Países “lutam” por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Patrick Seeger / EPA

Ursula Von der Leyen, a presidente da Comissão Europeia

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países.

A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil milhões de euros para ajudar a atingir o seu objetivo de descarbonização da União Europeia até ao ano de 2050. Ao todo, a UE espera mobilizar 1 bilião de euros ao longo da próxima década, noticia o Politico.

A elevada quantia dos fundos leva a que vários países tenham já mostrado interesse em conseguir uma fatia.

Todavia, o acesso aos fundos europeus será “com base na escala do desafio da descarbonização das regiões com maior consumo de carbono“. Desta forma, o dinheiro será primariamente alocado para regiões altamente industrializadas e que dependem fortemente de combustíveis fósseis.

A Comissão quer que as nações europeias forneçam 7,5 mil milhões de euros para financiar este novo fundo. Contudo, para receber uma fatia do fundo, os países seriam obrigados a equiparar cada euro com 1,50/3 euros das suas alocações de fundos de coesão. Além disso, teriam de fornecer dinheiro dos seus orçamentos nacionais, o que não agrada alguns países da Europa Central, explica o Politico.

Não é aceitável que no próximo orçamento da União Europeia retiremos dinheiro dos fundos de coesão e os transfiramos para objetivos de proteção climática”, disse o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

A Hungria, assim como muitos países da Europa Central, dependem em grande parte dos fundos de coesão. Por isso, pressionam para que o mecanismo seja utilizado com dinheiro novo e não dinheiro “reciclado” de fundos já existentes. Por outro lado, os países mais ricos não parecem interessados em contribuir com ainda mais dinheiro para a União Europeia.

Alguns países mais dependentes do carvão temem ainda que como o fundo será dividido entre 27 países, que não haja dinheiro suficiente para atingir os objetivos traçados. A Polónia é um dos países em que é mais urgente uma mudança, já que o carvão representa 80% da energia utilizada no país.

“A Polónia deve seguir um caminho mais longo para neutralizar as emissões de dióxido de carbono em comparação com muitos outros países da UE”, realçou o primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …

Costa desaconselha viagens de finalistas. Associação de pais diz que "não vale o risco"

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta quinta-feira que Portugal acabará por ter casos de coronavírus "mais cedo ou mais tarde". No entender líder do Executivo, que falava aos jornalistas em Bragança à margem da primeira …

Esquerda está contra, PSD não dá a mão. Montijo está em risco (mas "não há drama")

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, vai respeitar a decisão da maioria do Parlamento. "Acataremos, não há drama". Esta quarta-feira, Pedro Nuno Santos respondeu às críticas da esquerda acerca da vontade do Governo …

Reino Unido admite abandonar negociações com a União Europeia

O Governo britânico admite abandonar as negociações com a União Europeia (UE) para um acordo pós-Brexit se não houver progressos até junho, refere um documento publicado esta quinta-feira com a posição do Reino Unido. Num documento …

Bancos avisam: Proibir comissões vai levar a fecho de balcões e despedimentos

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) é contra a proibição de comissões bancárias ou a sua limitação em valor e em número, no MB Way e nos contratos de crédito. As propostas vão ser discutidas …

Juiz Vaz das Neves usou Relação de Lisboa para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

O juiz Luís Vaz das Neves, ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros. De acordo com o jornal Público, …

Sergio Ramos é rei e senhor dos cartões vermelhos. Domina em todas as provas

O central Sergio Ramos foi esta quarta-feira expulso pela 26.ª vez na derrota do Real Madrid no Bernabéu frente ao Manchester City (2-1), na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O futebolista espanhol …

Covid-19. Há oito novos casos suspeitos em Portugal (e vieram todos de Itália)

A Direção-Geral da Saúde confirmou 25 casos suspeitos, 18 dos quais tiveram resultados negativos depois de realizados testes laboratoriais. Nas últimas 24 horas, foram registados oito novos casos suspeitos. Dos novos casos suspeitos, cinco no Hospital …