Papa Francisco desafia Turquia com nova referência ao genocídio arménio

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O papa Francisco

O papa Francisco rezou hoje, em silêncio, e depositou flores junto ao memorial que recorda as vítimas do genocídio arménio de 1915-17, no início do segundo dia da sua visita à Arménia.

O Papa Francisco chegou ao local com o patriarca da Igreja arménia, Karekin II, e os dois foram recebidos pelo Presidente da República, Serge Sargsián.

Inaugurado em 1967, o memorial fica numa colina da capital da Arménia (Erevan) e conta ainda com um museu sobre o genocídio.

O espaço recorda o milhão e meios de arménios que, segundo estimativas, morreram entre 1915 e 1917 vítimas do Império Otomano.

Os arménios tentam há décadas que os massacres de 1915-17 sejam reconhecidos internacionalmente como genocídio, termo que a Turquia rejeita, garantindo que se tratou de uma tragédia coletiva durante a qual morreu um igual número de turcos e arménios.

Apenas cerca de 30 países reconheceram até hoje que os arménios foram vítimas de genocídio.

Henry Morgenthau / Wikimedia

Cadáveres de arménios massacrados em Erzurum em 1895

Cadáveres de arménios massacrados em Erzurum em 1895

Na sexta-feira, na capital da Arménia, Francisco condenou “o genocídio” dos arménios há um século pelas forças do Império Otomano, pronunciando pela segunda vez a palavra considerada inaceitável pela Turquia.

“Esta tragédia, este genocídio marcou infelizmente o início da triste série das grandes catástrofes do último século”, disse o Papa no palácio presidencial, dirigindo-se ao chefe de Estado, Serge Sarkissian, à classe política e ao corpo diplomático.

A palavra genocídio, que não aparecia no texto distribuído previamente, foi pronunciada pela primeira vez no Vaticano por Francisco em abril de 2015, desencadeando a fúria de Ancara.

“Estes terríveis desastres do último século foram possíveis devido a aberrantes motivações raciais, ideológicas ou religiosas, que toldaram o espírito dos carrascos a ponto de eles terem fixado o objetivo de aniquilar um povo inteiro”, criticou Francisco.

“Tendo diante dos nossos olhos os nefastos resultados a que conduziram, no século passado, o ódio, o preconceito e o desejo desenfreado de dominação, espero sinceramente que a humanidade a partir destas trágicas experiências tenha aprendido a agir com responsabilidade e sabedoria para evitar os perigos de se voltar a cair em tais horrores”, sublinhou.

A 23 de abril, a Igreja arménia canonizou 1,5 milhões de arménios massacrados pelos turcos otomanos durante a Primeira Guerra Mundial. A cerimónia foi considerada a maior canonização da história.

O papa Francisco iniciou na sexta-feira uma visita à Arménia, considerada como o primeiro Estado a ter adotado o cristianismo, no início do século IV.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Qual é a cor do seu nome? Esta plataforma mostra-lhe

A sinestesia é o nome que se dá à relação entre planos sensoriais diferentes - ou seja, ouvir um determinado som e pensar numa cor ou se associar números a uma cor. Uma mulher norte-americana chamada …

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …