O “país inteiro” está a trabalhar para Centeno, lamenta bastonário dos médicos

Miguel Guimarães / Facebook

Miguel Guimarães, o novo bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário dos médicos lamenta que esteja “um país inteiro” a trabalhar para o ministro das Finanças e avisa que “a linha vermelha” já foi ultrapassada na Saúde, havendo pouco tempo para tentar reverter a situação do SNS.

Em vésperas de uma semana de greves na Saúde, Miguel Guimarães traça um cenário de declínio no SNS, com médicos esgotados e em “sofrimento ético” dada a falta de condições, além de um défice de milhares de especialistas que afeta hospitais de todo o país.

“Estamos todos a trabalhar para o ministro Mário Centeno, que vai atingir os seus objetivos e indicadores, como a meta do défice. Mas estamos com estas dificuldades na saúde, que já ultrapassou largamente a linha vermelha. Temo que se nada for feito nos próximos meses, as pessoas já nem acreditem numa mudança”, frisou.

Em entrevista à Lusa, o bastonário reconhece que há mais médicos a trabalhar no SNS hoje do que em 2015, mas frisa que “a força de trabalho não aumentou”. Argumenta que o número de médicos com dedicação exclusiva e a trabalhar 42 horas diminuiu drasticamente nos últimos dez anos, passando de mais de 8.200 para cerca de 3.600 atualmente.

Foi em 2009 que acabou a possibilidade de os médicos optarem por trabalhar em dedicação exclusiva no setor público, uma medida que a Ordem defende que seja retomada. “Perdeu-se força de trabalho”, insiste o bastonário.

Em entrevista à Antena 1 e ao Jornal de Negócios, Miguel Guimarães aponta os mesmos argumentos: a ministra da Saúde, Marta Temido, já passou a “linha vermelha”, estando agora o setor da Saúde aos comandos do Ministério das Finanças.

“Nós estamos todos a trabalhar para o Dr. Centeno”, apesar de considerar que “a responsabilidade do que está mal na saúde”, não ser de Centeno, mas sim da ministra da Saúde, afirma Miguel Guimarães.

No entender do bastonário, não só os profissionais de saúde, como as “as pessoas” em geral já não acreditam na ministra. Miguel Guimarães vai ainda mais longe, revelando que não acredita que Marta Temido vá fazer “mais nada” até ao fim da legislatura.

Quanto à relação da governante com os trabalhadores da sua tutela, o bastonário diz que a ministra “não é simpática” com os profissionais de Saúde, atitude que levou a um “distanciamento”. “Não os trata bem (…) não cumpre a primeira regra de gestão, que é tratar bem as pessoas que trabalham para ela, e devia fazê-lo”, criticou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Vão mas é trabalhar pá!
    O número de médicos com dedicação exclusiva e a trabalhar 42 horas diminuiu drasticamente nos últimos dez anos, porque os senhores fazem perninhas no publico e depois vão fazer o resto no privado.
    Marcam horas que as vezes nem sequer fazem no publico e depois vão ganhar outro tanto no privado.
    E quando estão no publico, que eu bem vejo, é trabalhar devagar devagarinho…Obviamente que assim sabe bem trabalhar!!!
    E depois quando percebem que o trabalho aperta, ficam todos melindrados e exigem mais mão de obra para não terem de se esforçar ou para não ficarem sem tempo para o extra do privado!
    Espertos é o que é!
    Esta classe acha que é mais que os outros!

    • Esta Srª. tem toda a razão.
      Os malandros dos médicos ,enfermeiros , pessoal , Passos Coelho e os doentes que necessitam do SNS
      são os grandes culpados do caos existentes nos hospitais .Pessoal insuficiente para as necessidades , materiais
      etc.
      Esta Srª.ainda acredita que o pai natal existe ou está a ser bem paga .

  2. O seu comentário merece o prémio de comentário mais imbecil do dia na internet.
    A culpa do caos no SNS não é dos médicos, nem dos enfermeiros ou outros profissionais de saude. Tal como não é por as pessoas irem todas ao mesmo tempo tirar o cartão de cidadão e logo de manha cedo (4:00), como diz o seu governo. Também a falta de transportes públicos e a má qualidade e constante cancelamento de comboios, barcos, etc é culpa das pessoas por haver mais passageiros.

