Paróquias poderão celebrar Missa do Galo uma hora mais cedo

patriarcadodelisboa / Flickr

Cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente

O cardeal-patriarca, Manuel Clemente, anunciou que a Missa do Galo, na Sé de Lisboa, será celebrada às 23:00 – uma hora mais cedo do que o habitual -, visando respeitar o confinamento, que impõe recolher obrigatório a partir das 02:00 do dia 25 de dezembro.

“Vamos celebrar mais cedo para que as pessoas que vierem aqui, à Sé de Lisboa, possam regressar a casa com tempo e calma”, explicou ao Jornal de Notícias. As restantes paróquias do país poderão seguir o exemplo aplicado na capital.

Esta quarta-feira deverá ficar definido, durante a reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal, um conjunto de medidas a aplicar na época de Natal.

“Creio que as restrições serão suficientes se correspondermos com uma atitude para nos protegermos a nós e aos outros”, acrescentou Manuel Clemente.

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, pediu ao Governo que estabeleça um limite de pessoas nas celebrações familiares no mês de dezembro.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ……do galo…..do pato…..do perú, etc, etc……………não é a biblia que diz que não se deve adorar imgens?????…………..a incongruencia do costume.

RESPONDER

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: pouco Festival no FC Porto-Sporting

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-0-0-sporting-o-musical Está bem: Futebol Clube do Porto contra Sporting Clube de Portugal. Segundo classificado recebe o líder. Jogo que pode praticamente definir o novo campeão nacional de futebol. O encontro é naquele estádio junto ao centro …

Índia e Paquistão comprometem-se a respeitar cessar-fogo em Caxemira

Na quinta-feira, o Paquistão e a Índia alcançaram um acordo para fazer cumprir o cessar-fogo na região de Caxemira, reivindicada pelos dois países. A fronteira entre ambos é palco frequente de ataques que deixam soldados …

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …