Passos acusa Governo de “despudor total” e “falta de ética” na polémica da Caixa

José Sena Goulão / Lusa

-

O líder do PSD classificou no sábado à noite, em Vila Real, como um “despudor total”, uma “indignidade” para a função do Estado e uma “total falta de ética política” a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

“É um despudor total e eu penso que não é só uma indignidade para a função do Estado, eu acho que é também uma total falta de ética política. Se isto não é bater no fundo, o que é bater no fundo? Se isto não é faltar ao respeito às pessoas, o que é?”, disse Pedro Passos Coelho, durante um discurso num jantar de homenagem a antigos autarcas.

O presidente social-democrata referiu-se à CGD e ao eventual acordo do Governo e da administração do banco sobre declarações de rendimentos.

“Por quem nos tomam? Tomam-nos por gente muito distraída que não liga ao que se está a dizer, não há vergonha? Diz-se o que se quiser? Isto e o seu contrário? Muda-se a lei para aquele propósito, convida-se aquelas pessoas dentro de uma nova lei e depois diz-se ‘não, não, não temos nada que ver com isto, isto agora é com os tribunais?”, questionou Passos Coelho.

O líder do PSD ironizou ao dizer que agora o Governo “já nem sabe qual é a lei que está a valer“.

“Eu não sei quais são os compromissos que foram realizados ou não, quaisquer que tenham sido esses compromissos pelo menos que as pessoas tenham a hombridade de dizer o que é que combinaram“, sublinhou.

Passos Coelho afirmou ainda que “as pessoas merecem” essa explicação.

“É isto que a oposição exige quando fiscaliza o Governo e não, não é uma questão de guerra partidária, de estar mais bem-dispostos ou menos bem-dispostos, é uma questão de decência”, frisou.

E acrescentou: “Se houvesse decência, este folhetim não demorava há tanto tempo; se o Governo quer retomar ainda alguma decência nesta matérias, já não tem muito tempo para a recuperar”.

O PSD instou na sexta-feira o Governo a desmentir a existência de um eventual acordo por escrito entre o Governo e o presidente da Caixa sobre as declarações de rendimentos.

O Conselho de Administração da CGD reuniu-se na quinta-feira e era possível que tomasse uma decisão relativamente à entrega das declarações de rendimentos dos seus membros, mas nada foi divulgado publicamente.

Em causa está o impasse gerado relativamente à apresentação das declarações de património e de rendimentos ao Tribunal Constitucional por parte da nova equipa de gestão do banco público, que, segundo as notícias que têm vindo a público, entende que não está obrigada a fazê-lo.

Na quinta-feira à noite, no programa “Quadratura do Círculo”, na SIC Notícias, o comentador António Lobo Xavier – militante do CDS e administrador do BPI – declarou haver um compromisso por escrito entre o Governo e António Domingues em torno da não apresentação das declarações.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …