Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente.

O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como robôs, tem sido extremamente desafiante.

Agora, uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que se podem curar magneticamente em movimentos após dividirem-se em dois ou três pedaços.

Os cientistas desenvolveram pequenos robôs que conseguem “nadar” através de fluidos e realizar funções úteis, como limpar o ambiente, entregar medicamentos e realizar cirurgias. Embora a maioria das experiências tenha sido feita em laboratório, eventualmente estas pequenas máquinas seriam lançadas em ambientes hostis, onde poderiam ficar danificadas.

Os robôs nadadores costumam ser feitos de polímeros frágeis ou hidrogéis macios, que podem partir ou rasgar facilmente.

Segundo um comunicado, Joseph Wang e os seus colegas queriam projetar nadadores que pudessem curar-se em movimento, sem a ajuda de humanos ou outros gatilhos externos.

Os investigadores fizeram nadadores com dois centímetros de comprimento na forma de um peixe que continha uma camada inferior condutora, uma camada intermediária rígida e hidrofóbica, e uma faixa superior de micropartículas magnéticas fortemente alinhadas.

Para dar propulsão ao robô, a equipa adicionou platina à cauda, ​​que reagiu com o combustível de peróxido de hidrogénio para formar bolhas de oxigénio que impulsionaram o robô. Quando os cientistas colocaram um nadador numa placa de Petri cheia de uma solução fraca de peróxido de hidrogénio, moveu-se ao redor da borda da placa.

Depois, os investigadores cortaram o robô com uma lâmina e a cauda continuou a viajar até se aproximar do resto do corpo, reformando o formato do peixe através de uma forte interação magnética.

Os robôs também conseguiam curar-se quando cortados em três pedaços ou quando a fita magnética era colocada em configurações diferentes.

Esta estratégia de autocura versátil, rápida e simples pode ser um passo importante em direção ao reparo instantâneo para nadadores e robôs de pequena escala. Segundo os investigadores, isto pode, um dia, ser usada para fazer dispositivos mais resistentes para limpeza ambiental ou industrial.

Este estudo foi publicado em fevereiro na revista científica Nano Letters.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo convida Ramalho Eanes para presidir comemorações dos 50 anos do 25 de Abril

O presidente da República em funções, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o ex-presidente da República Ramalho Eanes para presidir as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. O convite dirigido ao general Ramalho Eanes, um …

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve. Contudo, os especialistas têm dúvidas em relação à necessidade de vacinar os mais jovens. Atualmente há apenas uma vacina contra a covid-19, …

Netanyahu não conseguiu formar Governo em Israel. Segue-se Lapid

Esta quarta-feira, Reuven Rivlin, Presidente de Israel, chamou Yair Lapid, líder do partido Yesh Atid, para lhe entregar a responsabilidade de formar um Governo que consiga o apoio do Knesset (Parlamento). O partido de Yair Lapid, …

Almofada de prevenção contra a pandemia. Câmara de Lisboa quer pedir 20 milhões à banca

A Câmara Municipal de Lisboa quer contrair um empréstimo de 20 milhões de euros junto do BPI, uma almofada de prevenção para fazer face às despesas correntes emergentes do combate à pandemia de covid-19. O Público …

Resort Zmar

BES, falência e um fundo abutre. Resort Zmar "deve 60 milhões de euros ao Estado"

Os proprietários das casas privadas do empreendimento turístico Zmar, na Zambujeira do Mar, em Odemira, continuam a protestar contra o alojamento de imigrantes por causa da covid-19. Isto numa altura em que se revela que …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Deputado do Bloco acusado de violência doméstica avança com queixa em tribunal

Catarina Alves, ex-namorada do deputado Luís Monteiro, acusa-o de violência doméstica. O bloquista nega as acusações e diz que vai apresentar queixa no tribunal. Luís Monteiro vai apresentar queixa contra a ex-namorada que o acusou de …

Gestão do Novo Banco vai receber bónus de 3,9 milhões em 2022

A equipa de administração do Novo Banco tem à sua espera um bónus de 3,9 milhões de euros no próximo ano. O banco registou prejuízos de 1.329 milhões de euros no ano passado. O Novo Banco …

Ainda não há planos para vacinar voluntários com AstraZeneca e J&J (nem dados sobre combinação de vacinas)

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson ainda não tem planos ou datas para arrancar. A Comissão de vacinação …

Celebrar ou cancelar Napoleão? 200.º aniversário da morte do imperador desperta debate em França

No 200.º aniversário da morte de Napoleão Bonaparte, o presidente francês Emmanuel Macron optou por fazer o que os seus antecessores evitaram. Ao escolher colocar uma coroa de flores esta quarta-feira no túmulo de Napoleão sob …