    A culpa é da geringonça, mais concretamente do PS e do Ronaldo das finanças que estrangula os serviços públicos para atingir as suas metas pessoais.
    Nem no tempo da Troika e do malfadado Passos Coelho os serviços públicos estiveram tão mal!

    Agora não se esqueça de votar no PS nas próximas eleições e depois diga que a culpa é dos funcionários públicos e do passos coelho.

    • Olhe e o seu ganha o prémio de 2º comentário mais imbecil, como se tivesse sido tudo leite e mel nos últimos 45 anos, (e não, não estou a dizer que no tempo da ditadura é que era bom, porque não era!) O problema é o de sempre não há €€ quando houve foram mal distribuídos/usados não só pelo público mas também pelo privado, e por fim o Euro, boa ideia péssima implementação, moeda comum sem politica bancaria comum só podia dar no que deu.
      Foi uma união a meio, dentro de um saco de gatos que é a UE, (que eu apoio! claro que não nestes moldes)
      Por isso pode ficar com o bronze, muitíssimos parabéns.

      • Está enganado a medalha de bronze é para si.
        Vá-se informar de qual era o tempo de espera para cirurgias quando o governo anterior (sim, o de passos esse malandro) assumiu funções e qual era o tempo de espera para cirurgias e outras coisa no SNS quando terminou funções. E depois compare com o actual governo. E não se esqueça que eram tempos de Troika e não havia o dinheiro que há agora.
        E quem fala no SNS fala em outras áreas.
        Com menos dinheiro fazia-se mais do que agora.

        Parabéns, você merece a prata não é o bronze.

        PS: A culpa da situação económica portuguesa não é da UE. É dos governos incompetentes que temos em portugal, principalmente estes de esquerda. Se não fosse a UE éramos uns miseráveis! Mesmo assim ainda somos…

  3. O dinheiro nunca dá para tudo, o governo actual embora não esteja já sob a alçada da troika a verdade é que está ainda sob vigilância sobretudo da UE que exige que as metas continuem a ser cumpridas, como o senhor Costa optou por preferir fazer de Pai Natal esbanjando depressa demais em salários, pensões e horários de trabalho o pouco que o anterior governo amealhou e do que se vai amealhando, foram medidas ilusórias mas que há primeira vista cai bem na opinião pública, acabam por ter que reduzir noutras áreas como a saúde, segurança, transportes e educação e agora depois de se terem feito promessas parte delas não cumpridas todos se acham no mesmo direito de igualdade, resultado, quem paga é o zé povinho que começam agora muitos a aperceberem-se que afinal não compensará meia dúzia de euros a mais no bolso por troca de qualidade de vida a menos.

  4. Os melhores 4 sistemas de saúde sao da Holanda (competicao privada entre empresas), Suiça (mesma coisa), Dinamarca (bastião do livre capitalismo), e Luxemburgo. Tudo quanto é país socialista está abaixo na qualidade da saude fornecida às pessoas.

  5. Volta Coelho que estás perdoado. Com tanto imbecil a vomitar asneiras, nem precisas de pedir desculpa por qualquer coisinha. Basta que faças novo “enorme aumento de impostos”, baixes os salários, pensões e reformas, reponhas a sobretaxa do IRS, que também roubes o Complemento Solidário para Idosos com reformas até 300 euros, que aumentes o desemprego para 17%, despedindo muitos médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar, deixes de comprar até o papel higiénico e deixes morrer os doentes à porta dos hospitais, que aumentes a falência de milhares de empresas, aumentes os passes dos transportes e reduzas o número de comboios em circulação, que aumentes para 40 horas os horários de trabalho, sem qualquer remuneração adicional e acabes com alguns dias de feriados e voltaremos a viver no “paraíso para além da troika” que encomendaste e permitiram “grandes tachos” para o Gaspar, Álvaro, Barroso, Arnault, Marilú e Portas e simultaneamente transformar este país no sitio mais miseravel da Europa. Volta para acabares com o sacrifício deste “bestonário da trêta” ser o “chefe da oposição” ao governo, porque na verdade o que ele quer mesmo é acabar com O SNS e ser o herói dos serviços de saúde privados em Portugal. Há doentes a morrer por erros médicos, mas quanto a isso o sr. “bestonário” diz nada, como nada diz quanto à falta de profissionalismo de muitos no SNS, onde os doentes são meros números e não pessoas!!!! Tenha decoro Sr. “bestonário”!!

