Perto de 780 detenções desde início dos tumultos na Tunísia

Perto de 780 pessoas foram detidas na Tunísia desde o início, na segunda-feira, dos tumultos sociais devido às medidas de austeridade, indicou o Ministério do Interior.

O movimento “Fech Nestannew (O que é que esperamos)”, que lançou no início do ano a contestação à subida dos preços, apelou a uma nova mobilização para esta sexta-feira no centro de Tunes.

Num comunicado divulgado hoje, a organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional (AI) pede às forças de segurança para “não utilizarem força excessiva” e “deixarem de recorrer a manobras de intimidação contra manifestantes pacíficos”.

Para a AI, “as autoridades tunisinas devem garantir a segurança dos manifestantes não violentos e que as forças de segurança só recorrem à força quando é absolutamente necessário” e que o fazem de modo proporcional para proteger os direitos de todos.

Vários militantes de esquerda foram detidos nos últimos dias e o governo acusa os manifestantes de estarem a ser manipulados pela oposição.

Algumas dezenas de membros da Frente Popular, um partido de esquerda, manifestavam-se hoje de manhã diante do tribunal de Gafsa (sul), indicou um correspondente da agência France-Presse, após a detenção na véspera de dois responsáveis locais do partido e de um responsável sindical acusados de incitação aos motins.

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior, Khlifa Chibani, não foi registado qualquer ato de violência, roubo ou pilhagem na noite de quinta-feira para hoje, após três noites consecutivas de tumultos.

Chibani afirmou à rádio privada Mosaique FM que os confrontos entre jovens e polícias tinham sido “limitados” e “sem gravidade”. Adiantou, no entanto, que 151 pessoas envolvidas em atos de violência tinham sido detidas na quinta-feira, fazendo subir o número de detenções para 778 desde segunda-feira.

Os tumultos têm lugar numa altura em que se aproxima o sétimo aniversário da “Revolução de Jasmim”, movimento que derrubou o ditador Zine El Abidine Ben Ali, em 14 de janeiro de 2011.

O mês de janeiro é tradicionalmente assinalado por uma mobilização social na Tunísia desde a revolução de 2011, mas o contexto é particularmente tenso atualmente com a aproximação das primeiras eleições municipais do pós-revolução, adiadas por diversas vezes e previstas para maio.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava. Agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …