Parlamento Europeu dá “luz verde” às mudanças dos novos cartões de cidadão

João Relvas / Lusa

O Parlamento Europeu aprovou esta quinta-feira regras para melhorar os elementos de segurança dos cartões de identidade e documentos de residência na União Europeia.

O regulamento, aprovado em plenário com 335 votos a favor, 269 contra e 21 abstenções, será agora submetido à validação do Conselho da UE e publicado no Jornal Oficial, sendo aplicável 24 meses após a data da sua entrada em vigor. Os Estados-membros que não emitem cartões de identidade não serão obrigados a fazê-lo.

Os cartões emitidos em todos os outros países, como o do cidadão, em Portugal, terão que incluir dados biométricos – imagem facial e duas impressões digitais – memorizados num “chip” eletrónico inserido nos cartões.

Na parte da frente do documento de identificação deverá também constar o código de país, composto por duas letras, do Estado-membro que emite o documento, rodeado de 12 estrelas amarelas (bandeira da UE).

Atualmente, os níveis de segurança dos bilhetes de identidade emitidos pelos Estados-membros e dos títulos de residência para os cidadãos europeus que residem noutro país da UE e seus familiares variam significativamente, o que aumenta o risco de falsificação e fraude documental.

Esta situação gera também dificuldades práticas para os cidadãos que procuram exercer o direito de livre circulação, incluindo quando querem comprovar a sua identidade junto de entidades públicas ou privadas em outro Estado-membro.

As medidas previstas no novo regulamento visam melhorar a aceitação dos documentos em toda a UE e reduzir os transtornos para os cidadãos europeus e os seus familiares, as administrações públicas, incluindo os guardas de fronteira que conferem os documentos, e os operadores de serviços públicos e privados, como companhias aéreas, cuidados de saúde, bancos e prestadores de serviços de seguros e segurança social.

A validade dos cartões de identidade que não cumpram estes requisitos de segurança cessará na respetiva data de caducidade ou até dez anos após a data de aplicação do novo regulamento, consoante a que ocorrer primeiro.

Na UE, 26 Estados-membros emitem bilhetes de identidade aos seus cidadãos, sendo a sua titularidade obrigatória em 15 desses países, incluindo Portugal. Dois Estados-membros (Reino Unido e Dinamarca) não têm este tipo de documento de identificação.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"O tempo das autoestradas terminou", diz Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas defendeu esta quinta-feira, durante a apresentação do Programa Nacional de Investimentos 2030, que a aposta dos “sucessivos” governos na rodovia reflete-se na condição atual da rede ferroviária. “Não temos um grande histórico …

Arcebispo russo considerado "sexista do ano" morre durante reabilitação do coronavírus

O arcebispo russo Dimitry Smirnov, conhecido por fazer comentários controversos sobre mulheres, morreu aos 69 anos durante a reabilitação do coronavírus, anunciou um porta-voz da Igreja Ortodoxa Russa na quarta-feira. No início de 2020, Dimitry Smirnov foi …

Será necessária declaração para deslocações entre concelhos

O Governo esclareceu que quem precisar de se deslocar entre 30 de outubro e 3 de novembro, quando estará proibida a circulação entre concelhos, necessita de uma declaração, sendo as exceções as mesmas que foram …

Cães conseguem detetar covid-19, mas não estão a ser usados. "Podiam salvar tantas vidas"

Um cão pode cheirar um pano que antes esteve no pulso ou no pescoço de alguém e identificar imediatamente se a pessoa contraiu o vírus até cinco dias antes do aparecimento de qualquer sintoma. Parece …

Noruega com poucos casos de infeções nas escolas. Medidas podem ser aliviadas

A Noruega mantém as escolas com o segundo nível das medidas para combate à pandemia. Contudo, pondera aliviá-las caso se confirme que as crianças não têm um papel acrescido na transmissão do vírus. As autoridades de …

Ex-SCUT com descontos para passageiros frequentes e transporte de passageiros

Os passageiros particulares frequentes e os veículos de transporte de passageiros vão ter descontos na passagem pelas portagens das antigas SCUT a partir de 1 de janeiro, anunciou esta quinta-feira o Governo. De acordo com a …

Situação "muito grave" leva a uma nova corrida ao papel higiénico na Alemanha

A Alemanha atingiu esta quinta-feira um novo máximo diário, com mais de 11 mil casos em apenas 24 horas. A nova vaga de infeções está a levar os alemães a um novo açambarcamento de papel …

Taça: todos os "grandes" defrontam equipas do terceiro escalão

FC Porto, Benfica e Sporting vão jogar em casa de formações do Campeonato de Portugal. Sporting de Braga estará na Trofa. Decorreu nesta quinta-feira o sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, a …

DGS vai comprar mais de 100.000 frascos de Remdesivir até março de 2021

A Direção-Geral da Saúde vai adquirir entre este mês e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19. A decisão foi tomada …

Utilizadores do PayPal vão poder usar criptomoeda para pagar a mais de 26 milhões de comerciantes

O PayPal anunciou que vai investir no mercado das criptomoedas, lançando um novo serviço que permitirá aos utilizadores da plataforma nos Estados Unidos comprar, guardar e vender moeda digital, já a partir de 2021. De acordo …