Peixes, pássaros e humanóides. Revelados mais 140 geóglifos de Nazca no Peru

Foram descobertos 142 novos geóglifos, que representam pessoas, animais e outros seres, nas famosas linhas na superfície de Nazca e dos seus arredores no Peru.

Localizados principalmente a oeste da Pampa de Nazca, estes novos geóglifos foram identificados por trabalho de campo e análise de dados 3D de alta resolução, entre outras atividades realizadas até 2018.

Acredita-se que os geóglifos biomórficos datem de pelo menos 100 a.C a 300 d.C, de acordo com a equipa de investigação, liderada por Masato Sakai, professor do Departamento de Antropologia Cultural e Arqueologia andina na Universidade de Yamagata, no Japão.

Além disso, de acordo com um comunicado publicado pela universidade, num estudo de viabilidade realizado de 2018 a 2019 em conjunto com a IBM Japão, a universidade descobriu um novo geóglifo ao desenvolver um modelo de inteligência artificia no servidor de inteligência artificial IBM Power System AC922 configurado com a plataforma de aprendizado profunda IBM Watson Machine Learning Community Edition.

Uma infinidade de seres vivos é representada nesta obra de arte antiga, desde peixes, pássaros, macacos, camelídeos e humanóides. Foram construídos removendo rochas, deixando uma imagem negativa na areia branca.

De acordo com a Newsweek, a peça mais longa identificada é maior do que a Estátua da Liberdade, medindo mais de 100 metros de ponta a ponta, e a menor é de cinco metros – aproximadamente o mesmo tamanho do David de Michelangelo.

Os investigadores dividiram os geóglifos em duas categorias, com base no tamanho, idade e design. O primeiro grupo (tipo A) são desenhos de linhas e tendem a ser maiores, medindo 50 metros ou mais. O segundo grupo (tipo B) consiste em superfícies de cor sólida com 50 metros ou menos.

Yamagata University

A equipe supõe que estes dois tipos serviram a propósitos diferentes. O tipo A servia para, por exemplo, rituais que envolviam cerâmica e o tipo B servia para decoração. Estes últimos foram encontrados perto de caminhos ou em encostas, sugerindo que podem ter sido pontos de passagem para ajudar os viajantes.

Este estudo explorou a viabilidade do potencial de inteligência artificial para descobrir novas linhas e introduziu a capacidade de processar grandes volumes de dados com esta tecnologia, incluindo fotos aéreas de alta resolução a altas velocidades. Estes são os primeiros geóglifos descobertos por inteligência artificial em Nazca.

A maioria destes misteriosos geóglifos foi criada pelo povo de Nazca, que viveu naquela área de 200 a 700 anos d.C., assim como outros desenhos já conhecidos na região. No entanto, alguns dos geóglifos são séculos mais antigos. Os investigadores acreditam que foram feitos por povos de Paracas e Topará, que viveram naquela área por volta dos anos de 500 a.C. a 200 a.C..

Estas obras são conhecidas como linhas de Nazca porque, normalmente, parecem apenas linhas quando olhamos para elas no chão. É preciso que as olhemos do alto para conseguir discernir os padrões. Aliás, é por esse motivo que esta arte só começou a ser compreendida depois da invenção dos aviões.

Estes desenhos gigantes são criados através da eliminação da camada superior de pedras vermelhas do deserto, de modo a que se consiga revelar uma camada mais pálida. É este contraste de tons que permite a leitura da figura.

Alguns geóglifos são formas geométricas, outros são linhas simples e os mais elaborados são representações de animais e objetos.

Sakai e os outros investigadores da Universidade de Yamagata empreendem iniciativas para estudar as Linhas de Nazca, um Património Mundial da UNESCO, desde 2004. Além de identificar muitos geóglifos, também realizam atividades para preservar o património.

No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito para estudar a distribuição dos geóglifos. A expansão das áreas urbanas provocou danos às linhas, chamando a atenção para a proteção das Linhas de Nazca como um problema social.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …