Pancada na cabeça transformou um homem comum num génio

Jason Padgett era um ‘bon vivant’: miúdas, festas, álcool e ressacas. Mas uma agressão à porta de um bar mudou-lhe a vida para sempre, fechando-se em casa e passando a ver fórmulas matemáticas em tudo o que o rodeava.

O incidente aconteceu numa sexta-feira 13, em setembro de 2002, “mas nem tudo é azar”, lê-se num artigo do Observador, que cita a história contada no podcast Outlook da BBC e recordada na rubrica Future.

“Era muito superficial”, contou Jason Padgett. “A vida girava à volta de miúdas, festejar, beber, acordar com uma ressaca e depois sair atrás das raparigas e ir para os bares outra vez”. E foi precisamente à saída de um bar que tudo aconteceu: uma agressão forte na cabeça, um soco na barriga e um casaco de cabedal usado roubado.

Na altura viu um clarão, como um ‘flash’, e caiu de joelhos. No hospital deram-lhe medicação contra as dores, mas só quando chegou a casa se apercebeu que algo tinha mudado.

Um traumatismo craniano como o que tinha sofrido, indica o Observador, pode deixar sequelas como um transtorno obsessivo-compulsivo. Jason Padgett passou a ter pavor de sair de casa e só o fazia para ir comprar comida.

Mas mais estranho do que isso foi a maneira como o antigo comercial começou a olhar para as coisas. “Tudo o que era curvo parecia levemente pixilizado”. Jason Padgett via pequenos quadrados (como os ‘pixels’ das imagens) em todas as linhas e superfícies.

Os quadrados perfeitos tornaram-se uma paixão – e uma obsessão. “Não é só o quadrado perfeito, é dois elevado a quatro ou quatro ao quadrado, mas gosto de quadrados perfeitos… Faço isso automaticamente com tudo”, referiu. É por isso que molha a escova 16 vezes antes de lavar os dentes.

À volta com os seus quadrados e fechado em casa, procurou informação na Internet e descobriu os fractais — formas geométricas que mantêm um padrão repetitivo mesmo quando se veem pormenores mais pequenos da imagem.

A ligação entre a matemática e a física fascinavam-no e começou a desenhar para tentar resolver os problemas e dúvidas que enfrentava. “Eu tinha, literalmente, mil ou mais desenhos de círculos, fractais, todas as formas que fosse capaz de desenhar. Era a única forma de comunicar eficazmente aquilo que estava a ver”, disse.

Os desenhos eram tão importantes para si que os levava para todo o lado, incluindo nos raros momentos que saía de casa. Numa dessas ocasiões foi abordado por um homem, um físico, que reconheceu nos desenhos um trabalho notável e o aconselhou a frequentar aulas de matemática para o ajudar a resolver os problemas que lhe ocupavam a mente.

Depois de três anos e meio de clausura, a vida de Jason Padgett voltou a mudar, tendo iniciado um tratamento para o transtorno obsessivo-compulsivo e conhecido a mulher com quem viria a casar.

Só depois de conhecer Berit Brogaard, neurocientista na Universidade de Miami, Jason Padgett percebeu o que lhe podia ter acontecido: a lesão cerebral causada pelo traumatismo podia ter-lhe criado novas ligações no cérebro.

Sinestesia é o termo usado para quando as ligações se cruzam e misturam e quando o estímulo de um sentido pode originar reações no outro, como quando a pessoa vê cores ao ouvir determinados sons.

A lesão e as novas ligações cerebrais pareciam explicar como é que Jason Padgett, que nunca gostara de matemática – nem lhe via utilidade -, se transformou num matemático.

Em 2014, publicou um livro sobre a sua história, “Struck by Genius: How a Brain Injury Made Me a Mathematical Marvel” (“Atingido por um génio: como uma lesão cerebral me tornou um prodígio matemático”). Dois anos depois, o livro deu origem a um filme.

TP, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. epah ! já o jonh travoltas teve isso no filme – Phenomenon – até aprendeu a falar portugues em 2 min … !adonde está a minina ?” isto nao e nada de novo … paaahhh!!!

  2. Depois de três anos e meio de clausura, Jason Padgett iniciou um tratamento para o transtorno obsessivo-compulsivo e ficou “curado”, ou seja, voltou a ser burro.

  3. Por isso é que se ouve dizer a alguém estúpido e burro que nem uma porta quando não entendem algo, depois de se explicar mil vezes: “Epá, bate com a cabeça na parede!” Realmente, nunca pensei que isso fizesse mesmo as pessoas mais inteligentes!… Ihihihihi

  4. Alguém que dê também uma pancada na cabeça do Eu!
    Pode ser que ele fique um génio. Embora não acredite que com um neurónio se consiga fazer um génio. Mas tentar nunca fez mal a ninguém

RESPONDER

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …

"Imagine there is no corruption". Há uma campanha contra a corrupção em Portugal nas ruas de Nova Iorque

Um professor português da Universidade de Columbia, nos EUA, tem em marcha uma campanha contra a corrupção em Portugal, com várias acções nas ruas de Nova Iorque. De guitarra em punho e a cantar "Imagine there …

Morreu Sean Connery, Sir James Bond

O actor escocês Sean Connery morreu, neste sábado, aos 90 anos de idade, conforme avança a BBC. As causas da morte não são ainda conhecidas. Sean Connery tornou-se conhecido como "James Bond", tendo sido o primeiro …

"Uma das actividades de maior risco é ir ao restaurante"

Medidas como a proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório "são mais simbólicas do que eficazes e efectivas" no combate à covid-19, defende o médico e investigador Carlos Martins, considerando que seria mais …

Vieira da Silva escolhido para conselheiro da CE na presidência portuguesa da UE

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, foi escolhido como conselheiro especial da Comissão Europeia para preparar o trabalho na área dos direitos sociais durante a presidência portuguesa …

Supremo dá razão a juiz afastado por ter "mau feitio"

O juiz desembargador Eurico Reis viu o Supremo Tribunal de Justiça dar-lhe razão, anulando o concurso interno no Tribunal da Relação de Lisboa onde foi afastado por, alegadamente, ter "mau feitio". O Supremo anula, assim, a …