Palmeiras de Abel Ferreira destroça River e está com um pé na final da Libertadores

César Greco / Palmeiras

Abel Ferreira é treinador do Palmeiras.

O Palmeiras, comandado pelo treinador português Abel Ferreira, deu na terça-feira um passo de gigante rumo à final da Taça Libertadores em futebol, ao bater fora o River Plate por 3-0, na primeira mão das meias-finais.

Em Avellaneda, casa emprestada dos ‘milionários’, Rony (27 minutos), Luiz Adriano (47) e Matias Viña (62) apontaram os tentos do ‘verdão’, que procura o segundo título, depois do arrebatado em 1999, e a quinta final, repetindo também 1961, 1968 e 2000.

Os argentinos até começaram melhor e criaram as primeiras oportunidades, mas, aos 27 minutos, uma falha do guarda-redes Armani, um deficiente corte com os pés, deixou a bola para o remate colocado de Rony de pé direito, que deu vantagem aos brasileiros.

Em desvantagem, o River Plate, finalista vencido face ao Flamengo de Jorge Jesus em 2019 e vencedor da prova pela quarta vez em 2018, ‘desapareceu’ do jogo, que passou a ser controlado pelos brasileiros, mesmo com alguns ‘sustos’ pelo meio.

Nacho Fernández ainda ameaçou o empate, num livre à barra, aos 44 minutos, mas, no início da segunda parte, aos 47, Luiz Adriano fez o que quis de Rojas e correu isolado para a baliza do River, batendo sem problemas o desamparado Armani.

Aos 60 minutos, o ‘onze’ de Marcelo Gallardo ficou reduzido a 10 unidades, depois de uma agressão de Carrascal, de ‘cabeça perdida’, e, na sequência do respetivo livre, aos 62, o uruguaio Viña faturou de cabeça, servido por Gustavo Scarpa.

Na última meia hora, e mesmo com 10, o River tentou reduzir a desvantagem, mas, em contra-ataque, foi o Palmeiras que esteve mais perto do quarto, nomeadamente por Gabriel Menino, aos 85 minutos, e num falhanço escandaloso de Rafael Veiga, aos 86.

Eliminatória não está resolvida, alerta Abel

Apesar de se mostrar satisfeito com a vitória da sua equipa, Abel Ferreira advertiu que os brasileiros ainda não estão na final. “Eu tinha dito aos jogadores que, independentemente do resultado que conseguíssemos aqui, este jogo tinha duas mãos, ida e volta”.

Continuaremos focados. Temos esta vantagem, mas, assim como nós fizemos três golos aqui, é possível o River fazer três lá. Temos de estar alerta e preparados para fazer outro grande jogo”, disse Abel Ferreira no final da partida.

O encontro da segunda mão das meias-finais realiza-se na terça-feira, no Allianz Parque, em São Paulo, onde o conjunto de Abel Ferreira até pode chegar à final do Maracanã, no Rio de Janeiro, a 30 de janeiro, perdendo por dois golos.

A 1.ª mão das meias-finais completa-se esta quarta-feira, com mais um confronto entre argentinos e brasileiros, no La Bombonera, em Buenos Aires, onde o Boca recebe o Santos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …