foi detido em Estugarda, na Alemanha, por estar alcoolizado quando estava no cockpit e a iniciar os preparativos para a descolagem de um avião com 106 passageiros, rumo a Lisboa.

O português pagou uma caução de dez mil euros para permanecer em liberdade e ficou com a licença de voo suspensa.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.