Descoberta a pegada mais antiga da América. Tem mais de 15 mil anos

Cientistas da Universidade Austral do Chile (UACh) identificaram aquela que será até ao momento a pegada humana mais antiga da América.

Calcula-se que a sua idade seja de 15.600 anos e isso representa a evidência de uma presença humana muito antiga na América do Sul e no continente em geral, de acordo com a investigação publicada na quarta-feira na revista cientifica PLOS ONE. A forma foi feita mil antes da anterior mais antiga evidência de humanos na América do Sul.

A estrutura sedimentar corresponde a uma pegada fossilizada que foi descoberta em 2010 no sitio arqueológico de Pilauco, na província chilena de Osorno. Desde então, foi submetida a meticulosos estudos para descartar a sua pertença a um animal pré-histórico e, finalmente, foi descrita como correspondente a um icnogénero da espécie Hominipes modernus, relacionada com o género Homo sapiens, que inclui o ser humano moderno.

“Estamos perante uma evidência da presença humana com 15.600 anos, o que nos indica que em Pilauco estiveram os humanos mais antigos de toda América”, afirmou em entrevista Karen Moreno, académica da UACh e autora principal do estudo. A descoberta fornece mais evidências de que as pessoas chegaram às Américas muito antes do fim da Idade do Gelo.

A pegada tem 23 centímetros de comprimento, equivalente a um pé direito do tamanho 43 atual, e é possível que pertencesse a um homem adulto de 70 quilogramas que andava descalço, segundo se concluiu após se avaliarem as condições ambientais nas quais foi criada. “Concluímos que a pegada foi produzida por um humano que caminhava sobre um substrato mole, como argila ou turfa, impregnado com água”.

Nas camadas do solo, analisado a uma profundidade de três metros, foram encontrados artefactos de pedra que indicam uma evidência adicional e reforçam a ideia de um povoamento muito antigo da América do Sul. O sítio arqueológico contém os restos de mastodontes e cavalos, animais que terão sido caçados.

Impressões similares foram encontradas no México e datadas com pelo menos 40 mil anos. No entanto, estes são muito mais antigos do que outras evidências da presença humana nas Américas, mas são controversos. Sinais de presença humana datados de 16 a 20 mil anos foram encontrados no Texas.

O timing encaixa bem com a abertura de uma rota costeira para as Américas.

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Itália | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …

Portugal em Europeus: as últimas três derrotas foram (todas) contra a Alemanha

Em 90 minutos, Portugal não era derrotado numa fase final de um Europeu desde a estreia no Europeu 2012. Recorde as seleções que bateram Portugal, até agora. "Já não posso ver os franceses à frente". Esta …

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …