MIT cria peixe robótico para salvar os oceanos

(dv) YouTube

O SoFi é um soft robotic fish (peixe robótico flexível) criado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) para vasculhar os oceanos do mundo. Com o seu tamanho pequeno e aparência de animal marinho, consegue aceder a espaços pequenos em corais e circula pelo mar sem espantar os cardumes.

É graças as suas similaridades com um animal marinho e ao seu pequeno tamanho que o SoFi consegue imagens que um mergulhador humano ou robô convencional não conseguiria.

A velocidade de nado do SoFi não é muito alta, mas ainda assim o peixe representa uma tecnologia promissora, que ainda vai melhorar no futuro. Os seus criadores querem que seja capaz de seguir um peixe em particular para que os hábitos sejam estudados.

Além disso, os cientistas querem recolher mais dados sobre a poluição e outras intervenções humanas no fundo do mar.

Num artigo científico publicado esta quarta-feira na revista Science Robotics, os investigadores do MIT dão mais detalhes sobre a evolução deste estranho peixe.

Os cientistas enfrentaram três grandes problemas no desenvolvimento deste projeto: o primeiro está relacionado com a comunicação. Os veículos que se movem por baixo de água tipicamente acabam presos a um barco porque as ondas de rádio não viajam bem na água. Por isso os inventores do SoFi optaram por usar som na comunicação.

“Comunicação com radiofrequência por baixo de água funciona apenas em alguns centímetros. Sinais acústicos podem viajar por maior distância e com menor consumo de energia”, explica o autor principal, Robert Katzschmann. Utilizando som, os mergulhadores podem pilotar o peixe-robô por uma distância de 21 metros.

O problema número dois tem a ver com os motores elétricos do robô, chamados atuadores. Os cientistas precisavam de um atuador flexível para que o movimento do peixe fosse suave como o animal de verdade. Por isso, o rabo do Sofi tem duas câmaras vazias em que uma bomba injeta água. “Tudo o que fizemos foi criar um ciclo de água de um lado para o outro, e isso causa uma ondulação e a movimentação do rabo”, explicou.

O problema número três está relacionado com os custos: nadar é caro energeticamente. Os peixes precisam de se “agarrar” a uma determinada profundidade, e usam a bexiga natatória para controlar a habilidade de boiar ou não. Então o SoFi usa um tipo de bexiga natatória, um cilindro que comprime e descomprime ar com a ajuda de um pistão.

Além de tudo isso, o robô não tem todos os espaços com ar que uma máquina típica tem. “Os compartimentos que normalmente seriam hermeticamente fechados e cheios de ar, nós enchemos com óleo”, diz Katzschmann. Isso dá integridade estrutural ao peixe e permite que atinja profundidade de até 18 metros.

Por enquanto, o SoFi é controlado por um controlo remoto parecido com um comando de videojogos. Mas a ideia é que versões futuras consigam usar as câmaras para identificar um peixe específico e segui-lo automaticamente.

Isso poderia ajudar a estudar as dinâmicas dos cardumes ou monitorizar a saúde de populações marinhas. “O SoFi poderia ajudar-nos com a fuga e atração de peixes que estão associadas com outras formas de monitorização como robôs e mergulhadores”, diz Hanumant Singh, investigador não envolvido na pesquisa.

Até agora, os cientistas observaram que peixes às vezes nadam ao lado do robô, mostrando curiosidade. Enquanto isso, outros peixes ignoravam o SoFi e seguiam com a sua rotina normalmente, sem fugir como aconteceria se houvesse um mergulhador presente.

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …