Pais do Amaral entre os maiores devedores “tóxicos” do Montepio

Mário Cruz / Lusa

O empresário Miguel Paes do Amaral

Um pequeno grupo de 50 empresários, alguns bem conhecidos, concentra os principais “calotes” que estão no balanço do Banco Montepio.

Estes 50 clientes são responsáveis por 700 milhões de euros em dívidas em risco – ou, mesmo, incobráveis – que estão no balanço do banco agora liderado por Dulce Mota. Um dos “devedores tóxicos” mais mediáticos é o empresário Miguel Pais do Amaral, que deve 23 milhões ao banco.

A notícia é avançada pelo Público, que acrescenta que apenas dez clientes estão na origem de 40% dos créditos mais ruinosos para o banco, que poderá estar prestes a reconhecer perdas no valor de 400 milhões de euros.

Um dos nomes menos surpreendentes é o do construtor José Guilherme, o mesmo que deu a “liberalidade” de 14 milhões a Ricardo Salgado. Nas vésperas do colapso do BES, o construtor obteve 28 milhões de euros do banco então liderado por António Tomás Correia.

Também no topo da lista dos maiores devedores estão a cadeia de hotéis NH (68 milhões), o empresário Rui Alegre, ex-quadro do Grupo Amorim (40 milhões), a Somague/Sacyr (39 milhões), o Invesfundo (onde José Guilherme tem posição, com 38 milhões) e a Fibeira, do empresário e conhecido colecionador de arte Armando Martins (25 milhões).

A dever 23 milhões de euros está Pais do Amaral, ex-grupo Leya, que chegou a controlar a TVI e ganhou notoriedade pública pela vida social ativa e ligação ao automobilismo. Logo abaixo da fasquia dos 20 milhões, estão devedores como o Grupo Lena (15 milhões), o construtor Aprígio Santos (12 milhões) e a Britalar, empresa do presidente do Sporting de Braga, António Salvador (11 milhões).

Estes são créditos ruinosos que o Montepio terá de reconhecer e, em grande medida, tirar do balanço para conseguir cumprir os máximos que estão a ser definidos pelos reguladores, a nível europeu, relativos à proporção de créditos ruinosos na carteira de cada banco.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Claro, para brincar como dono de uma estação de televisão, fazer corridas de auomóveis sport caríssmos, o dinheiro dos outros dá muito mais jeito para gastar que o próprio.

    • Muito simples, pagar as dividas do filho.
      Há na praça um banqueiro (r), em que o filho pediu um crédito, não no banco do paizinho, não o pagou, telefonou-se ao paizinho e imediatamente foi liquidado…nem bufou.

    • Ligações perigosas e da média noite…e só sabe a metade….mas quem se mete com o PS leva…será por isso que a do Norte ainda não veio ao baile.

  2. enquanto o zé aceitar que os politiqueiros do Estado colectivista nos obriguem a todos a pagar dívidas que não são nossas, assim continuaremos.

    ninguém olha para a Islândia, onde os zé de lá disseram à banca para ir dar uma voltinha ao bilhar grande, lá não existiram too big to fail, por cá são todos.

  3. Sou mesmo lerdo… Quando cheguei ao fim é que percebi que esta era uma lista de caloteiros… Quando comecei a ler pensei tratar-se de uma lista de “comedores”, perdão, COMENDADORES….

RESPONDER

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …

"Acho ridículo que sejam feitas obras, portas ou não", diz Ventura

O CDS que não quer o líder do Chega no meio dos seus deputados e a solução pode mesmo passar por abrir uma porta especial para o deputado. "Acho ridículo", comenta André Ventura. Na última conferência …

Duas vitórias em 14 jogos. Benfica quer travar o calvário da Champions

O Benfica recebe esta quarta-feira o Lyon, estando praticamente obrigado a ganhar para seguir em frente na competição milionária. Apesar de reconhecer a dificuldade, Rúben Dias acredita os encarnados vão voltar aos bons resultados. A …