    • Não sejas assim!…
      Isso era tudo boa gente e só queriam o melhor… 
      O melhor para eles e para os amigos, claro!!
      Não é por acaso que, depois de não acertar uma única meta/objectivo, de esmifrar os portugueses e de vender o país ao desbarato, foram todos “premiados” pelo excelente serviço que prestaram a Portugal!
      Ou terá sido a certos grupos económicos/máfias?!
      É olhar para o que aconteceu nos CTT, na EDP, REN, ANA, EGF, Fidelidade, Oceanário, Pavilhão Atlântico, etc, etc, e a resposta é óbvia!…
      .
      Este bestonário, por acaso, agora até disse alguma coisa sobre aquele médico incompetente e parasita que roubava o Estado através da sua clínica – além do péssimo serviço (com os resultados que se conhecem) até as requisições eram falsas!!
      Mas, não me lembro de o ouvir dizer nada sobre aqueles médicos mafiosos que falsificam receitas e que, recorrentemente, lesam o país em muitos MILHÕES!…
      Também foi pena ter-se esquecido de referir que Portugal é dos países que mais gasta em saúde em % do PIB e que boa parte desse custo vai para pagar aos médicos e claros, as clínicas privadas que sugam forte e feio o orçamento da saúde!!
      E ainda se queixam que recebem pouco, mas não largam a mama!…
      .
      Conclusão: o bastonário que fale pelos médicos (que já não é pouco) e que deixe as criticas ao governo para a oposição e, principalmente, para os portugueses!!

RESPONDER

"Exercício de poder político brutal". Biden critica substituição no Supremo antes das presidenciais

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, afirmou hoje que substituir a juíza Ruth Bader Ginsburg no Supremo antes das eleições presidenciais é um "exercício de poder brutal" e apelou aos republicanos moderados para …

DGS vai recomendar uso de máscara no exterior quando não houver distanciamento

A DGS vai recomendar o uso de máscara em espaços exteriores movimentados quando não for possível garantir o distanciamento social, disse esta segunda-feira a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa. "Vai sair …

Crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos, diz IPO

As crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos de contrair o novo coronavirus na generalidade dos casos, esclareceu, esta segunda-feira, o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa. "Neste momento, não …

Estados Unidos. Pais deixam filho na escola sabendo que tinha covid-19

Um estudante infetado com covid-19 foi levado para a escola pelos pais em Massachusetts, nos Estados Unidos. Como resultado, 28 estudantes ficaram de quarentena. Os pais de um aluno de uma escola do estado norte-americano de …

Bale assume que Mourinho foi uma das principais razões para voltar ao Tottenham

O internacional galês admitiu que o treinador português foi uma das principais razões que o fez voltar ao Tottenham. Em entrevista à estação televisiva britânica BT Sport, conduzida pelo antigo avançado Peter Crouch, Gareth Bale afirmou …

Portugal regista 623 novos casos e oito óbitos. Lisboa com 70% das novas infeções

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais oito mortos relacionados com o novo coronavírus (covid-19) e 623 novos casos de infeção, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). No que respeita a novos casos, deu-se um …

Paulo Cafôfo, o "guardião dos valores", é o novo líder do PS/Madeira

Paulo Cafôfo, o novo líder do PS/Madeira, assumiu-se como um "guardião dos valores de um partido que não se deixa vergar". O novo líder do PS/Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou este domingo que vai estar "sempre contra" …

Médicos querem divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno (e defendem máscara na rua)

Além da divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno, a Ordem dos Médicos solicita uma atualização das normas e orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS). A Ordem dos Médicos defende a divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno para …

Líder do CDS quer ver o partido travar "histerias de nichos à volta do radicalismo"

O líder do CDS encerrou, este domingo, a escola de quadros da Juventude Popular, que decorreu deste sexta-feira em Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, momento que assinalou também a rentrée política do partido. "Este novo …

Detida suspeita de enviar envelope com ricina a Trump. Tinha uma arma de fogo

  As autoridades prenderam uma mulher suspeita de ter enviado um envelope com ricina ao Presidente dos EUA, Donald Trump. Suspeita-se que o envelope foi enviado a partir do Canadá. Uma mulher foi detida este domingo, quando tentava …