As pessoas mentem nas redes sociais para parecerem verdadeiras

Partilhar conteúdo pessoal nas redes sociais tornou-se uma actividade comum para um número crescente de pessoas em todo o mundo. E apresentar uma imagem autêntica nestes sites pressupõe incluir elementos de falsidade, de acordo com um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Aalto, na Finlândia.

Segundo a pesquisa, ser autêntico e natural é de extrema importância para os utilizadores de sites de redes sociais, que admitem também manipular partes da sua imagem online, no sentido de se adaptarem às normas sociais e expectactivas dos outros.

O estudo analisou o comportamento dos utilizadores do Facebook e do Last.fm – esta última mais dedicada ao segmento da música. E apesar das diferenças patentes nas referidas plataformas, os comportamentos registados revelaram-se muito semelhantes.

“Apesar de estas duas redes sociais diferirem bastante na forma como os utilizadores partilham conteúdos, observamos que existe um cuidado excessivo em manter um perfil o mais natural possível”, afirmou Suvi Uski, da Universidade de Aalto, citado pelo centro de imprensa europeu AlphaGalileo.

“Também nos deparamos com um desprezo generalizado pelos utilizadores que transformam os perfis em páginas mais elaboradas”, referiu Uski, acrescentando que “os conteúdos considerados como excessivos e carentes contribuem para a perda de respeito social”.

A pesquisa revelou ainda um interessante paradoxo, particularmente visível na plataforma de partilha de música Last.fm.

Não obstante o facto de as normas sociais exigirem que as pessoas sejam verdadeiras nas suas partilhas, “descobrimos que não era incomum para alguns utilizadores escolherem propositadamente para ouvir, ou mesmo não ouvir, músicas que vão ao encontro da imagem que pretendem transmitir aos outros, afirmou Airi Lampinen, co-autor do estudo.

No caso do Facebook, ficou visível que, muitas vezes, os utilizadores optam por não partilhar nada com medo de transmitir uma imagem errada à sua rede de contactos.

Estes dados levam os investigadores a concluir que as partilhas de conteúdo nas redes sociais são bastante mais controladas do que se pensava.

CG, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

A Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a nossa história

https://vimeo.com/349508365 Muitas pessoas olham para a tecnologia como a ameaça que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a nossa cultura, linguagem e história. O projeto "AI for Good", …

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema …

Barbie alia-se à ESA para mostrar que as mulheres também podem ser astronautas

A Barbie e a Agência Espacial Europeia (ESA) deram as mãos para incentivar as crianças a tornarem-se na próxima geração de astronautas, engenheiras e cientistas espaciais, realçando as conquistas da única astronauta viva da Europa, …

Filho de Júlio Iglesias e portuguesa querem a sua parte da herança, que pode chegar aos 30 milhões

Agora que foi reconhecido, pelo tribunal, como filho de Júlio Iglesias, Javier Sánchez quer ter direito à sua parte da herança - 30 milhões de euros - e a uma indemnização por danos morais. Segundo divulgou …

Na terceira semana de julho contam-se cisnes no rio Tamisa (e é um assunto real)

Há vários séculos que contar cisnes no rio Tamisa é um assunto sério e real. Swan upping é o nome desta tradição que conta com a participação da coroa britânica. A tradição manda: na terceira semana …

Ciborgues vão dominar a Terra até ao final do século XXI, diz cientista

A ideia de que as máquinas com inteligência artificial irão coexistir, dominar ou até mesmo destruir a humanidade tem ganho destaque na ficção científica. Esta ideia está presente e tem ganho grande popularidade como, por exemplo, …

Concorrência acusa associações de anunciantes e de agências de publicidade de violarem regras de mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing (APAP) "de limitarem o normal funcionamento do mercado ao estipularem uma regra …

Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta …

KLM citou estudo sobre lugares onde é mais provável sobreviver

Citando um estudo da Time, a companhia aérea KLM escreveu que "a taxa de mortalidade para os assentos no meio do avião é maior" e foi muito criticada. Após a polémica recente em que a tripulação …

Elefantes são os nossos aliados na luta contra as alterações climáticas

Os elefantes-da-floresta desempenham um papel importantíssimo na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no armazenamento de carbono. No entanto, a espécie está em vias de extinção. Isto de acordo com um novo estudo publicado esta segunda-feira …