Papa recebeu carta de vítima que descrevia abusos sexuais por parte da Igreja chilena

A vítima de abusos sexuais garante que membros da comissão consultiva entregaram a sua carta a um alto conselheiro papal, em 2015, que assegurou ter feito chegar a missiva a Francisco.

Em 2015, o Papa Francisco recebeu uma carta de uma vítima chilena que detalhava graficamente o abuso sexual de que tinha sido alvo e o encobrimento pelas autoridades da Igreja Católica chilena.

A informação foi revelada pela Associated Press que diz ter tido acesso à carta do sobrevivente Juan Carlos Cruz. A AP garante que membros da comissão consultiva relativa aos abusos sexuais na Igreja terão ido a Roma, em 2015, especificamente para entregar a carta a um alto conselheiro papal, o cardeal Sean O´Malley.

Juan Carlos Cruz e alguns membros desta comissão afirmam que O´Malley lhes assegurou ter entregue a carta ao Papa.

No final de janeiro, Francisco decidiu enviar ao Chile um arcebispo especialista na questão dos abusos sexuais praticados por membros do clero para analisar o caso do bispo chileno Juan Barros, acusado de esconder casos de abusos sexuais cometidos por Fernando Karadima quando este era pároco na igreja de El Bosque.

Segundo explicou o Vaticano, a decisão de enviar um arcebispo ao Chile foi tomada por terem surgido novas informações sobre o caso, sem especificar quais, e que o arcebispo de Malta Charles Scicluna foi a pessoa escolhida para “ouvir quem manifestou a vontade de dar a conhecer elementos”.

Durante a recente visita de Francisco ao Chile, o Papa disse que só falaria sobre o assunto no dia em que lhe trouxessem uma prova contra o bispo Barros. De regresso a Roma,  o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas por ter usado uma expressão que considerou ter sido menos feliz ao exigir que apresentem provas contra o bispo chileno.

A viagem ao Chile aconteceu numa altura em que muitos chilenos estão descontentes com a decisão de Francisco, tomada em 2015, de nomear um bispo próximo do reverendo Fernando Karadima, que o Vaticano considerou culpado, em 2011, de abusar sexualmente de dezenas de menores ao longo de décadas.

O caso do bispo Barros fez com que se estudasse e investigasse, mas até ao momento não há provas de culpa e enquanto não existirem será aplicado o princípio de qualquer tribunal de que “ninguém é culpado até prova em contrário“.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Dia histórico". Espanha remove a última estátua pública do ditador Franco

A última estátua pública do ditador Francisco Franco foi removida de Melilla. A cidade situa-se na costa noroeste de África, mas está sob a soberania espanhola desde o século XVII. Na terça-feira, um grupo de trabalhadores …

Governo altera excecionalmente limite de idade para tratamentos de fertilidade

O Governo está a rever a norma para alterar, de forma excecional, o limite de idade das mulheres que querem aceder aos tratamentos de fertilidade no setor público. Na segunda-feira, o Jornal de Notícias tinha avançado …

Gana é o primeiro país a receber vacinas financiadas pelo Covax

O programa Covax já começou a fornecer as primeiras remessas de vacinas contra a covid-19. O Gana foi o primeiro país a receber doses. Gana deve receber o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, …

"Como produtos de exportação". Filipinas querem trocar os seus enfermeiros por vacinas da Europa

As Filipinas estão a pedir ao Reino Unido e à Alemanha que forneçam centenas de milhares de vacinas contra a covid-19 em troca do envio de enfermeiros filipinos para ajudar na linha de frente da …

Despacho da ACT limita capacidade de intervenção dos inspetores do trabalho

Um despacho assinado pela inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) está a limitar a capacidade de intervenção dos inspetores. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios, que escreve que o …

Só muda o preâmbulo. Decreto do novo estado de emergência já seguiu para o Parlamento

O novo decreto do estado de emergência já seguiu para o Parlamento. Marcelo Rebelo de Sousa só mudou o preâmbulo do documento. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, publicou esta quarta-feira o decreto do …

Governo já está a desenhar um plano de desconfinamento. Rio quer desconfinar por regiões ou concelhos

Depois de uma primeira ronda de audiências, onde anunciou que o decreto do novo estado de emergência será igual ao da última quinzena, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta quarta-feira, o Bloco de Esquerda, o …

Serviços de inteligência desvalorizaram ameaça de invasão ao Capitólio

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos subestimaram o perigo de invasão ao Capitólio, admitiram vários responsáveis durante uma audiência no Senado, realizada esta terça-feira. Depois da absolvição do antigo Presidente dos Estados Unidos, que estava …

Polícias que prestam serviço no 112 não recebem subsídio desde setembro

Os agentes e militares que fazem a triagem das chamadas do 112 não auferem a gratificação mensal pelo serviço prestado ao Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desde setembro do ano passado. Segundo o Jornal de Notícias, …

Contrariando ordem judicial, Malásia deportou mais de mil pessoas para Myanmar

A Malásia entregou 1086 cidadãos que tinham fugido de Myanmar aos militares que organizaram o golpe de Estado de 01 de fevereiro, estando entre esses requerentes de asilo já registados oficialmente junto da Organização das …