Pandemia empurra PIB português para queda histórica de 7,6% em 2020

António Pedro Santos / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão.

O Produto Interno Bruto (PIB) português contraiu 7,6% em 2020, depois de uma contração de 5,9% no quarto trimestre, de acordo com uma estimativa rápida divulgada, esta terça-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“No conjunto do ano 2020, o PIB registou uma contração de 7,6% em volume (crescimento de 2,2% em 2019), a mais intensa da atual série de Contas Nacionais, refletindo os efeitos marcadamente adversos da pandemia de covid-19 na atividade económica”, pode ler-se na nota divulgada pelo INE.

“A procura interna apresentou um expressivo contributo negativo para a variação anual do PIB, após ter sido positivo em 2019, devido, sobretudo, à contração do consumo privado. O contributo da procura externa líquida foi mais negativo em 2020, verificando-se reduções intensas das exportações e importações de bens e de serviços, com destaque particular para a diminuição sem precedente das exportações de turismo”, lê-se ainda.

O Instituto Nacional de Estatística refere ainda que o PIB, “em termos reais, registou uma variação homóloga de -5,9% no quarto trimestre de 2020 (-5,7% no trimestre anterior)” e que “o contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB foi menos negativo que o observado no terceiro trimestre, refletindo, em larga medida, a diminuição menos intensa do investimento, apesar da redução mais pronunciada do consumo privado”.

“A procura externa líquida apresentou um contributo mais negativo no quarto trimestre, verificando-se uma contração mais intensa das Exportações de Bens e Serviços que a observada nas Importações de Bens e Serviços”, indica a mesma nota.

Comparativamente com o terceiro trimestre de 2020, “o PIB aumentou 0,4% em volume, após as fortes variações de sinal oposto nos trimestres anteriores (-13,9% e +13,3% no segundo e terceiro trimestres, respetivamente). Os contributos da procura interna e da procura externa líquida para a variação em cadeia do PIB foram ambos positivos”.

Contudo, esta contração foi melhor do que a prevista pelo Governo, que apontava para uma contração económica de 8,5% no Orçamento do Estado para 2021. A Comissão Europeia e o Conselho das Finanças Públicas esperavam uma queda de 9,3%, ao passo que o Fundo Monetário Internacional estava mais pessimista (-10,0%).

O Banco de Portugal e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) estavam um pouco mais otimistas e apontavam para uma queda de 8,1% e 8,4%, respetivamente.

Segundo o Jornal Económico, trata-se da maior recessão da economia portuguesa desde o 25 de Abril e, pelo menos, desde a década de 60.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pergunta tecnica: Nos cálculos entraram em linha de conta com o efeito do Lay Off (manutenção artificial do VAB)?

    • O PIB pode ser calculado sob 3 óticas diferentes: produto, rendimento e despesa. E as 3 dão o mesmo resultado. Para bom entendedor, penso que já terá a resposta à sua pergunta.

  2. O défice ficou aquém do esperado porque os apoios não foram os que estavam anunciados e a execução da “bazooka” não foi completa! Como não se apoiou o que deveria ser apoiado, vão ter em 2021 (já) o resultado. Contas feitas, não chegam mais bazookas, morteiros e obuses! O país vai passar por uma situação de tal forma grave que até o PR que se anda a substituir ao governo para ver se a bronca não é maior, se vai sentir de tal forma que não sei se resistirá!

RESPONDER

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …